Pular para o conteúdo principal

Destaques

Resenha: Você – Caroline Kepnes

Frieza e perversão. Se eu pudesse resumir Joe em duas palavras seriam essas. O livro Você (You), da autora Caroline Kepnes nos leva para uma viagem para a mente doentia de um homem capaz de tudo para obter seu prazer. A obra foi publicada no Brasil pela Editora Rocco, com tradução de Alexandre Martins, em 2018.

Compre o livro Você (Caroline Kepnes): https://amzn.to/2Cp2CnR
Um jogo de gato e rato. Joe é dono de uma livraria, onde ele mantém não só sua obsessão por livros antigos e raros, como uma jaula que pertencia ao proprietário anterior. Com um passado traumático, o personagem desliga suas emoções e se aventura à procura de sua próxima vítima, alguém em quem possa projetar seus ideais românticos, ainda que unilaterais.
“Eu subo trotando e me sento para uma sessão de Beck, que consiste em escutar Rare and Well Done, olhar fotos suas que roubei do Facebook, assistir a cena de A Escolha Perfeita sem som. Eu me perco tanto nisso que amanhece na livraria e eu deveria estar cansado por caus…

Site filtra informações do Facebook e mostra importância da privacidade


Um site reúne publicações comprometedoras no Facebook. Chamado de "We know what you're doing..." (Nós sabemos o que você está fazendo), o site foi criado pelo desenvolvedor de sites Callum Haywood, de apenas 18 anos, e é um experimento sobre a privacidade nas redes sociais.

A frase completa no site é: "Nós sabemos o que você está fazendo... e achamos que você deve parar". Segundo o programador, todos os dados presentes no site são retirados diretamente do Facebook, eles não são censurados e podem ser acessíveis publicamente.


No site é possível entender um pouco como a privacidade (ou falta dela) pode afetar nossa vida pública. Os posts de usuários selecionados estão divididos nas seguintes categorias e chamam a atenção para o que temos publicado no Facebook:

− Quem quer ser demitido?

− Quem está de ressaca?

− Quem está usando drogas?

− Quem tem um novo número de telefone?

Callum Haywood chama a atenção para os posts definidos como públicos e a necessidade de mudar a configuração da privacidade. "Apenas tenha certeza que suas configurações de privacidade do Facebook são suficientes, por exemplo, não publique atualizações de status contendo materias potencialmente em risco como "público", porque eles tem uma grande chance de aparecerem em público Graph API".

Ainda segundo o programador, o problema não está no Facebook, pois quando usado corretamente, os controles de privacidade são muito bons. "O problema está em como as pessoas simplesmente não entendem os riscos de compartilharem tudo", ressalta Callum Haywood, no site do experimento.

Para mudar a privacidade, basta acessar https://www.facebook.com/settings/?tab=privacy e mudar a configuração de "público" para "amigos" ou "customizada".

Conheça o experimento: http://www.weknowwhatyouredoing.com/.

Comentários

Mais lidas da semana