Pular para o conteúdo principal

Destaques

Dias de Isolamento, Estímulos e Tédio: Vidas Importam (Coronavírus) | Ben Oliveira

Mesmo para alguém no espectro autista (lembrando que não existem dois autistas iguais e há uma ampla variedade neurológica e de personalidade), os dias de isolamento não são necessariamente confortáveis.


Gostar de ficar em casa e precisar de tempo sozinho para recarregar as energias, não significa que autistas também não gostem de ver pessoas – muitos adoram andar ao ar livre. As pessoas confundem autismo, introversão, timidez e misantropia (aversão às pessoas).

O que eu queria falar é sobre a importância de se ocupar com o que te estimula. Na correria do dia a dia, todos abrimos mão daquilo que gostamos de fazer e do que nem sabíamos que gostamos. Além de ler e jogar, nesses dias aproveitei para organizar as coisas e brincar com as tintas e colas.

Deveria estar escrevendo mais, mas confesso que estou gostando de estimular outras áreas que estavam adormecidas. Sim, tenho muitos momentos de tédio, mas não acho que colocar a vida de outras pessoas em risco possa compensá-los.

Por outro …

Dia Mundial da Fotografia: Já tirou sua foto?

Daguerreótipo. O nome é difícil e incomum, mas foi a partir desta invenção de Louis Daguerre em 1837 que surgiu a fotografia mundial. Esse instrumento de comunicação tão importante em nossas vidas, como não poderia deixar de ser, possui um dia especial: 19 de agosto.

Daguerreótipo, invenção que possibilitou o surgimento da fotografia.

A data já passou (19) mas o espírito não. O Dia Mundial da Fotografia é comemorado neste data porque em 19 de agosto de 1839 o governo francês declarou a invenção de Daguerre como de domínio público. Outro processo fotográfico, o calótipo, também foi inventado neste mesmo ano pelo inglês William Fox Talbot. Por isso 1839 é considerado o ano da invenção da fotografia.

Com o método criado por William Talbot tornou-se possível fazer várias cópias de uma mesma foto.

Uma data para recordar

Nada melhor para comemorar este dia do que tirar bastantes fotos! João Salamonde, fotógrafo especialista em casamentos, comenta o quanto a fotografia é prazerosa: “A fotografia é uma arte com mais de 170 anos e não perde a importância. A imagem emociona, passa para os seus descendentes como foi importante aquele momento para você”.

O fotógrafo Rogério Von Krüger, fotógrafo de eventos, analisa a história da fotografia no Brasil: “Recentemente, foi descoberto que um francês erradicado brasileiro, sem saber o que estava fazendo em 1833, fotografou através da câmara escura com uma chapa de vidro e usou papel sensibilizado para a impressão por contato. Por isso, o Brasil é considerado um dos pioneiros na fotografia mundial. Além disso, D. Pedro II era um fotógrafo apaixonado que investiu muito nesta área”.

E a câmera fotográfica que começou como artigo de luxo, atualmente é encontrada até mesmo nos celulares mais acessíveis. Stefano Aguiar, fotógrafo profissional, conta que nada mais impede o usuário de registrar o seu dia: “O primeiro passo do seu filho, a primeira vez que você fez um suflê que deu certo... tudo é motivo para fotografar, porque a fotografia é isso mesmo, tudo na vida” – conclui.

Que tal comemorar a invenção da fotografia, tirando muitas fotos?

*Júlia Ourique Medici / Assessora de Comunicação Digital 

Comentários