Pular para o conteúdo principal

Destaques

12 Graphic Novels que você precisa ler

Começou como uma forma de experimentação na leitura. Apesar de gostar de tirinhas, nunca tinha me aventurado pelo universo das graphic novels, como aconteceu há alguns anos – pelo menos, não de forma que me interessasse.

Percebo que cada vez mais pessoas estão se interessando pelos diferentes formatos de narrativas. Acho válida toda forma de contação de histórias e acredito que elas podem criar experiências complementares. Há espaço para todos gostos.


Com doze indicações de leitura, dá para ler um livro por mês ou ler todos em um só mês, dependendo do ritmo de leitura e da fome por histórias de cada um. Entre temáticas mais sociais e outras mais fantasiosas, as graphic novels podem ser uma porta de entrada para outros livros, como podem ocupar um espaço central no coração de quem é aficionado por histórias ilustradas.

Histórias que podem ir muito além de um passa-tempo, como se acreditava antigamente, mas também proporcionar reflexões sobre a vida, juntando o melhor dos dois mundos: d…

Resenha O Gato Preto - Edgar Allan Poe

Texto: Ben Oliveira

Escrito por Edgar Allan Poe, O Gato Preto é um dos contos mais fascinantes e conhecidos do autor, presente no livro Histórias Extraordinárias – uma coletânea das estórias criadas pelo contista –, publicado no Brasil, em 2002, pela Editora Nova Cultural.

Além de escrever contos, Poe também era poeta e crítico literário. Os textos do autor trazem sua visão sobre o lado obscuro dos seres humanos. Diferente do terror sobrenatural, as estórias de Poe abordam o terror psicológico, e talvez por isto as pessoas se identifiquem, pela possibilidade real de acontecer.

No conto 'O Gato Preto' fica evidente o estilo de escrita de Edgar Allan Poe. Por exemplo, o escritor acreditava que os contos deveriam ser lidos em uma sentada, fazendo menção ao tamanho, estrutura e a capacidade que o texto deveria ter de prender o leitor.

Para Allan Poe, o conto deveria ir direto ao ponto – diferente do que observamos no romance –, além do gênero literário possibilitar uma boa história com apenas um núcleo de conflitos e ênfase.

Outra característica presente no conto O Gato Preto é a narração em 1ª pessoa e a omissão dos nomes dos personagens, exceto pelo gato chamado Plutão, deixando o leitor mais à vontade com a história e viajando para dentro das páginas com mais facilidade.

Ao ler a história, às vezes, o leitor é invadido pela sensação de dúvida sobre o que teria sido real, imaginação ou alucinação. O Gato Preto é só mais uma prova da loucura e perturbação humana, tema debatido ao longo dos anos, e mesmo tendo sido escrito em 1843, o conto continua factual.

Resumo de O Gato Preto

Um homem  e uma mulher apaixonados por animais são casados. De todos os bichos, um gato preto chamado Plutão é o animal favorito do protagonista. A afeição que o homem sente pelo gato começa a se transformar em irritação. O homem arranca uma das órbitas do bicho e depois o enforca.

Algum tempo depois, um novo gato preto cruza o caminho do homem. Se não fosse por uma mancha branca no pescoço – que poderia ser uma marca do enforcamento – o gato seria idêntico ao Plutão.

Sentindo-se culpado, o homem fica atormentado com a presença do Gato. Em um momento de raiva e loucura, ao tentar matar o gato, a mulher o impede, e o homem acaba a matando. Depois de esconder o corpo atrás de uma parede, o gato também parece ter deixado o homem em paz.

Durante uma das investigações, os policiais estão quase indo embora convencidos de que não há nada de errado, quando o protagonista bate na parede falando sobre como a casa tinha sido bem construída. Um som de criança gemendo seguido por um grito inumano faz a polícia descobrir o cadáver da mulher e o gato em cima dele.

"Eu havia emparedado o monstro dentro da tumba!", frase final do conto.

Comentários

  1. Demais! Gosto muito de Edgar Allan e este conto é realmente fascinante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este é o meu conto favorito dele! Abraços e obrigado pelo comentário.

