Pular para o conteúdo principal

Destaques

Resenha: Candyman – Clive Barker

Um presente para os leitores de Clive Barker, assim é a edição para colecionadores de Candyman, publicada pela editora DarkSide Books, em janeiro de 2019, com tradução de Eduardo Alves e posfácio de Carlos Primati.


Encontre o livro Candyman (Clive Barker): https://amzn.to/2ZdA32y

Candyman (The Forbidden) é um conto, portanto a leitura é enxuta, mas envolvente, e transporta o leitor para o clima de lendas urbanas. Embora já não sejam mais comuns na tradição oral e tenham ganhado o ambiente virtual, histórias sobre acontecimentos assustadores e questionáveis fazem parte da existência humana.

Com uma atmosfera sombria e mais urbana, Clive Barker leva o leitor ao gueto, onde a violência e a criminalidade por si só já contrastam com a realidade de outros bairros da cidade e acabam tão banalizadas que a história faz a personagem principal, Helen, se interessar pelo caso contado por uma das moradoras.

“E as histórias que contaram para ela – seriam confissões de crimes não cometidos, relatos do …

Aprenda novos idiomas na rede social Livemocha


Falar outros idiomas é cada dia mais importante. Muitas redes sociais possibilitam que você faça contatos com pessoas do mundo inteiro, mas uma, em especial, pode te ajudar a aprender a falar novos idiomas, o Livemocha.

O Livemocha foi criado em 2007, nos Estados Unidos e é uma forma de se aprender e ensinar outros idiomas na Internet, através da colaboração. A equipe do Livemocha explica em seu site que esta rede social é a primeira deste tipo baseada no aprendizado de linguagem com solução de integração de conteúdo instrucional com uma comunidade global de aprendizes de idiomas.
Na rede social é possível aprender 38 idiomas grátis, divididos nos níveis: iniciante e intermediário, além de fazer amizade com pessoas do mundo todo. Alguns cursos complementares também são oferecidos, como o Curso Rápido para Viagem, Olímpiadas etc.

Os nativos podem ajudar a traduzir informações do site para o seu idioma, trocar mensagens com outros usuários e corrigir os exercícios dos membros que estão aprendendo a sua língua.

Quanto mais você colabora ou participa da rede social, mais pontos você ganha. Estes pontos podem ser utilizados para liberar alguns exercícios e conteúdos que só podem ser acessados mediante pagamento. No Livemocha também é possível trabalhar como professor, podendo este ganhar dinheiro e créditos.

Conheça o Livemocha

Comentários

Mais lidas da semana