Pular para o conteúdo principal

Destaques

Sobre rabiscos e telas brancas

A tela branca pode ser um convite à explosão criativa ou uma tortura ao artista que sente seu espírito definhando diante da pesada realidade. Em tempos de crise e ódio, a arte fica esquecida e é vista como desimportante; ironicamente, é quando mais precisamos dela, de algo que nos faça sentir vivo e toque as partes atordoadas.


O som dos dedos se movendo pelo teclado era como fantasmas de uma vida distante. É incrível perceber quantas vezes nós deixamos algumas partes nossas morrerem ao longo de nossas existências; as máscaras, antes tão confortáveis, agora incomodam e não nos servem mais. Leva tempo até ficarmos satisfeitos e ajustados à nova realidade. Viver é admitir que sabemos pouco sobre nós mesmos e há sempre algo novo que pode nos transformar, seja para o bem ou para o mal.

O artista encara a tinta respingando pela tela. Para o espectador sem intimidade, nada faz sentido, a desconexão de ideias é tormentosa; para ele, o lembrete de que sua arte nunca o abandonaria. Como poderia…

Dicas para se tornar um escritor profissional – Cristina Lasaitis

Você já parou para pensar o que é preciso para se tornar um escritor profissional? A escritora e revisora Cristina Lasaitis dá algumas dicas em seu Guia de Primeiros Socorros para o Escritor Iniciante. Confira abaixo sete recomendações para um escritor profissional:

1- Leia

– Estude com os olhos de um escritor as narrativas, trabalho de linguagem. A leitura irá afiar o seu senso crítico.

2- Conheça a sua língua

– A língua é seu instrumento de trabalho.

3- Pratique

– Escreve sempre. Escritores profissionais não podem depender da inspiração para escrever.

4- Comece por narrativas curtas

– Amadureça a escrita, suas habilidades literárias até estabilizar um estilo próprio

5- Aprenda a ouvir críticas

– As críticas ajudam a aprimorar a escrita. Veja os pontos fortes e fracos do texto, para melhorá-lo.

6- Participe de oficinas

– Ótima maneira de aperfeiçoar a escrita e o senso crítico e interagir com outros escritores.

7- Postura profissional

– Se você não estiver preparado para tratar o seu livro como um produto, não está preparado para publicá-lo.

Para ler na íntegra o Guia de Primeiros Socorros para o Escritor Iniciante, escrito por Cris Lasaitis, acesse o blog Anatomia da Vertigem

Comentários

  1. Tornar-se profissional da escrita neste país exige paciência, determinação e perseverança.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ronaldo, é a pura verdade! Muita paciência e perseverança, diariamente. Os retornos são lentos, mas cada vitória merece ser comemorada, mesmo as mais pequenas!

      Muito obrigado pela visita e comentário.

      Abraços e volte sempre!

      Excluir

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Mais lidas da semana