Pular para o conteúdo principal

Destaques

Autismo: Entre fofocas e intrigas

Aviso aos bonitos e bonitas que sempre jogam meu nome e dos colegas nos grupos de Facebook e WhatsApp: alguém de vocês sempre solta algo e de um jeito ou de outro, chega até mim.


Minha dica é: quer falar mal? Fala à vontade. Se quiser, eu falo junto. Não tenho vergonha de fazer autocrítica, aliás, recomendo a todos.

Agora, se me difamar e/ou queimar minha reputação, o bicho pega.

Nesta página, não trabalho com indiretas. Só com diretas mesmo.

Já disse que nem todo autista é bonzinho, né? 😈

Dica para os anjinhos e neurotípicos: Arranjem hobbies e outros hiperfocos, ocupem a cabeça com outras coisas que não sejam só esse mundinho de intrigas do autismo.

Um grande filósofo pós-moderno, Benstein Oliveira disse que a fofoca viaja à velocidade da luz e que ela vem de todos cantos e cores do autismo. Nem WhatsApp eu uso, mas as conversas de lá sempre chegam aqui. Por que será, gente?

Formado em Harvard na arte das fofocas chegarem até mim. Parece que sou ímã para embuste.

Leia também:
Autism…

Jornalista colombiano dá dicas de fotojornalismo para iniciantes

Ajudar a credibilizar os dados textuais e transmitir informações de forma clara e objetiva são algumas das atividades do fotojornalismo. Para ajudar as pessoas que pretendem seguir esta área do jornalismo ou que são iniciantes, o jornalista e escritor Gustavo Lequerica-Calvo dá algumas dicas. Confira abaixo.

O colombiano ganhador do Prêmio D'Muestra: Best Journalistic Work da Universidad de Bogota explica que se você tem dificuldade em tirar fotos em uma festa de aniversário, capturar um momento pela cidade será mais difícil. "Você precisa cuidar do valor da informação e da composição de suas fotos, porque não há segunda oportunidade na área de fotojornalismo", ensina.

Gustavo Lequerica-Calvo diz que existem três passos básicos para obter uma boa foto e podem ser lembrados através do acrônimo N.O.T.

N = Narrativa: A justaposição de imagens e texto, para que eles possam ter uma harmonia ao leitor, e o leitor possa entender mais a mensagem da imagem facilmente.
O = Objetividade: O conteúdo e tom que você quer mostrar de acordo com o seu ponto de vista. Lembre-se que você está sendo objetivo, você não está expressando uma verdade geral, você está expressando suas idéias e valores através do seu trabalho.
T = Timeline:Todo produto da informação está ligado a uma data de vencimento. Dependendo do evento, a fotografia pode ter um curto espaço de tempo.


"Um dos mais fascinantes aspectos do jornalismo é contar a história da vida diária, pode ser através de palavras ou imagens, mas existem algumas formas de narrativas com base na imagem só, e uma dessas formas é o fotojornalista, a arte de contar uma história com uma imagem", argumenta.

Comentários

Mais lidas da semana