Pular para o conteúdo principal

Destaques

Antraz: Documentário da Netflix revela investigações feitas pelo FBI durante anos

Um pouco após os atentados terroristas contra as torres gêmeas, em Nova Iorque, Estados Unidos, no 11 de setembro de 2001, uma ameaça de antraz colocou as autoridades, como o FBI em alerta, e espalhou pânico nos norte-americanos devido à facilidade de se espalhar sem as pessoas saberem.  Dirigido e roteirizado por Dan Krauss e produzido pela Netflix e pela BBC, 21 anos após o ataque e o primeiro caso de circulação do antraz, o documentário Antraz: EUA Sob Ataque (The Anthrax Attacks) leva o telespectador para as investigações do FBI que duraram anos. O que a princípio foi alvo de muita pressão para a solução do caso, principalmente pelo medo dos norte-americanos do esporo da bactéria continuar se espalhando pelas cartas e fazendo mais pessoas adoecerem e/ou morrerem, logo foi caindo no esquecimento conforme as investigações desenrolavam fora dos holofotes.  Com a proximidade do caso do ataque às torres gêmeas, à primeira vista, o pânico generalizado fez com quem os norte-americanos

Cobrança de conteúdo online é abordada em entrevista com repórter do New York Times


No dia 09 de julho de 2012 o articulista da Folha de São Paulo, Nelson de Sá realizou uma entrevista com o repórter e colunista de mídia do New York Times, David Carr. Durante a entrevista foram abordadas as questões do conteúdo online pago, queda na publicidade e busca por novas fontes de renda.

David Carr comentou durante a entrevista sobre a queda de publicidade nos jornais e entre as consequências apontadas estão a perda de potência em reportagem e do nível de jornalismo que havia.

Segundo o jornalista, apesar desta crise ainda não ter chegado ao Brasil e a publicidade continuar crescendo, saber de antemão os riscos possibilitará uma reação mais rápida do que aconteceu nos Estados Unidos.

Confira a entrevista na íntegra no site do Observatório da Imprensa: http://observatoriodaimprensa.com.br/news/view/_ed702_cobrar_conteudo_online_e_reacao_a_menos_publicidade

Comentários

Mais lidas da semana