Pular para o conteúdo principal

Destaques

Happy Old Year: Filme explora a linha tênue entre o desapego e a nostalgia

O filme tailandês Happy Old Year , de 2019, nos faz pensar sobre as relações que construímos com as coisas que guardamos ao longo da vida. Com direção e roteiro de Nawapol Thamrongrattanarit, a obra está disponível na Netflix. Chutimon Chuengcharoensukying interpreta Jean, uma mulher que deseja fazer um escritório em sua casa, mas se dá conta de que há uma pilha de objetos inutilizados pela casa. Interessada e inspirada pelo minimalismo, se dependesse só dela, ela colocaria tudo em sacos de lixo e jogaria fora, o que ela descreve como buracos negros, porém, à medida que ela coloca o seu plano em ação, Jean percebe que não será tão fácil como imaginava. Com a resistência da família a mudar, Jean encara de frente sua missão, doa em quem doer. O que deveria ser fácil e prático para ela, cuja necessidade é vista até mesmo como egoísmo, acaba se desdobrando em várias situações, fases e etapas conforme ela mergulha nas histórias, memórias e emoções que estão vinculadas aos objetos, especialm

Acadêmico apresenta documentário 'Heleno Goyano, um ilustre perseguido da ditadura'

Texto: Ben Oliveira

O acadêmico de jornalismo Helton Davis apresentará o seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), o vídeo-documentário "Heleno Goyano, um ilustre perseguido da ditadura", no dia 10 de dezembro de 2012, às 18h, em Campo Grande (MS), no auditório da TV Pantanal Uniderp, no bloco 5 da Universidade Anhanguera Uniderp.

Durante o documentário a família relembra alguns momentos difíceis passados na época da ditadura militar, como a ausência de Nelson Trad e as prisões. "No fundo, nós sabíamos que aquilo no futuro, serviria para honrar a biografia dele, orgulhar os filhos, porque ele não era subversivo, ele não era um opositor desleal ao regime, ele não extravasava sua indignação ao regime contra as pessoas, nunca foi autor ou partícipe de atos de guerrilha", comenta Fábio Trad nas gravações.

Produzido por Helton Davis, o vídeo-documentário traz depoimentos de familiares e pessoas que conviveram com Nelson Trad na época. Seja como advogado ou político, Nelson Trad ou Heleno Goyano fez o que podia para contestar o regime militar e lutar pela democracia.

O ex-deputado Nelson Trad morreu aos 81 anos, de problema no coração, no dia 7 de dezembro de 2011, em Campo Grande (MS).

Sinopse
Heleno Goyano, um ilustre perseguido da ditadura aborda a realidade do regime político ditatorial da época pela ótica jornalística de como eram as perseguições feitas pelo regime militar em Campo Grande, em especial, a perseguição sofrida por Nelson Trad que utilizava o pseudônimo, Heleno Goyano, para publicar crônicas esportivas que de forma sucinta, criticava e combatia o regime militar a fim de despertar um pensamento crítico na sociedade contra esse sistema político.

É um misto de nostalgia e resgate histórico de um ilustre político campo-grandense, que apesar do alto prestígio por conta da profissão de advogado e do cargo que ocupava − era vice-prefeito da cidade na época −, foi um dos que mais sofreu com a repressão da ditadura militar brasileira.

Este vídeo-documentário mergulha fundo sobre quem era Heleno Goyano, esse apaixonado botafoguense que conseguiu unir em torno da sua ideologia política mesclada com crônicas esportivas, uma só luta: a paixão pelo futebol aliado à defesa da democracia, dos direitos humanos e da liberdade de expressão.

Comentários

Mais lidas da semana