Pular para o conteúdo principal

Destaques

Resenha: Você – Caroline Kepnes

Frieza e perversão. Se eu pudesse resumir Joe em duas palavras seriam essas. O livro Você (You), da autora Caroline Kepnes nos leva para uma viagem para a mente doentia de um homem capaz de tudo para obter seu prazer. A obra foi publicada no Brasil pela Editora Rocco, com tradução de Alexandre Martins, em 2018.

Compre o livro Você (Caroline Kepnes): https://amzn.to/2Cp2CnR
Um jogo de gato e rato. Joe é dono de uma livraria, onde ele mantém não só sua obsessão por livros antigos e raros, como uma jaula que pertencia ao proprietário anterior. Com um passado traumático, o personagem desliga suas emoções e se aventura à procura de sua próxima vítima, alguém em quem possa projetar seus ideais românticos, ainda que unilaterais.
“Eu subo trotando e me sento para uma sessão de Beck, que consiste em escutar Rare and Well Done, olhar fotos suas que roubei do Facebook, assistir a cena de A Escolha Perfeita sem som. Eu me perco tanto nisso que amanhece na livraria e eu deveria estar cansado por caus…

Artigo analisa jornalismo cultural online de periódicos brasileiro e canadense

Em seu artigo "Jornalismo Cultural On line: uma análise comparada Brasil-Canadá" os autores Nísio Teixeira e Mariana Mól, ambos graduados em jornalismo, analisam as versões impressas e online do caderno canadense Arts & Life, do jornal The Gazette - Montreal e do brasileiro Cultura, do jornal mineiro Hoje em Dia.

De acordo com Teixeira e Mól o jornalismo cultural passa por alguns dilemas: ¹sofre uma dupla influência do caráter industrial da cultura; ² a produção cultural sofre o impacto da industrialização e da mercantilização; ³ caráter híbrido do jornalismo cultural (textos informativos, opinativos, horóscopos, colunas sociais, passatempos etc.).

Os resultados encontrados pelos pesquisadores em relação aos dois jornais online foi a de que tanto o Cultura quanto o Arts & Life se restringem aos recursos de texto e foto. Os periódicos não inovam nas estruturas das matérias publicadas e divulgam os mesmos conteúdos presentes na versão impressa, ao menos, cumprindo o papel de jornais diários referentes à atualização.

Quanto à multimídia, os pesquisadores observaram que nos dois jornais online a estrutura é a mesma da versão impressa, ou seja, textos e imagens estáticos. As imagens utilizadas na versão online são as mesmas do impresso.

Os sites analisados não utilizam recursos multimidiáticos para complementar ou auxiliar o conteúdo noticioso e também não possuem nenhum diferencial em relação ao texto do impresso. Os textos são publicados na íntegra, sem nenhum acréscimo ou cortes, "em nenhum dos jornais existe a preocupação da leitura on line, ou seja, mais compactada e leve", concluem os autores.

Acesse o artigo na íntegra

Comentários

Mais lidas da semana