Pular para o conteúdo principal

Destaques

Revolutionary Love: Série coreana de drama explora o abismo que divide as classes sociais

Embora muitos dramas coreanos pequem na representatividade de diversidade racial e deem pouquíssimo espaço para estrangeiros e imigrantes, a série Revolutionary Love (2017) da tvN e no Brasil disponível temporariamente pela Netflix , acaba indo além dos elementos de comédia e romance, mostrando o drama das diferenças de classes sociais , os preconceitos e a possibilidade de imersão nesse mundo desconhecido pelo filho do dono de um dos maiores conglomerados de empresas da Coreia do Sul . A ingenuidade e a ignorância da realidade das classes trabalhadoras tornam o protagonista um tanto embaraçoso, lembrando de forma vaga a jornada de Buda quando conheceu a realidade fora do palácio e foi confrontado com a fome, a doença, a pobreza e a morte. Longe de ser uma série com alguma alegoria espiritual, mas do ponto de vista do comportamento é interessante acompanhar como Byun Hyuk (Choi Si-won) se torna mais empático e humanizado quando seu caminho cruza com o de Baek Joon (Kang So-ra) . E

10 habilidades que um estudante de jornalismo deve aprender

No site Clases de Periodismo, escola virtual de jornalismo digital para América Latina, lançada em novembro de 2009 pela jornalista Esther Vargas, Jorge Tirzo diz 10 habilidades que um estudante de jornalismo deve aprender fora de aula.

1- Dominar a redação jornalística

2- Saber contar históricas

3- Diferenciar opinião e informação

4- Aprender a  faze reportagens no estilo 2.0

5- Interação com a comunidade

6- Respeito aos diretos do autor

7- Pensar no idioma da internet

8- Manejo de câmera de vídeo e gravador digital

9- Edição de aúdio e vídeo

10- Manter-se atualizado

Além destas habilidades, o autor sugere: domínio de idiomas, boa ortografia, saber editar textos, manejo de situações de estresse e bagagem cultural ampliada com uma perspectiva global.

Confira o post na íntegra no Clases de Periodismo

Comentários

Mais lidas da semana