Pular para o conteúdo principal

Destaques

Fake News de Saúde e Autismo: 10 Desafios de Combater o Charlatanismo

Estou só fazendo meu papel como jornalista de levar informações confiáveis. Para quem simpatiza com terapias sem comprovação científica que alegam curar o autismo, não leve para o lado pessoal. Se quiser levar, também já é uma questão sua para resolver internamente ou em terapia.


Repito: Até o momento, QUALQUER tratamento que alegue curar o autismo está sendo fraudulento. O autismo é condição neurobiológica para a vida. O que existem são pesquisas inconclusivas, gente que mente na cara de pau e/ou não tem conhecimento sobre neurociências.

Todo profissional de saúde tem dever ético de alertar sobre tratamentos falsos. Se a pessoa não alerta e ainda promete curas, abra os olhos.

Recomendo mais leitura sobre o assunto para ser menos enganado: mais livros sérios sobre autismo (nem todo livro é bom), mais pesquisas e estudos, mais conteúdos produzidos por organizações INTERNACIONAIS de autismo.

Desde que o autismo foi descoberto, teorias infundadas foram levantadas, especialmente por profiss…

Dicas para se tornar um escritor profissional – Cristina Lasaitis

Você já parou para pensar o que é preciso para se tornar um escritor profissional? A escritora e revisora Cristina Lasaitis dá algumas dicas em seu Guia de Primeiros Socorros para o Escritor Iniciante. Confira abaixo sete recomendações para um escritor profissional:

1- Leia

– Estude com os olhos de um escritor as narrativas, trabalho de linguagem. A leitura irá afiar o seu senso crítico.

2- Conheça a sua língua

– A língua é seu instrumento de trabalho.

3- Pratique

– Escreve sempre. Escritores profissionais não podem depender da inspiração para escrever.

4- Comece por narrativas curtas

– Amadureça a escrita, suas habilidades literárias até estabilizar um estilo próprio

5- Aprenda a ouvir críticas

– As críticas ajudam a aprimorar a escrita. Veja os pontos fortes e fracos do texto, para melhorá-lo.

6- Participe de oficinas

– Ótima maneira de aperfeiçoar a escrita e o senso crítico e interagir com outros escritores.

7- Postura profissional

– Se você não estiver preparado para tratar o seu livro como um produto, não está preparado para publicá-lo.

Para ler na íntegra o Guia de Primeiros Socorros para o Escritor Iniciante, escrito por Cris Lasaitis, acesse o blog Anatomia da Vertigem

Comentários

  1. Tornar-se profissional da escrita neste país exige paciência, determinação e perseverança.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ronaldo, é a pura verdade! Muita paciência e perseverança, diariamente. Os retornos são lentos, mas cada vitória merece ser comemorada, mesmo as mais pequenas!

      Muito obrigado pela visita e comentário.

      Abraços e volte sempre!

      Excluir

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Mais lidas da semana