Pular para o conteúdo principal

Destaques

Para Toda a Eternidade: Livro explora rituais funerários diversos

Entre a naturalidade e o espanto, o tradicional e o moderno, o ocidental e o oriental, Caitlin Doughty transmite ao leitor histórias de suas visitas a espaços e profissionais envolvidos com o universo mortuário. Uma das obras pedidas por quem já tinha lido Confissões do Crematório, o novo livro foi publicado no Brasil pela editora DarkSide Books, em junho de 2019, com tradução de Regiane Winarski e ilustrações de Landis Blair.


Compre o livro Para Toda a Eternidade (Caitlin Doughty): https://amzn.to/2R2FwqN

“Eu passei a acreditar que os méritos de um costume relacionados à morte não são baseados em matemática [...] mas em emoções, numa crença na nobreza única da própria cultura da pessoa. Isso quer dizer que consideramos os rituais de morte selvagens apenas quando eles não são como os nossos” – Caitlin Doughty, Para Toda a Eternidade
Dá para ler tranquilamente Para Toda a Eternidade sem ter lido Confissões do Crematório, mas acredito que as duas leituras são complementares. Enquanto na p…

Acadêmico apresenta documentário 'Heleno Goyano, um ilustre perseguido da ditadura'

Texto: Ben Oliveira

O acadêmico de jornalismo Helton Davis apresentará o seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), o vídeo-documentário "Heleno Goyano, um ilustre perseguido da ditadura", no dia 10 de dezembro de 2012, às 18h, em Campo Grande (MS), no auditório da TV Pantanal Uniderp, no bloco 5 da Universidade Anhanguera Uniderp.

Durante o documentário a família relembra alguns momentos difíceis passados na época da ditadura militar, como a ausência de Nelson Trad e as prisões. "No fundo, nós sabíamos que aquilo no futuro, serviria para honrar a biografia dele, orgulhar os filhos, porque ele não era subversivo, ele não era um opositor desleal ao regime, ele não extravasava sua indignação ao regime contra as pessoas, nunca foi autor ou partícipe de atos de guerrilha", comenta Fábio Trad nas gravações.

Produzido por Helton Davis, o vídeo-documentário traz depoimentos de familiares e pessoas que conviveram com Nelson Trad na época. Seja como advogado ou político, Nelson Trad ou Heleno Goyano fez o que podia para contestar o regime militar e lutar pela democracia.

O ex-deputado Nelson Trad morreu aos 81 anos, de problema no coração, no dia 7 de dezembro de 2011, em Campo Grande (MS).

Sinopse
Heleno Goyano, um ilustre perseguido da ditadura aborda a realidade do regime político ditatorial da época pela ótica jornalística de como eram as perseguições feitas pelo regime militar em Campo Grande, em especial, a perseguição sofrida por Nelson Trad que utilizava o pseudônimo, Heleno Goyano, para publicar crônicas esportivas que de forma sucinta, criticava e combatia o regime militar a fim de despertar um pensamento crítico na sociedade contra esse sistema político.

É um misto de nostalgia e resgate histórico de um ilustre político campo-grandense, que apesar do alto prestígio por conta da profissão de advogado e do cargo que ocupava − era vice-prefeito da cidade na época −, foi um dos que mais sofreu com a repressão da ditadura militar brasileira.

Este vídeo-documentário mergulha fundo sobre quem era Heleno Goyano, esse apaixonado botafoguense que conseguiu unir em torno da sua ideologia política mesclada com crônicas esportivas, uma só luta: a paixão pelo futebol aliado à defesa da democracia, dos direitos humanos e da liberdade de expressão.

Comentários

Mais lidas da semana