Pular para o conteúdo principal

Destaques

My Shy Boss: Série de drama sul-coreano tem protagonista com fobia social e segredos

My Shy Boss (Introverted Boss/Naesungjukin Boseu/내성적인 보스) é uma série de drama romântico sul-coreano sobre a relação entre um chefe de uma empresa de Relações Públicas e uma jovem atriz extrovertida tentando descobrir a verdade sobre um acontecimento do passado que envolveu sua irmã. Lançada em 2017, a série da tvN (canal de televisão da Coreia do Sul) está disponível na Netflix Brasil por tempo indeterminado. Para quem sente falta de ver personagens com dificuldades de comunicação e interação em seriados, My Shy Boss tem Eun Hwan-ki (Yeon Woo-Jin) , um protagonista que evita o máximo possível falar com os funcionários de sua empresa, de forma que gera estranhamento nos outros. Sempre com seu casaco preto de capuz, sua timidez chama a atenção de forma negativa por onde passa. Até se acostumar com o personagem principal, fica difícil compreender alguns dos seus comportamentos. Se é contraditório para os próprios funcionários, para a família dele e até mesmo para alguns clientes insat

Análise dos conteúdos produzidos e palestras - 3º Dia do '72 Horas de Jornalismo'

Capa da edição extra do 'Em Foco'
O terceiro dia do '72 Horas de Jornalismo: Observar, fazer, pensar' começou animado hoje no Laboratório de Comunicação da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), de Campo Grande (MS), com a distribuição do jornal 'Em Foco', Edição Extra, '72 Horas de Jornalismo' e com a visita de jornalistas das emissores de televisão visitadas.

A edição extra do Em Foco contou com matérias dos acadêmicos de jornalismo da instituição que visitaram os jornais impressos campo-grandenses Correio do Estado e O Estado Mato Grosso do Sul e acompanharam a rotina dos profissionais. O jornal foi produzido em menos de 24 horas pelos acadêmicos e contém 18 matérias, 3 crônicas e fotografias. As pautas foram escolhidas em reunião de pauta orientada pela professora Cristina Ramos, que contou com a colaboração para a diagramação, coleta de fotografias e finalização do jornal dos professores Jacir Zanatta, Maria Helena, Inara Silva, Ulisflávio Evangelista, Carlos Alberto Silva e pelo coordenador do curso de Jornalismo da UCDB Oswaldo Ribeiro. Capa e anúncios do jornal foram produzidos pela agência do curso de Publicidade Propaganda da UCDB 'Mais Comunicação'.

Os acadêmicos que participaram da visita às emissores televisivas da capital sul-matogrossense produziram um programa com os vídeos e fotos registrados pelos estudantes na TV Guanandi, TV Campo Grande, TV MS Record e TV Morena. Um representante de cada emissora assistiu o vídeo e comentou o trabalho feito pelos alunos (filmagem, narração, apresentação, edição e produção). No vídeo é possível observar o que os alunos acompanharam no primeiro dia do '72 Horas de Jornalismo': reportagens externas, transmissão do telejornal ao vivo, redação, produção, edição, gravação do off, reunião de pauta e experiências do jornalistas. No programa também foram mostradas algumas propagandas criadas pelos estudantes de Publicidade e Propaganda da UCDB.

Palestras e visitas

A partir das 13h30 o evento retorna com a visita de alguns profissionais dos veículos visitados, rádios, Rádio MS 104, Rádio Blink 102, Rádio Cidade 97 e jornais online, Campo Grande News e Midiamax News, que avaliaram os conteúdos produzidos pelos alunos para os meios de comunicação online e radiofônico.

Após as visitas, neste período também acontecerão as palestras abertas ao público das docentes da UCDB, Maria Helena sobre linguagem cinematográfica e Cristina Ramos sobre gêneros jornalísticos.

Comentários

Mais lidas da semana