Pular para o conteúdo principal

Destaques

Rede Sombria: Documentários sobre o lado tenebroso da tecnologia

Tecnologia, poder e controle. Se você gosta de Black Mirror e outras histórias de ficção científica, sem dúvidas vai se interessar pela série de documentários Rede Sombria (Dark Net), criada por Mati Kochavi para o canal Showtime, disponível no momento no catálogo da Netflix Brasil.


A série de duas temporadas e um total de 16 episódios aborda diferentes maneiras que a tecnologia foi/será incorporada no nosso dia a dia e quais são/serão seus impactos positivos e negativos e o lado sombrio do universo digital.

Privacidade, polarização, redes sociais, reconhecimento facial, inteligência artificial, relacionamentos virtuais, biohackeamento, crimes cibernéticos, moderadores de conteúdos da internet, abusos policiais, lavagem cerebral, segurança, realidade virtual, entre outros assuntos são discutidos em Rede Sombria.

Ao mesmo tempo em que a internet e a tecnologia podem ser ótimas ferramentas, nas mãos de pessoas mal-intencionadas muitas questões éticas e criminais ainda devem ser discutid…

Mídias que se cruzam...

Definições

Convergência tem uma de suas definições no Dicionário Aulete, como: "Afluência de várias coisas para um mesmo ponto". A convergência  de mídia (cross media, multimídia ou multiplataforma) é a fusão de textos, imagens e sons, este fenômeno está cada dia mais visível nos jornais online.

De acordo com a pesquisadora Lawson-Border, a convergência de mídia pode ser definido como “um conjunto de possibilidades decorrentes da cooperação entre meios impressos e eletrônicos na distribuição de conteúdos multimídia por meio do uso de computadores e da internet” .

No trabalho "Convergência de mídias: primeiras contribuições para um modelo epistemológico e definição de metodologias de pesquisa", os autores Elizabeth Saad Côrrea e Hamilton Luís Côrrea, entendem que "computadores e internet são os elementos determinantes, ou o espaço de configuração da convergência", pois atráves deles pode-se agregar conteúdos criados para vários meios de comunicação e distribuí-los em diferentes plataformas, como "conexões sem fio, cabos e satélites".

Exemplo

Em seu artigo entitulado: "Aspectos da convergência de mídias e produção de conteúdo multimídia no Clarín.com", Daniela Osvald Ramos, exemplificou o processo de integração do jornal impresso e online.

A autora ressalta que nas grandes empresas de comunicação, como no jornal argentino Clarín, a tendência é que os diferentes tipos de redações (TV, rádio, internet e impresso) convivam em um mesmo espaço físico, de forma a "adequar e otimizar a produção de informação a distintos meios".


Em um depoimento do editor de multimídia do Clarín, Corteaux, colhido por Daniela Osvald Ramos, o especialista diz que os jornalistas estão cada vez mais se generalizando, pois aquele profissional que "antes só fazia a entrevista, hoje faz a entrevista e edita o vídeo".

Reflexo da "cross-media" ou cruzamento de mídias, as mesmas notícias que eram produzidas somente para uma determinada mídia, atualmente são utilizadas em várias mídias. E o jornalista que trabalha em diversos meios, também conhecido como, polivalente, acaba tomando o lugar do jornalista que é especializado em um só tipo de mídia.


* Acesse também:

Palestra Do Jornalista Ethevaldo Siqueira Sobre Mídia (especialista em novas tecnologias)

Referências

RAMOS, Daniela Osvald. Aspectos da convergência de mídias e da produção de conteúdo multimídia no Clarín.com
Disponível em: [http://danielaramos.net/system/files/artigo_convergencia_clarin.pdf]

CORRÊA, Elizabeth Saad; CORRÊA, Hamilton Luís. Convergência de mídias: primeiras contribuições para um modelo epistemológico e definição de metodologias de pesquisa
Disponível em [http://www2.eptic.com.br/sgw/data/bib/artigos/49808105523a0de80f95d7947efc14cb.pdf]

SIQUEIRA, Ethevaldo. Dez tendências da convergência digital
Disponível em [http://www.jornaldaciencia.org.br/Detalhe.jsp?id=24974]

Comentários

Mais lidas da semana