Pular para o conteúdo principal

Destaques

Para Toda a Eternidade: Livro explora rituais funerários diversos

Entre a naturalidade e o espanto, o tradicional e o moderno, o ocidental e o oriental, Caitlin Doughty transmite ao leitor histórias de suas visitas a espaços e profissionais envolvidos com o universo mortuário. Uma das obras pedidas por quem já tinha lido Confissões do Crematório, o novo livro foi publicado no Brasil pela editora DarkSide Books, em junho de 2019, com tradução de Regiane Winarski e ilustrações de Landis Blair.


Compre o livro Para Toda a Eternidade (Caitlin Doughty): https://amzn.to/2R2FwqN

“Eu passei a acreditar que os méritos de um costume relacionados à morte não são baseados em matemática [...] mas em emoções, numa crença na nobreza única da própria cultura da pessoa. Isso quer dizer que consideramos os rituais de morte selvagens apenas quando eles não são como os nossos” – Caitlin Doughty, Para Toda a Eternidade
Dá para ler tranquilamente Para Toda a Eternidade sem ter lido Confissões do Crematório, mas acredito que as duas leituras são complementares. Enquanto na p…

Desenvolvimento Sustentável será disciplina obrigatória nos cursos de Jornalismo

O jornalista especialista na área ambiental André Trigueiro foi entrevistado pelo IHU On-line e falou sobre as mudanças que ocorrerão nas grade curricular dos cursos de Jornalismo e entre elas está a inclusão de uma disciplina de Desenvolvimento Sustentável.

Segundo André Trigueiro, a disciplina de jornalismo ambiental com foco na sustentabilidade capacitará o jornalista a diagnosticar processos que aceleram a destruição do meio ambiente e sinalizar novas perspectivas. Essa alteração de grade é uma maneira do ensino acompanhar as mudanças do mundo.

Entre os assuntos que devem ser discutidos nesta disciplina e que podem ser feitas pelos meios de comunicação estão a história do ambientalismo. "A disponibilidade de água doce e terra fértil no mundo, a poluição do ar, o uso indiscriminado de agrotóxico, a transgenia irresponsável, a destruição sistemática da biodiversidade sob prejuízos enormes para os seres humanos, porque não estamos desconectados da natureza", complementa André Trigueiro.

Confira a entrevista na íntegra no Portal do Meio Ambiente

Comentários

Mais lidas da semana