Pular para o conteúdo principal

Destaques

Resenha: Candyman – Clive Barker

Um presente para os leitores de Clive Barker, assim é a edição para colecionadores de Candyman, publicada pela editora DarkSide Books, em janeiro de 2019, com tradução de Eduardo Alves e posfácio de Carlos Primati.


Encontre o livro Candyman (Clive Barker): https://amzn.to/2ZdA32y

Candyman (The Forbidden) é um conto, portanto a leitura é enxuta, mas envolvente, e transporta o leitor para o clima de lendas urbanas. Embora já não sejam mais comuns na tradição oral e tenham ganhado o ambiente virtual, histórias sobre acontecimentos assustadores e questionáveis fazem parte da existência humana.

Com uma atmosfera sombria e mais urbana, Clive Barker leva o leitor ao gueto, onde a violência e a criminalidade por si só já contrastam com a realidade de outros bairros da cidade e acabam tão banalizadas que a história faz a personagem principal, Helen, se interessar pelo caso contado por uma das moradoras.

“E as histórias que contaram para ela – seriam confissões de crimes não cometidos, relatos do …

Redação e Criatividade são tema de palestra na UCDB


Texto: Ben Oliveira

O publicitário Antônio Rodrigues Neto falou sobre Redação e Criatividade durante o PropUP - Eleve suas ideias, evento realizado no auditório da biblioteca da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), em Campo Grande (MS), durante  a manhã do dia 09 de novembro de 2012. Em tom descontraído, o palestrante deu dicas para os acadêmicos de Comunicação Social, tanto de Publicidade e Propaganda, quanto de Jornalismo.

Palestra com o publicitário Antônio Rodrigues Neto aconteceu no auditório
da biblioteca da UCDB. Foto: Caroline Merlo.
Redator na Agilitá, Antônio Rodrigues Neto explicou como a criatividade é importante e disse que todos são criativos para alguma coisa, às vezes não comercialmente. Para ele, a criatividade pode ajudar a abrir portas.
Publicitário Antônio Rodrigues Neto.
Foto: Hygor Benevides.

Durante a palestra o publicitário deu algumas dicas para exercer a criatividade: busque referências, esteja bem informado, faça anotações, pratique o hábito de fazer associações, não tenha medo de compartilhar ideias, tenha um vocabulário vasto, conheça públicos distintos, hábitos e linguagem, abuse do humor, não use o prazo como desculpa para não ser criativo e inove.

Antônio Neto citou algumas funções do redator publicitário: Criar textos para anúncios, outdoors, banners e internet; Escrever roteiros e spots; Compor jingles e vinhetas; Fazer releases e merchandisings; Revisar ortografia e gramática e fazer planejamento de campanha.

"O mercado de trabalho está carente de redatores bons. Não se encontra redator hoje em dia", comenta Antônio Neto. De acordo com o publicitário, para ser um retador é preciso ter força de vontade. "Todo mundo pode aprender. Eu acho que é um dos departamentos mais fáceis de se trabalhar", opina.

Para Antônio Neto, o publicitário não pode ser preconceituoso e deve conhecer de tudo, para que o mesmo possa ter material suficiente para criar para todo tipo de público. "Você tem que falar o que as pessoas querem ler ou ouvir", ressalta.

Comentários

Mais lidas da semana