Pular para o conteúdo principal

Destaques

Criminologia, Jessica Jones e Mulher-Maravilha: Ficar do lado do agressor é sinal de perigo à sociedade – Ben Oliveira

Que dia lindo para servir Karma Coletivo para Diana, Lilith e Nêmesis ao mesmo tempo:  Resistam julgar as pessoas pela aparência. Meus 2 ex-namorados manipuladores se faziam de vítimas e todo mundo ficava ao lado deles e como eu sou porra louca, como Jessica Jones e Malévola, era injustiçado entre quatro paredes e julgado por todos ao redor. Como sou uma vaca, só há duas pessoas com a qual me importo no mundo, minhas duas chamas gêmeas, o resto é indiferente. Ainda assim... Vocês criam cada distorção cognitiva que só por Deus... É muita falta de terapia, autoconsciência, reflexão e bom senso.  Foi você que tava dentro do carro capotado? Foi você que quase morreu? Foi você que teve que recomeçar várias vezes na vida? Foi você que saiu como vilão quando a pessoa era tóxica pra cacete? Não foi. Então, boca fechada, sempre. Opinião só se dá quando é pedida. Sem falar os DELUSIONAIS que ficaram comentando: Que pena, achei que vocês iam casar. Quem quiser casar com ele, passo até o perfil KK

'Mídias Sociais: Impactos e Oportunidades para o Marketing Corporativo'

Em seu livro 'Mídias Sociais: Impactos e Oportunidades para o Marketing Corporativo' (Editora Com2B, 2010), o estatístico Fabrício Saad orienta como as empresas podem usar as mídias sociais para avaliar os riscos e usos de diferentes redes sociais, conquistar e fidelizar o consumidor com transparência, planejar estratégias e engajar colaboradores.

Fabricio Saad é graduado em estatística com pós em marketing pela FGV e MBA Executivo pela Fundação Dom Cabral. Possui 12 anos de experiência como executivo de marketing, é consultor de marketing digital, estudioso da área e palestrante.

Saad conta que as mídias sociais permitem o acesso, produção e compartilhamento de informações entre diferentes pessoas, de diferentes lugares do mundo. Segundo o autor, um dos subconjuntos das mídias sociais são as redes sociais, em que os usuários criam seus perfis, se reúnem e interagem entre si.

Fabrício Saad dá dicas de como as empresas podem usar as mídias sociais para melhorar a comunicação com os clientes, conhecer o público-alvo, gerar resultados, além de trazer dados numéricos sobre as mídias sociais no Brasil.

De forma resumida, o autor cita e descreve diferentes tipos de mídias sociais e exemplos, veja alguns: rede sociais (ex: Facebook, Orkut, LinkedIn); plataformas de compartilhamento (ex: Youtube, Flickr, SlideShare); microbloggins (ex: Twitter); social games (ex: Farmville [Facebook], Colheita Feliz [Orkut]; Agregadores (ex: Digg, Delicious) e SMO (ex: Meadiciona.com).

A evolução tecnológica fez com que os consumidores também se transformassem. Saad conta sobre os neoconsumidores, que são marcados pelo comércio eletrônico, mobilidade, fidelidade e rentabilidade, mostra o processo de evolução dos consumidores, aborda cada uma das etapas evolutivas e caracteriza o neomercado e seus impactos.

Cada empresa está engajada de forma diferente nas mídias sociais, algumas estão presentes em diferentes tipos de mídias sociais, enquanto outras estão apenas começando. O autor comenta como as empresas reagiram a este novo contexto: no início, com a contratação de advogados para contratar os consumidores que criticavam seus serviços e produtos; Depois de forma reativa, criaram serviços de atendimento ao consumidor digital; Atualmente, com pro-atividade e viralização de conteúdos. Sadd também analisa os custos, recursos humanos, infra-estrutura e regulamentação relativos às mídias sociais no Brasil.

O livro enxuto, com apenas 92 páginas, bastante objetivo, ainda traz alguns cases de sucesso e infográficos sobre mídias sociais, manual de boas práticas de marketing corporativo nas redes sociais e uma lista de eventos e sites de referência sobre o tema.

Recomendo o livro aos empresários que ainda não se deram conta do potencial das mídias sociais, aos profissionais que estão trabalhando nesta área relativamente nova, aos estudantes das áreas de comunicação e tecnologia e aos que têm interesse em aprender mais sobre o assunto.

Comentários

  1. Olá, Ben

    Legal a sua dica sobre o livro do Fabrício Saad , gostei. Também faço parte do Grupo Papos na Rede, é muito bom saber que tem mais alguem além de mim aqui do Estado participando do grupo. Gostaria de poder trocar umas ideias com você, e aprender mais um pouco.

    Abraços.

    Liany Oliveira Lima

    ResponderExcluir
  2. Excelente comentario sobre o livro de Fabricio Saad. Me motivou a compra-lo... O tema eh apaixonante e o autor parece ser conhecido estudioso no assunto. Valeu!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Mais lidas da semana