Pular para o conteúdo principal

Destaques

Welcome to Wedding Hell: Drama coreano sobre a pressão de organizar casamento

Das diferenças de perspectivas até opções de escolhas movidas por questões financeiras e/ou pessoais, Welcome to Wedding Hell é uma série coreana que aborda como o simples pedido de casamento e suas consequências podem se tornar algo insuportável para todos envolvidos, especialmente para o casal que sente a maior pressão. Disponível na Netflix. O que deveria ser algo prazeroso se torna rapidamente em algo doloroso e confuso para os envolvidos na preparação do casamento. Com o estresse, vem os desencontros entre os personagens, que precisam lutar para se reconciliarem até a data do evento de união. O que eles julgavam que seria mais simples e teriam mais autonomia por parte da família, acaba se transformando numa recorrente dificuldade de comunicação e expressão sobre os sentimentos. Para agradar um, outro acaba sendo desagradado e não há uma solução tão fácil de ser tomada como costumaram imaginar. Welcome to Wedding Hell é um drama coreano curtinho, ideal para quem não gosta de drama

Cartilha orienta a postura de jovens em Redes Sociais

O movimento 'Criança mais Segura na internet' criou a cartilha "Guia de Postura em redes Sociais" para orientar como as crianças devem se comportar nestes ambientes virtuais. O Movimento tem como foco disseminar o uso ético, seguro e legal da Internet e das Novas Tecnologias, através de conteúdos dirigidos para pais, filhos e professores. Eles acreditam que não há como formar uma sociedade digital ética e responsável se não for através de um trabalho integrado, entre família e escola.

A cartilha desenvolvida em parceria com a Terra Forum Educação contém dicas para construir sua reputação na Internet. Apesar de ser voltado ao público infantil, seus familiares e professores, as dicas de postura em redes sociais podem ser seguidas por qualquer internauta.

Confira algumas dicas que devem ser seguidas nas redes sociais e na internet: Navegar com atitude ética; Cuidado ao publicar informações pessoais (superexposição); Uso de imagens autorizadas; Respeito aos direitos autorais; Uso das redes sociais de modo construtivo.

O guia também traz algumas das infrações digitais mais frequentes na vida dos usuários, como por exemplo, calúnia, difamação, ameaça, discriminação, falsa identidade, entre outros que podem levar à reclusão ou detenção do usuário.

No site do movimento (Criança mais Segurança na Internet) é possível conferir outras cartilhas sobre como os jovens devem utilizar corretamente as novas tecnologias, como os pais e professores podem orientá-los e até mesmo dicas de como estes jovens podem realizar uma compra online com segurança.

Confira a cartilha na íntegra

Comentários

Mais lidas da semana