      Excluir
  2. otimo me ajudou muitooo

    ResponderExcluir
  3. obrigada me ajudou bastante

    ResponderExcluir
  4. Ola li o livro duas vezes e gostaria que se vc pudesse me esclarecer algumas coisas . Como que o gato foi parar dentro da parede junto da mulher sendo q ele havia fugido no momento do assassinato e os outros animais ele matou tambem? E a mulher era cumplice dele. porque em um momento do livro diz-se que ela estava sofrendo. seria porque ela tinha ajudado ele a matar ou pq ela nao estava consentida com tal ato? Por Favor me explique.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ane! Obrigado pelo comentário e pela visita!
      Primeiro, precisamos levar em conta que haviam dois gatos. Um deles havia sido assassinado, o outro não. Como a história é narrada pelo ponto de vista do protagonista e ele estava perturbado, isso afeta também a maneira que ela é contada. Logo, há momentos em que podemos pensar se o que estava acontecendo era real ou não, algum sintoma da loucura do homem. A mulher era cúmplice no maltrato dos outros animais e isso a fazia sofrer, não significa que ela era a favor (é preciso levar em conta a posição da mulher na época em que a história foi escrita). Quanto ao gato ter entrado na parede, não é possível explicar como aconteceu sem que o protagonista percebesse, nisso se reside o ponto-chave da história, o terror. Um homem que havia cometido um crime, matado a própria mulher – seu medo era o de que os outros descobrissem. Se não fosse pelo gato, provavelmente ninguém saberia.
      Assista esse documentário sobre o Edgar Allan Poe. Pode te ajudar a entender um pouco mais sobre o escritor e suas histórias: http://www.benoliveira.com/2014/02/documentario-edgar-allan-poe-contos-terror.html

      Espero ter ajudado.
      Abraços

      Excluir
  5. Muito bom. Poe é meu escritor favorito!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Anônimo!
      Poe não é o meu escritor favorito, mas é um deles! Os contos dele são fantásticos. Gosto muito de O Gato Preto.
      Abraços e obrigado por seu comentário! ;-)

      Excluir
  6. Respostas
    1. Oi, Anônimo!
      Fico feliz que tenha gostado. Volte sempre! =)

      Excluir
  7. Sonha em seguir a carreira de escritor profissional. - ben oliveira sou Oliveira também adoro sua escrita irreverente e grandes sacadas ! Quero fazer uma parceria contigo pra escrever um livro de nome : O CARTOMANTE - Um cineasta quer tranformá - lo em filme após o roteiro , maiores informes no emails e no face

    ResponderExcluir
  8. Li a primeira vez com uns 10 anos e ainda tenho pesadelos... Brincadeira (sobre a parte dos pesadelos)
    Enfim, adorei a resenha e O Gato Preto é o meu conto favorito do Edgar Allan Poe...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha
      Poe é foda! Recomendo que você escute o Audiobook de O Gato Preto. Tem uma versão que tem o som do gato, do vento e dos barulhos. É bem interessante para escutar no escuro e deixar a imaginação fluir.
      Abraços e muito obrigado por sua visita!

      Excluir
  9. precisso fazer um trabalho sobre ele sera q podia me ajudar?????????/??

    ResponderExcluir
  10. precisso fazer um trabalho sobre ele sera q podia me ajudar?????????/??

    ResponderExcluir
  11. Qual é o tema central deste conto?

    ResponderExcluir
  12. urgente Qual é o tema central deste conto?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O horror humano. A linha tênue entre a loucura e o sobrenatural.
      A mente culpada. É um conto que acaba trazendo a mensagem de que o homem é o pior monstro.

      Excluir
  13. Foi um conto autobiográfico, mas serve como base para outras autobiografias, quem sabe?
    https://faccaopcc1533primeirocomandodacapital.org/a-faccao-pcc-e-a-seita-satanica-ss/

    ResponderExcluir
  14. Aí eu amei ,me ajudou muito numa pesquisa escolar ,parabéns vcs capricham .sempre fiz pesquisas nesse site mas dessa vez eles arrasaram de verdade . 👀

    ResponderExcluir
  15. oi tenho q fazer um trabalho sobre esse livro é tenho algumas perguntas, alguém poderia me ajudar?

    ResponderExcluir
  16. oi tenho q fazer um trabalho sobre esse livro é tenho algumas perguntas, alguém poderia me ajudar?

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Mais lidas da semana