Pular para o conteúdo principal

Destaques

Autismo: Entre fofocas e intrigas

Aviso aos bonitos e bonitas que sempre jogam meu nome e dos colegas nos grupos de Facebook e WhatsApp: alguém de vocês sempre solta algo e de um jeito ou de outro, chega até mim.


Minha dica é: quer falar mal? Fala à vontade. Se quiser, eu falo junto. Não tenho vergonha de fazer autocrítica, aliás, recomendo a todos.

Agora, se me difamar e/ou queimar minha reputação, o bicho pega.

Nesta página, não trabalho com indiretas. Só com diretas mesmo.

Já disse que nem todo autista é bonzinho, né? 😈

Dica para os anjinhos e neurotípicos: Arranjem hobbies e outros hiperfocos, ocupem a cabeça com outras coisas que não sejam só esse mundinho de intrigas do autismo.

Um grande filósofo pós-moderno, Benstein Oliveira disse que a fofoca viaja à velocidade da luz e que ela vem de todos cantos e cores do autismo. Nem WhatsApp eu uso, mas as conversas de lá sempre chegam aqui. Por que será, gente?

Formado em Harvard na arte das fofocas chegarem até mim. Parece que sou ímã para embuste.


Para os trolls que…

Radiodocumentário: 'Índio Urbano'

Acampamento Terra Livre realizado em 2010
na aldeia urbana Marçal de Souza
Foto: Ben Oliveira
O radiodocumentário 'Índio Urbano', produzido pelos acadêmicos de jornalismo da UCDB, de Campo Grande (MS), junto com os outros programas ganhadores do Prêmio Roquette-Pinto estão disponíveis na página da Associação de Rádios Públicas do Brasil (ARPUB). Os internautas podem ouvir os programas, porém somente instituições sem fins lucrativos poderão baixá-los.

Os programas produzidos serão veiculados pelas emissoras públicas associadas à ARPUB e ficarão à disposição para veiculação em rádios não-comerciais. O projeto é uma iniciativa da ARPUB, contou com o apoio do Ministério da Cultura e teve patrocínio da Petrobras.

Índio Urbano

O projeto 'Índio Urbano' foi o único rádio-documentário de Mato Grosso do Sul selecionado pelo Prêmio Roquette-Pinto. O radiodocumentário esta dividido em 36 programas de 10 minutos que abordam diversos temas relacionados aos indígenas da aldeia urbana Marçal de Souza em Campo Grande (MS).

O 'Índio Urbano' teve o projeto elaborado pelos acadêmicos de Jornalismo da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), Ben-Hur Oliveira e Maria Izabel Costa, sob orientação da professora Inara Silva e do Coordenador do curso de Jornalismo Oswaldo Ribeiro. O radiodocumentário envolveu a participação de diversos acadêmicos do curso de jornalismo da UCDB.

Programa de Índio

Segue abaixo trechos da matéria "Programa de Índio", das estudantes de jornalismo da UCDB Aline Araújo e Natalie Malulei.

"... Não é porque se transforma que uma cultura deixa de existir. O projeto de Radiodocumentário Índio Urbano, realizado pelo curso de Jornalismo da Universidade Católica Dom Bosco vem dar voz a uma parcela da população urbana que carrega consigo cultura e ideias a serem expostas, talvez já esteja na hora deles mesmo se definirem".

"... Colecionar histórias, colher sorrisos e até lagrimas se elas vierem a surgir, não produzimos a emoção e sim a reproduzimos, amplificamos os sons da Aldeia Urbana Marçal de Souza em Campo Grande (MS), para tentar mostrar ao menos um recorte do que é ser índio em 2010. Em um lugar onde índio não planta mas trabalha, onde os filhos freqüentam a escola para adquirir o conhecimento da sociedade que estão inseridos e tem aula de cultura indígena para resgatarem conceitos que se perderam no tempo".

Ouça o radiodocumentário "Índio Urbano"

Acesse os outros programas selecionados
 
Para mais informações acesse a página da ARPUB

Comentários

Mais lidas da semana