sexta-feira, 14 de junho de 2013

Resenha: Escrevendo com a Alma - Natalie Goldberg

Dentro da maior livraria que eu já entrei na minha vida, a Livraria Cultura, localizada na Avenida Paulista, em São Paulo, dei de cara com o livro Escrevendo com a alma: Liberte o escritor que há em você, escrito por Natalie Goldberg. O título da obra chamou a minha atenção e não poderia ter aparecido em um momento melhor já que naquele fim de semana aconteceria o lançamento de Loveless – uma coletânea de contos sobre o universo gay, publicada pela Editora Escândalo, com a participação de doze autores, incluindo duas histórias escritas por mim.

Quando segurei o livro, não foi como se eu o tivesse escolhido, mas como se eu também tivesse sido escolhido por ele. De todos os autores e obras sobre escrita que eu já li, como A Arte da Ficção, livros homônimos escritos por David Lodge e também por Henry James, Como Escrevo: Mistérios da Criação Literária, Escrevendo com a alma foi o que mais me fez refletir sobre a relação entre vida e literatura, de maneira prática e prazerosa.

Acredito que todo texto carregue um pouco de nossas essências e impressões, e que para conseguir retratá-las é preciso mais do que apenas saber estrutura-lo. Natalie Goldberg utiliza sua ampla experiência ministrando oficinas de redação e como escritora para orientar os leitores interessados em aprender mais sobre a escrita. Suas dicas não são extraordinárias, mas mostram perspectivas simples que muitas vezes ignoramos, que podem contribuir para a melhoria de sua comunicação, expressão e relação consigo mesmo e com quem irá ler seus textos.

A autora enxerga no ofício de escrever uma atividade que exige tanto treino, dedicação, paciência e disciplina como a corrida, ou qualquer outro esporte, no qual os atletas estão sempre praticando, superando seus limites e buscando o equilíbrio necessário para se manterem firmes diante de vitórias e derrotas.

Com textos fáceis de ler, experiências pessoais, sinceridade e humildade, ao ensinar como é possível escrever com a alma, Natalie Goldberg coloca suas próprias recomendações em prática, tornando uma leitura agradável e cheia de vida um livro que poderia ser técnico, como outros disponíveis para compra.

No livro, o leitor percebe que a escrita é mais do que uma paixão ou obsessão destrutiva para a autora. Ela escreve com confiança e ensina como os escritores podem encontrar suas próprias vozes, extraindo de pensamentos, memórias, fofocas, situações, olhares, histórias comuns e transformá-los em textos atraentes.

O livro pode ser lido quantas vezes for preciso, sempre trazendo uma visão otimista, ideal para quem lida com aquelas autocríticas e incertezas relacionadas à escrita, seja pela dúvida em relação à qualidade do seu texto, pela falta de tempo ou por achar que poderia estar fazendo algo mais lucrativo, ensinando que quando se gosta daquilo que se faz, é preciso dedicar nem que seja alguns minutos do seu dia.

Ao longo da obra, Natalie Goldberg ensina várias táticas para quem está começando a escrever e para quem já escreve, porém necessita de um empurrão. Os conhecimentos do budismo ajudaram a escritora a encontrar tranquilidade, o que é possível sentir em cada frase e descrição feita por Natalie, sempre incentivando o equilíbrio e a paz, entre o seu interior e o mundo exterior.

Entre uma série de motivos sobre a importância de escrever e dicas para escritores, Natalie Goldberg sugere:

– Escrever é democrático

– Escrever traz mais confiança

– A escrita o levará a qualquer lugar

– Procure lugares diferentes para escrever

– Observe os detalhes

– Não há limites entre o texto, a vida e a mente

– A conversa é a oportunidade de treinar a escrita

Com tantas dicas e pontos de vista legais, fica bem difícil escolher quais citações eu gostei mais, mas poderia destacar três:

“Quando estamos realmente presentes ao escrever, não existe escritor, papel, caneta, pensamento. Só o escrever acontece – todo o resto desaparece”.

“Toda atividade à qual nos dedicamos por completo é uma jornada solitária. Seus amigos podem ficar felizes por você, podem apoiá-lo, mas você não pode esperar que ninguém alcance a mesma intensidade de emoções ou que compreenda totalmente as experiências por que você passou”.

“Somos parte de tudo o que existe no mundo. Quando compreendemos esse fato, veremos que não estamos escrevendo, e sim deixando que todas as coisas escrevam através de nós”.

Recomendo o livro para quem deseja aprender mais sobre a arte da escrita, seja no gênero literário poema, conta ou romance. Afinal, colocar palavras juntas, diálogos e descrições não tornam os textos cativantes o suficiente para serem lidos e apreciados, podendo até mesmo entediar o leitor – como qualquer atividade artística, na escrita também é preciso usar a alma.

2 comentários:

  1. http://clubedoebook.blogspot.com.br/2014/02/escrevendo-com-alma-epub-mobi-pdf.html

    link do livro.

    ResponderExcluir
  2. Olá a todos...

    Adorei o blog, achei muiiiito interessante!
    Estou procurando por ebooks grátis, alguém sabe onde posso baixar alguns?

    Obrigado
    Abs

    ResponderExcluir

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentários Recentes

Me acompanhe no Instagram