Pular para o conteúdo principal

Destaques

Resenha: Você – Caroline Kepnes

Frieza e perversão. Se eu pudesse resumir Joe em duas palavras seriam essas. O livro Você (You), da autora Caroline Kepnes nos leva para uma viagem para a mente doentia de um homem capaz de tudo para obter seu prazer. A obra foi publicada no Brasil pela Editora Rocco, com tradução de Alexandre Martins, em 2018.

Compre o livro Você (Caroline Kepnes): https://amzn.to/2Cp2CnR
Um jogo de gato e rato. Joe é dono de uma livraria, onde ele mantém não só sua obsessão por livros antigos e raros, como uma jaula que pertencia ao proprietário anterior. Com um passado traumático, o personagem desliga suas emoções e se aventura à procura de sua próxima vítima, alguém em quem possa projetar seus ideais românticos, ainda que unilaterais.
“Eu subo trotando e me sento para uma sessão de Beck, que consiste em escutar Rare and Well Done, olhar fotos suas que roubei do Facebook, assistir a cena de A Escolha Perfeita sem som. Eu me perco tanto nisso que amanhece na livraria e eu deveria estar cansado por caus…

Resenha: Teoria do Conto - Nádia Batella Gotlib


Escrito pela Livre-docente em Literatura Brasileira pela Universidade de São Paulo, Nádia Battella Gotlib, e publicado originalmente em 1990, o livro "Teoria do Conto" tem como proposta explicar o gênero literário Conto que faz sucesso por conta do seu tamanho reduzido e pelo gosto por contar e ouvir estórias.

A autora comenta que ao longo dos anos existiu uma dificuldade em definir o conto, suas especificidades e suas mudanças ocorridas durante a história. Nádia Battella Gotlib cita teóricos e contistas, como Horacio Quiroga, Mário de Andrade, Maupassant, Machado de Assís, Guimarães Rosa, Edgar Allan Poe, Grimm, entre outros.

Segundo Nádia Gotlib e os autores utilizados como referência, uma das características do conto é a de narrar um acontecimento de interesse humano. Essas narrativas não precisam necessariamente serem reais, mas mesmo com ficção, derrubam as barreiras entre o que é realidade ou não.

As concepções de conto, novela e romance mudaram de acordo com a época e com a região. Um dos tipos de contos citados pela autora é o conto maravilhoso, no qual a estória de forma simples permanece depois de anos e pode ser recontada. Entre as características estão a falta de precisão histórica e a generalidade.

Já o conto literário atual, Nádia Battella Gotlib comenta que corresponderia a Novela, segundo Jolles, pois tenta levar a visão do seu criador e por ter como uma de suas marcas um acontecimento impressionante.

Ao longo do livro, a autora comenta estudos linguísticos sobre o conto maravilhoso e a narrativa em geral, regras para o desenvolvimento de narrativas, tramas e elementos. Nádia ainda comenta os pontos em comum e divergentes entre os teóricos e conclui que cada conto é um caso, por causa de suas peculiariedades e desdobramentos.

Comentários

Mais lidas da semana