Pular para o conteúdo principal

Destaques

12 Graphic Novels que você precisa ler

Começou como uma forma de experimentação na leitura. Apesar de gostar de tirinhas, nunca tinha me aventurado pelo universo das graphic novels, como aconteceu há alguns anos – pelo menos, não de forma que me interessasse.

Percebo que cada vez mais pessoas estão se interessando pelos diferentes formatos de narrativas. Acho válida toda forma de contação de histórias e acredito que elas podem criar experiências complementares. Há espaço para todos gostos.


Com doze indicações de leitura, dá para ler um livro por mês ou ler todos em um só mês, dependendo do ritmo de leitura e da fome por histórias de cada um. Entre temáticas mais sociais e outras mais fantasiosas, as graphic novels podem ser uma porta de entrada para outros livros, como podem ocupar um espaço central no coração de quem é aficionado por histórias ilustradas.

Histórias que podem ir muito além de um passa-tempo, como se acreditava antigamente, mas também proporcionar reflexões sobre a vida, juntando o melhor dos dois mundos: d…

Educação, Ética & Tecnologia

A Mestre em Ciência da Computação, Dagmar Aparecida Trautmann, explica em sua dissertação "Educação, ética e tecnologia: Impressões e reflexões" como as Novas Tecnologias da Informação e da Comunicação podem ser utilizadas nas salas de aula de Educação Básica.


Trautmann acredita que é necessário reconhecer as transformações ocorridas nas escolas e mudar a forma de se educar de forma que não se despreze os valores do professor, necessário na construção da sociedade.

Para a Mestre em Ciência da Computação, apesar das tecnologias trazerem uma série de facilidades para o cotidiano, elas também trouxeram muitos problemas, como os dilemas éticos.

"Saber utilizar as diferentes fontes de informação e recursos tecnológicos visando não apenas o conhecimento acadêmicos, mas o uso destes conhecimentos pelas pessoas com consciência, criticidade e responsabilidade é o que a sociedade espera da escola. Em nossa sociedade a escola é a instituição cuja função específica é a transmissão de cultura", argumenta Trautmann.

A educação ética deve ser feita de forma a possibilitar aos alunos aprenderem a refletir sobre situações cotidianas "trazidas para o espaço escolar dentro de uma dinâmica dialógica de aprendizagem, onde o objetivo é a construção da personalidade autônoma do aluno como pessoa e cidadão".

A autora diz que as tecnologias de informação e comunicação disponibilizam tantas informações, portanto, faz-se necessário exercitar a educação ética dos alunos com as novas tecnologias da informação e comunicação dentro da sala de aula.
 
Acesse a dissertação

Comentários

Mais lidas da semana