Pular para o conteúdo principal

Destaques

The Good Detective: Série coreana policial sobre antigo caso e a busca pela verdade

The Good Detective é uma série coreana policial que aborda um caso antigo, cujo julgamento levou à sentença de condenação de morte do acusado. Um detetive novato no departamento e um veterano se juntam para descobrir se aconteceram falhas nas investigações policiais. A série está disponível na Netflix . Com 16 episódios em sua primeira temporada, três personagens se destacam: o detetive que participou da investigação do caso, Kang Do Chang (Son Hyeon-ju) , o jovem detetive Oh Ji Hyuk (Seung-jo Jang) e a jornalista investigativa Jin Seo Kyung (Elliya Le) . Quando um novo caso de um suposto assassino confesso da filha do homem condenado ganha a atenção da mídia, muitas dúvidas pairam no ar sobre as motivações e os possíveis envolvidos, fazendo com que os detetives discretamente se aprofundassem nas investigações, mesmo sabendo que poderiam prejudicar as próprias carreiras. Kang é movido pela consciência pesada de ter sido parte do caso do condenado possivelmente inocente sofrer pena de

Palestrante da Campus Party fala sobre o funcionamento da internet

Aconteceu nesta quinta-fera (20) na Campus Party Brasil a palestra de Ricardo Patara com o tema: "Como funciona a internet brasileira?". O responsável pelo serviço de alocação de Recursos Internet (registro.br) explicou alguns conceitos sobre a rede mundial de computadores.

Patara diz que resumidamente a internet é uma rede formada por redes e conta a história desta: "O projeto inicial desta rede, que a gente conhece como internet, surgiu dentro de universidades e instituições de pesquisa dos Estados Unidos, com o apoio do Departamento de Defesa para criar mecanismos de comunicação que fossem resistentes às catástrofes".

De acordo com o palestrante, a internet surgiu através de projetos universitários de redes independentes que permitiam a comunicação entre eles. Pataro argumenta que dentro dos ambientes universitários viu-se que era interessante interconectar as redes, pois os pesquisadores observaram a existência de pesquisas, muitas vezes semelhantes, porém de universidades diferentes. "Daí surgiu este projeto que hoje é a internet, interconectando diferentes redes, tanto dentro dos Estados Unidos, mas também em outros países, como Inglaterra e França".

Para exemplificar esta "rede de redes" em nosso dia-a-dia, Ricardo Patara ensina: "Nós temos o provedor de internet onde estamos conectados, que é uma rede. Este provedor de internet está conectado a outros provedores de internet, sejam provedores de acesso ou provedores de conteúdo e que por ventura se conectam a outros".

A descentralização da internet é uma das características mais importantes ressaltada pelo palestrante. Ele justifica que cada rede é independente e tem o controle de suas informações.

Conceitos

Modem: equipamento que permite a conexão do seu computador com a rede de provedor de internet.

Provedor de internet: organização ou entidade contrada para fornecer a conexão.

A conexão é formada por uma parte física e uma parte lógica.

A parte física está voltada aos detalhes eletrônicos da organização dos sinais elétricos, ondas, pulsos etc.

A parte lógica organiza os bits e informações e conecta o computador com a internet.

Sobre a separação entre parte lógica e física, Patara fala que esta independencia é um fator muito importante, porque facilitou a implamentação e o sucesso da internet, além de facilitar a identificação de um problema.
 
Confira o vídeo da palestra

Comentários

Mais lidas da semana