Pular para o conteúdo principal

Destaques

Criminologia, Jessica Jones e Mulher-Maravilha: Ficar do lado do agressor é sinal de perigo à sociedade – Ben Oliveira

Que dia lindo para servir Karma Coletivo para Diana, Lilith e Nêmesis ao mesmo tempo:  Resistam julgar as pessoas pela aparência. Meus 2 ex-namorados manipuladores se faziam de vítimas e todo mundo ficava ao lado deles e como eu sou porra louca, como Jessica Jones e Malévola, era injustiçado entre quatro paredes e julgado por todos ao redor. Como sou uma vaca, só há duas pessoas com a qual me importo no mundo, minhas duas chamas gêmeas, o resto é indiferente. Ainda assim... Vocês criam cada distorção cognitiva que só por Deus... É muita falta de terapia, autoconsciência, reflexão e bom senso.  Foi você que tava dentro do carro capotado? Foi você que quase morreu? Foi você que teve que recomeçar várias vezes na vida? Foi você que saiu como vilão quando a pessoa era tóxica pra cacete? Não foi. Então, boca fechada, sempre. Opinião só se dá quando é pedida. Sem falar os DELUSIONAIS que ficaram comentando: Que pena, achei que vocês iam casar. Quem quiser casar com ele, passo até o perfil KK

Resenha: Pensamento ético contemporâneo – Jacqueline Russ

Em seu livro: "Pensamento ético contemporâneo", a autora e doutora em filosofia e ciências humanas Jacqueline Russ  introduz as diferenças entre os termos ética e moral, ética e modernidade, a morte das ideologias, o individualismo, as novas tecnologias e a nova ética.

O que é ética

Russ acredita que para entender os princípios da ética contemporânea é necessário antes entender as concepções globais de alguns filósofos, portanto, a autora dedica a primeira parte do livro para as influências dos filósofos: Spinoza, Kant, Nietzsche, Wittgenstein e Heidegger.

A segunda parte do livro fala sobre os princípios e trata desde a definição da palavra, os princípios clássicos até o novo princípio, o de comunicação. A doutora em filosofia traz uma série de reflexões durante o livro, uma destas reflexões é a de como é possível organizar os diferentes princípios para fundar a ética.

"As éticas de nosso tempo", terceira parte do livro, aborda vários valores éticos e pensadores da área. Algumas visões filosóficas, muitas vezes, se contrapõem, porém existem aquelas que se complementam. Para falar da ética na contemporaneidade, Russ passa pela religião, ciência, moral e ética, civilização tecnológica, retorna às éticas iluminadas das civilizações greco-romana, as bases naturais, relaciona a ética e a política e fala sobre o ensaio de Gilles Lipovetsky, "O crepúsculo do dever".


Jacqueline Russ conclui que a ética do pensamento do nosso tempo está voltado para a razão universal, ou seja, na possibilidade de se discursar argumentos racionais e achar um consenso. Sendo esta característica, de acordo com a autora, um dos núcleos mais ricos e fecundos da ética contemporânea.

A última parte do livro está direcionada às éticas aplicadas, estas que são responsáveis por polêmicas e contradições. A bioética, a ética do meio ambiente, a ética do business, a ética das mídias e a ética da política, são algumas das éticas práticas de nosso tempo retratadas no livro.

Confira também o vídeo sobre Ética e responsabilidade social no jornalismo produzido pelas alunas de Jornalismo da FEF: Elissandra Monfardine, Camila Ribeiro, Gleice Castrequini e Maria Silva dos Santos.

Comentários