Pular para o conteúdo principal

Destaques

12 Graphic Novels que você precisa ler

Começou como uma forma de experimentação na leitura. Apesar de gostar de tirinhas, nunca tinha me aventurado pelo universo das graphic novels, como aconteceu há alguns anos – pelo menos, não de forma que me interessasse.

Percebo que cada vez mais pessoas estão se interessando pelos diferentes formatos de narrativas. Acho válida toda forma de contação de histórias e acredito que elas podem criar experiências complementares. Há espaço para todos gostos.


Com doze indicações de leitura, dá para ler um livro por mês ou ler todos em um só mês, dependendo do ritmo de leitura e da fome por histórias de cada um. Entre temáticas mais sociais e outras mais fantasiosas, as graphic novels podem ser uma porta de entrada para outros livros, como podem ocupar um espaço central no coração de quem é aficionado por histórias ilustradas.

Histórias que podem ir muito além de um passa-tempo, como se acreditava antigamente, mas também proporcionar reflexões sobre a vida, juntando o melhor dos dois mundos: d…

Cartilha orienta a postura de jovens em Redes Sociais

O movimento 'Criança mais Segura na internet' criou a cartilha "Guia de Postura em redes Sociais" para orientar como as crianças devem se comportar nestes ambientes virtuais. O Movimento tem como foco disseminar o uso ético, seguro e legal da Internet e das Novas Tecnologias, através de conteúdos dirigidos para pais, filhos e professores. Eles acreditam que não há como formar uma sociedade digital ética e responsável se não for através de um trabalho integrado, entre família e escola.

A cartilha desenvolvida em parceria com a Terra Forum Educação contém dicas para construir sua reputação na Internet. Apesar de ser voltado ao público infantil, seus familiares e professores, as dicas de postura em redes sociais podem ser seguidas por qualquer internauta.

Confira algumas dicas que devem ser seguidas nas redes sociais e na internet: Navegar com atitude ética; Cuidado ao publicar informações pessoais (superexposição); Uso de imagens autorizadas; Respeito aos direitos autorais; Uso das redes sociais de modo construtivo.

O guia também traz algumas das infrações digitais mais frequentes na vida dos usuários, como por exemplo, calúnia, difamação, ameaça, discriminação, falsa identidade, entre outros que podem levar à reclusão ou detenção do usuário.

No site do movimento (Criança mais Segurança na Internet) é possível conferir outras cartilhas sobre como os jovens devem utilizar corretamente as novas tecnologias, como os pais e professores podem orientá-los e até mesmo dicas de como estes jovens podem realizar uma compra online com segurança.

Confira a cartilha na íntegra

Comentários

Mais lidas da semana