Pular para o conteúdo principal

Destaques

7 de Abril: Dia do Deveria Ter Feito Outro Curso

Dia 7 de abril: Dia do Jornalista. Há anos não há nada para comemorar. Uma das profissões mais desvalorizadas no Brasil. Só não ganha da de escritor. Eu ganhei na loteria, né.


Eu tinha um professor que tentava incentivar as pessoas a buscarem outras profissões por causa desses motivos e todo mundo achava ruim. Há anos, percebo que ele estava certo.

Aquele momento que você percebe que seguiu rumo parecido com o de um dos seus professores favoritos. Parabéns, você se tornou O Grinch. 

Também conhecido como o Dia do Deveria Ter Feito Outro Curso. No meu caso, um dos cursos que queria ter feito era Medicina.

Para quem não sabe, eu era de biológicas; era para ter me formado em Nutrição, mas achei o curso pouco desafiador e tranquei. Na época, eu nem sabia do autismo (Síndrome de Asperger), se soubesse, teria entendido que precisamos de desafios ou ficamos entediados e teria seguido até o final.

Acabei caindo no Jornalismo quando morei sozinho em Florianópolis. Um dos meus hiperfocos era le…

Tecnologia e Educação

O doutor em antropologia social, Wilson de Azevedo, autor do artigo: "A revolução da TI e suas influências na evolução do conhecimento", explica em seu artigo que com a Internet, a distância deixa de ser um impedimento e torna-se um elemento integrante das relações interpessoais. "A educação a distância, longe de representar dificuldades na comunicação, é agora uma nova dimensão da vida contemporânea online".

Wilson de Azevedo diz que o desenvolvimento da escrita é uma tecnologia e que a popularização dela é recente na história. "Por milhares de anos, a escrita foi uma tecnologia dominada por uma elite de especialistas em ler e escrever", explica.


O doutor em antropologia fala em seu trabalho: "Nunca se escreveu tanto quanto em nossa sociedade em rede". Na Internet a maioria das informações que circulam são de texto. O autor ressalta que mesmo quando não está explícito como texto, este conteúdo pode ser visto na forma de roteiro, que é o fundamento do teatro, do cinema, da rádio, da TV e da multimídia.

De acordo com o autor, as redes informatizadas possibilitam a comunicação síncrona (comunicar no mesmo lugar ao mesmo tempo), por exemplo, através dos chats e a assíncrona (comunicação independente), que pode ser observada na mensagem de e-mail, mesmo o e-mail chegando rapidamente, existe a possibilidade de ler a mensagem em outro momento.

Educação a distância

Azevedo comenta em seu artigo que relatos de experiências e pesquisas revelam que a educação a distância permite e estimula o desenvolvimento da autonomia do aluno. "E a educação a distância online, via Internet ou por meio de redes corporativas, permite e estimula, além desta, o desenvolvimento de competências para o trabalho e a aprendizagem colaborativos. Estes aspectos exibem a produtividade pedagógica da distância na educação online", complementa.

Sobre a interação virtual, Wilson de Azevedo explica que os alunos e professores da educação a distância formam laços afetivos e desenvolvem uma vida comunitária online. As turmas do ensino a distância formam comunidades virtuais de aprendizagem colaborativa. Os alunos se apóiam e contribuem para a aprendizagem uns dos outros, compartilhando indagações, dúvidas, questionamentos, opiniões ou informações.

Acesse o artigo na íntegra

Comentários