Pular para o conteúdo principal

Destaques

Dia de Conscientização do Autismo: Data batida por causa do Coronavírus

Hoje foi dia de conscientização do autismo. Com tantas preocupações sobre o Coronavírus, a data acabou passando batida. Mas para quem apoia a causa, além de usar o mês inteiro para abordar o assunto, a vida se torna uma constante aula de aceitação.



Sempre disse que nunca vestiria os símbolos que não concordo, por motivos internacionais, mas como disse minha psicóloga uma vez, não posso ficar comparando a realidade de outro país com a nossa (embora seja quase impossível pra mim).

Embora muitos autistas não gostem do quebra-cabeça e do laço (me incluo entre eles), prefiro o símbolo do infinito da Neurodiversidade, cheguei a conclusão que é só um estresse a mais e não adianta explicar para as pessoas.

Tal qual a palavra autista foi ressignificada, talvez seja melhor ressignificar do que ficar dando murro na ponta da faca (acertei a expressão?).

Enfim, só para não passar batido, foto com a camiseta que minha mãe pegou para mim em um evento de autismo em Campo Grande (MS).

Quando ganhei, p…

Cibercultura: Alguns pontos...

Você sabe o que é cibercultura? O Doutor em Sociologia, professor, blogueiro e autor de vários livros sobre cibercultura, André Lemos, em seu ensaio Cibercultura: Alguns pontos para compreender a nossa época, define a cibercultura como: "a forma sociocultural que emerge da relação simbiótica entre a sociedade, a cultura e as novas tecnologias de base micro-eletrônica que surgiram com a convergência das telecomunicações com a informática na década de 70".

Ainda de acordo com o pesquisador, a cibercultura não é o futuro que vai chegar mas o nosso presente, sendo esta cultura contemporânea marcada pelas tecnologias digitais.

Lemos ressalta que não se deve tratar do assunto com utopia, pessimismo ou otimismo. Deve-se concentrar nas diversas potencialidades e negatividades das tecnologias contemporâneas.

O autor explica que a sociedade em que vivemos - da informação - é marcada pela instantaneidade e ubiquidade (¹ Ubiquidade: característica do que está em toda a parte ao mesmo tempo; ² Ubiquidade tecnológica: característica que a tecnologia tem de estar em toda a parte ao mesmo tempo e acessível ao utilizador). Para Lemos, essa alteração da percepção do espaço e do tempo acontece a cada transformação midiática, desde a invenção da escrita até a invenção da Internet, nos dias de hoje.

Uma das grandes vantagens desta nova estrutura midiática representante da cibercultura é a possibilidade de uma comunicação imediata, "pela primeira vez, qualquer indivíduo pode, a priori, emitir e receber informação em tempo real, sob diversos formatos e modulações (escrita, imagética e sonora) para qualquer lugar do planeta", explica Lemos.

A cibercultura também levanta outras questões como as práticas comunicacionais (inúmeras e inéditas), as novas relações sociais ("a cibercultura é recheada de novas maneiras de se relacionar com o outro e com o mundo") e a arte eletrônica ("arte aberta, rizomática e interativa").

Acesse o texto na íntegra

Confira abaixo a apresentação sobre Cibercultura do jornalista e professor André Pase.

Comentários