Pular para o conteúdo principal

Destaques

Para Toda a Eternidade: Livro explora rituais funerários diversos

Entre a naturalidade e o espanto, o tradicional e o moderno, o ocidental e o oriental, Caitlin Doughty transmite ao leitor histórias de suas visitas a espaços e profissionais envolvidos com o universo mortuário. Uma das obras pedidas por quem já tinha lido Confissões do Crematório, o novo livro foi publicado no Brasil pela editora DarkSide Books, em junho de 2019, com tradução de Regiane Winarski e ilustrações de Landis Blair.


Compre o livro Para Toda a Eternidade (Caitlin Doughty): https://amzn.to/2R2FwqN

“Eu passei a acreditar que os méritos de um costume relacionados à morte não são baseados em matemática [...] mas em emoções, numa crença na nobreza única da própria cultura da pessoa. Isso quer dizer que consideramos os rituais de morte selvagens apenas quando eles não são como os nossos” – Caitlin Doughty, Para Toda a Eternidade
Dá para ler tranquilamente Para Toda a Eternidade sem ter lido Confissões do Crematório, mas acredito que as duas leituras são complementares. Enquanto na p…

Aniversário, amizades e gratidão

O meu aniversário está chegando e eu não poderia esquecer das pessoas que dão razão à minha vida, os meus amigos. Quem me conhece sabe as minhas razões de tamanha afeição pelos amigos, o que às vezes me faz procurar neles mais do que eles podem oferecer, mas o suficiente para encher os meus dias de alegria.

Motivos de alegrias e tristezas, são eles que estão para você quando você precisa e te fazem bem até mesmo sem querer. Às vezes não é preciso dizer o que você está sentindo, basta um simples olhar e eles entendem, ou tentam compreender, o que acontece com você. Os dias não tem sido fáceis, mas a jornada é preenchida com boas companhias.

MEGA MONTAGEM com os amigos, só que não! hahaha

Amigos trazem conforto para a alma que muitas vezes tenta seguir a direção das incertezas, inseguranças e solidão. É bem como dizem: "Se você tem amigos, você nunca está sozinho". Você pode até estar sozinho fisicamente, mas sempre terá algum amigo em pensamento e no coração.

Aniversários marcam cada ano da sua vida e a cada dia é fascinante poder acompanhar o crescimento e desenvolvimento de seus amigos, bem como deixar eles fazerem parte dos seus dias. Com o tempo e experiências, aprendemos a valorizar mais aquelas pessoas que estão lá para nós sempre que precisamos e querem nos ver bem, mesmo quando achamos que fomos esquecidos.

Existe aquela amiga que desde o começo esteve ao seu lado e nunca julgou suas atitudes, mesmo sendo bem diferente da realidade dela, cuja amizade resistiu durante anos e já é sua família. A amiga que abriu os seus olhos e te ensinou quais caminhos seguir, mesmo quando ela mesma não conseguia lidar com seus problemas. O outro que no começo você não conseguia suportar, mas agora não consegue viver sem. Aquele que você virou amigo por acaso e tem tantos gostos em comum que poderia jurar que são irmãos, se não fosse pela genética. A amiga que você não vê com muita frequência, mas quando se vê percebe que nada mudou no relacionamento de vocês, apesar da falta de tempo. O amigo que desaparece por razões que nem mesmo ele sabe explicar, mas você faz questão de aproveitar cada minuto quando estão pertos. A amiga que te abandonou ao longo do caminho, mas que marcou a sua vida o suficiente para você querer ver ela bem. O amigo que parece namorado e está sempre presente nos eventos que você precisa ou deseja estar. O amigo que mesmo morando a quilômetros de distância faz questão de te ligar ou mandar mensagem no meio da noite para saber se você está bem e te desejar uma boa noite. Aquele amigo que você admira e acompanha todo o crescimento, mesmo com tamanhas adversidades impostas pela vida. Os amigos que você convive diariamente na universidade, aguentam o seu mau humor, as suas tristezas e também alegrias. Os amigos que você conhece a longa data, mas acaba trombando somente na balada. Os colegas que você não conhece há muito tempo, mas conquistam um espaço na sua vida a cada dia.

Enfim, este texto não consegue transmitir tudo o que eu sinto por cada um dos meus amigos, mas é uma forma de demonstrar o quanto eu estou grato por cada um de vocês existirem e estarem presentes na minha vida.

Comentários

Mais lidas da semana