Pular para o conteúdo principal

Destaques

Um Conto Taiwanês de Duas Cidades: Série de romance e drama explora raízes, sonhos e amores

Uma série de romance e drama sobre duas mulheres conectadas por suas raízes de Taiwan, mas que seguiram caminhos bem diferentes e com personalidades moldadas pelas cidades em que viveram: enquanto uma cresceu em San Francisco, nos Estados Unidos, a outra passou a vida inteira em Taipei. A série A Taiwanese Tale of Two Cities (Um Conto Taiwanês de Duas Cidades, 2018) balanceia os idiomas e experiências culturais dos dois países, criando uma experiência prazerosa para quem deseja visitar ambos destinos turísticos. Essa produção taiwanesa foi um dos achados na Netflix . A mulher que nunca saiu do país, abraça as raízes da medicina chinesa e por causa do seu histórico de saúde frágil abriu mão de muitas coisas fora de sua zona de conforto, Lee Nien-Nien (Tammy Chen) que coincidentemente sonhava em conhecer San Francisco, acaba conhecendo a taiwanesa-americana Josephine Huang (Peggy Tseng), que embora tivesse curiosidades sobre sua origem, passou praticamente a vida toda nos Estados Unidos

Dicas para começar a escrever – Natalie Goldberg

Autora do livro Escrevendo com a alma, Natalie Goldberg já escreveu diversas obras sobre escrita, tornado-se referencial, principalmente quando se trata de escrita zen. Em sua página do Facebook, a autora divulgou algumas dicas de como começar a escrever, disponíveis no seu novo livro The True Secret Of Writing.

Confira abaixo seis dicas de escrita, compartilhadas por Natalie Goldberg:

1- Compre uma caneta rápida e um caderno barato

“Você deve saber como escrever com caneta e papel, não apenas no computador, que é todo um outro processo. A caneta deve ser rápida o suficiente para acompanhar sua mente, e o caderno não precisa ser precioso. Você estará escrevendo muita besteira nele antes de material bom”.

2- Saia de casa

“Quando você está em casa, o telefone toca, os pratos precisam ser levados – existem um milhão de desculpas para fazer isto ou aquilo ao invés de escrever. Saia! Eu prefiro cafés pouco frequentados onde a comida não é muito boa, então, eu consigo ficar na mesa por um longo tempo. Deixe uma boa gorjeta”.

3- Arranje amigos para escreverem juntos

“Parceiros de escrita mantêm você honesto. Decida quando vocês irão escrever. Escolha qualquer assunto e apenas mova a caneta. Se você se encontrar preso, ver a pessoa em frente a você ainda rabiscando vai inspirá-lo a passar por isso”.

4- Cala a boca e escreva

“Esqueça todas as regras, como “escreva o que você conhece”. O essencial é começar. Não fale sobre isto. Não consiga um adorável estúdio ou uma mesa bonita. Apenas faça.

5- Pratique o silêncio

“Atrás da escrita, atrás das palavras, não estão palavras. Nós precisamos conhecer aquele lugar. Isto nos dá uma grande perspectiva para lidar com a linguagem. O silêncio pode ser a porta para a escuta, o que é um dos grandes pilares para a escrita”

6- A leitura é tudo

“Às vezes, meus estudantes vêm até a mim e dizem que eles não leem. Por que alguém deveria lê-lo se você não está lendo ninguém? Escritores são seus professores de verdade. Quando você lê um livro, você está estudando a mente do autor. Ler exercita e desenvolve a mente”.

Comentários

  1. Dicas super importantes e simples, gosto muito do seu blog e sempre que posso leio ele. Obrigado! Se possível visite o meu blog.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pelo comentário, Emerson! Fico feliz que goste do conteúdo, afinal, escrevo para vocês, leitores! Dando uma passadinha no seu blog agora =))
    Abraços

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Mais lidas da semana