Pular para o conteúdo principal

Destaques

Criminologia, Jessica Jones e Mulher-Maravilha: Ficar do lado do agressor é sinal de perigo à sociedade – Ben Oliveira

Que dia lindo para servir Karma Coletivo para Diana, Lilith e Nêmesis ao mesmo tempo:  Resistam julgar as pessoas pela aparência. Meus 2 ex-namorados manipuladores se faziam de vítimas e todo mundo ficava ao lado deles e como eu sou porra louca, como Jessica Jones e Malévola, era injustiçado entre quatro paredes e julgado por todos ao redor. Como sou uma vaca, só há duas pessoas com a qual me importo no mundo, minhas duas chamas gêmeas, o resto é indiferente. Ainda assim... Vocês criam cada distorção cognitiva que só por Deus... É muita falta de terapia, autoconsciência, reflexão e bom senso.  Foi você que tava dentro do carro capotado? Foi você que quase morreu? Foi você que teve que recomeçar várias vezes na vida? Foi você que saiu como vilão quando a pessoa era tóxica pra cacete? Não foi. Então, boca fechada, sempre. Opinião só se dá quando é pedida. Sem falar os DELUSIONAIS que ficaram comentando: Que pena, achei que vocês iam casar. Quem quiser casar com ele, passo até o perfil KK

Educação, Ética & Tecnologia

A Mestre em Ciência da Computação, Dagmar Aparecida Trautmann, explica em sua dissertação "Educação, ética e tecnologia: Impressões e reflexões" como as Novas Tecnologias da Informação e da Comunicação podem ser utilizadas nas salas de aula de Educação Básica.


Trautmann acredita que é necessário reconhecer as transformações ocorridas nas escolas e mudar a forma de se educar de forma que não se despreze os valores do professor, necessário na construção da sociedade.

Para a Mestre em Ciência da Computação, apesar das tecnologias trazerem uma série de facilidades para o cotidiano, elas também trouxeram muitos problemas, como os dilemas éticos.

"Saber utilizar as diferentes fontes de informação e recursos tecnológicos visando não apenas o conhecimento acadêmicos, mas o uso destes conhecimentos pelas pessoas com consciência, criticidade e responsabilidade é o que a sociedade espera da escola. Em nossa sociedade a escola é a instituição cuja função específica é a transmissão de cultura", argumenta Trautmann.

A educação ética deve ser feita de forma a possibilitar aos alunos aprenderem a refletir sobre situações cotidianas "trazidas para o espaço escolar dentro de uma dinâmica dialógica de aprendizagem, onde o objetivo é a construção da personalidade autônoma do aluno como pessoa e cidadão".

A autora diz que as tecnologias de informação e comunicação disponibilizam tantas informações, portanto, faz-se necessário exercitar a educação ética dos alunos com as novas tecnologias da informação e comunicação dentro da sala de aula.
 
Acesse a dissertação

Comentários