Pular para o conteúdo principal

Destaques

Rede Sombria: Documentários sobre o lado tenebroso da tecnologia

Tecnologia, poder e controle. Se você gosta de Black Mirror e outras histórias de ficção científica, sem dúvidas vai se interessar pela série de documentários Rede Sombria (Dark Net), criada por Mati Kochavi para o canal Showtime, disponível no momento no catálogo da Netflix Brasil.


A série de duas temporadas e um total de 16 episódios aborda diferentes maneiras que a tecnologia foi/será incorporada no nosso dia a dia e quais são/serão seus impactos positivos e negativos e o lado sombrio do universo digital.

Privacidade, polarização, redes sociais, reconhecimento facial, inteligência artificial, relacionamentos virtuais, biohackeamento, crimes cibernéticos, moderadores de conteúdos da internet, abusos policiais, lavagem cerebral, segurança, realidade virtual, entre outros assuntos são discutidos em Rede Sombria.

Ao mesmo tempo em que a internet e a tecnologia podem ser ótimas ferramentas, nas mãos de pessoas mal-intencionadas muitas questões éticas e criminais ainda devem ser discutid…

Projeto de Acadêmicos de Jornalismo da UCDB é selecionado no Prêmio Roquette-Pinto

Fonte: Karla Machado
Projeto de Acadêmicos de Jornalismo da UCDB é selecionado no Prêmio Roquette-Pinto

Os acadêmicos de Jornalismo da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) Maria Izabel Costa e Ben-Hur Oliveira tiveram trabalho selecionado no prêmio Roquette-Pinto. O resultado foi divulgado na última segunda-feira (14), pela Associação das Rádios Públicas do Brasil (ARPUB).


A proposta dos acadêmicos, com a orientação do professor e coordenador do curso de Jornalismo, Oswaldo Ribeiro, é produzir um rádiodocumentário com o tema “Índio Urbano”, que vai registrar a vida de indígenas da Aldeia Urbana Maçal de Souza, em Campo Grande.

O trabalho foi qualificado e aprovado pela Comissão de Seleção composta pelos membros: Patrick Torquato (ARPUB-PA), Mário Sartorello (IRDEB-BA), Carlos Senna (Rádio Nacional-DF), Francisco Teixeira (EBC-RJ), Roberto Azoubel (MinC), Thalles Siqueira (Funarte), Professora Cristina Cortes (Rádio UEL-PR) e Erisvaldo Tavares (Funarte) em reunião realizada em 11 de junho, nas dependências da Rádio MEC, no Rio de Janeiro.

Com a aprovação, os componentes têm até o dia 24 de junho para apresentar a documentação necessária e tornar-se habilitado a receber a premiação. A lista dos projetos aprovados será divulgada no mesmo dia.

Mais informações sobre o Prêmio Roquette-Pinto podem ser obtidas pelo site www.arpub.or.br

Comentários

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Mais lidas da semana