Pular para o conteúdo principal

Destaques

Antraz: Documentário da Netflix revela investigações feitas pelo FBI durante anos

Um pouco após os atentados terroristas contra as torres gêmeas, em Nova Iorque, Estados Unidos, no 11 de setembro de 2001, uma ameaça de antraz colocou as autoridades, como o FBI em alerta, e espalhou pânico nos norte-americanos devido à facilidade de se espalhar sem as pessoas saberem.  Dirigido e roteirizado por Dan Krauss e produzido pela Netflix e pela BBC, 21 anos após o ataque e o primeiro caso de circulação do antraz, o documentário Antraz: EUA Sob Ataque (The Anthrax Attacks) leva o telespectador para as investigações do FBI que duraram anos. O que a princípio foi alvo de muita pressão para a solução do caso, principalmente pelo medo dos norte-americanos do esporo da bactéria continuar se espalhando pelas cartas e fazendo mais pessoas adoecerem e/ou morrerem, logo foi caindo no esquecimento conforme as investigações desenrolavam fora dos holofotes.  Com a proximidade do caso do ataque às torres gêmeas, à primeira vista, o pânico generalizado fez com quem os norte-americanos

Projeto de Acadêmicos de Jornalismo da UCDB é selecionado no Prêmio Roquette-Pinto

Fonte: Karla Machado
Projeto de Acadêmicos de Jornalismo da UCDB é selecionado no Prêmio Roquette-Pinto

Os acadêmicos de Jornalismo da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) Maria Izabel Costa e Ben-Hur Oliveira tiveram trabalho selecionado no prêmio Roquette-Pinto. O resultado foi divulgado na última segunda-feira (14), pela Associação das Rádios Públicas do Brasil (ARPUB).


A proposta dos acadêmicos, com a orientação do professor e coordenador do curso de Jornalismo, Oswaldo Ribeiro, é produzir um rádiodocumentário com o tema “Índio Urbano”, que vai registrar a vida de indígenas da Aldeia Urbana Maçal de Souza, em Campo Grande.

O trabalho foi qualificado e aprovado pela Comissão de Seleção composta pelos membros: Patrick Torquato (ARPUB-PA), Mário Sartorello (IRDEB-BA), Carlos Senna (Rádio Nacional-DF), Francisco Teixeira (EBC-RJ), Roberto Azoubel (MinC), Thalles Siqueira (Funarte), Professora Cristina Cortes (Rádio UEL-PR) e Erisvaldo Tavares (Funarte) em reunião realizada em 11 de junho, nas dependências da Rádio MEC, no Rio de Janeiro.

Com a aprovação, os componentes têm até o dia 24 de junho para apresentar a documentação necessária e tornar-se habilitado a receber a premiação. A lista dos projetos aprovados será divulgada no mesmo dia.

Mais informações sobre o Prêmio Roquette-Pinto podem ser obtidas pelo site www.arpub.or.br

Comentários

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Mais lidas da semana