Pular para o conteúdo principal

Destaques

Espectro Autista: Reflexão sobre conscientização do autismo

Vez ou outra eu recebo mensagens de pessoas pedindo ajuda sobre como trazer mais conscientização em lugares nos quais pouco se sabe sobre autismo. Nem toda cidade tem especialista em autismo, isso é um fato que todo mundo que já precisou de um, sabe como é. Minha dica é: compre/arrecade livros ATUALIZADOS sobre o assunto e/ou livros de ficção (com personagens autistas) e/ou livros escritos por autistas. Recomendo firmemente a literatura, já que a leitura trabalha a empatia e fica mais fácil dos neurotípicos entenderem como é estar 'na nossa pele', mesmo que por alguns minutos.


Não vai dar livro desatualizado, que é um desserviço. Já tem muita desinformação no Brasil. Eu poderia fazer uma lista sobre todos absurdos que leio, mas não vou.

Enfim, não dá para fugir da leitura. Infelizmente, muitos conteúdos brasileiros estão defasados, outros logo vão estar por causa das alterações do CID11 do Espectro Autista [só entra em vigor em 2022]. Tem muita coisa boa produzida pela comunid…

Aluguel de Bicicletas no Rio de Janeiro – Bike Rio

Já se imaginou pedalando pelo Rio de Janeiro? Com o aluguel de bicicletas, Bike Rio, do projeto de sustentabilidade da Prefeitura do Rio de Janeiro em parceria com o banco Itaú e o sistema de bicicletas Samba, a atividade tornou-se possível para turistas de qualquer lugar do Brasil e do mundo.

Antes de alugar a bicicleta, é necessário fazer o cadastro no site do projeto: http://www.mobilicidade.com.br/bikerio.asp, onde você escolhe se quer comprar o passe mensal por R$ 10 ou o passe diário, sem cadastro, por R$ 5, sendo o pedido feito pelo número  (21) 4063-3111 ou (21) 3005 4316.

As bicicletas são retiradas nas estações distribuídas em diferentes pontos pela cidade, como Ipanema, Pedra do Arpoador, Copacabana, Leblon, Lagoa Rodrigo de Freitas, Jardim Botânico, Botafogo, Gávea, Urca, Flamengo, Humaitá e outros.

Você pode pegar as bicicletas quantas vezes quiser por dia, no entanto as viagens gratuitas têm uma duração máxima de 60 minutos e é preciso um intervalo de pelo menos 15 minutos para poder alugar outra bike.

Para destravar as bicicletas, você pode ou ligar para o número do projeto Bike Rio ou fazer o download do aplicativo no seu celular. A desvantagem é ter que se conectar pelo 3G para desbloquear a bicicleta, já que nas estações não estão disponíveis WiFi – o que facilitaria a vida do turista muito mais.

Além das dificuldades com conexão à internet, se você não tiver sorte, como aconteceu comigo, algumas posições em que as bicicletas estão fixadas não liberam a bicicleta, isto quando ela não está com o pneu furado, problema na corrente ou até mesmo sem banco.

O Bike Rio é uma ótima opção para quem deseja pedalar e conhecer algumas regiões turísticas do Rio de Janeiro, porém como qualquer outro projeto tem suas limitações. Vale a pena pelo exercício físico, saúde, sustentabilidade e uma maneira diferente de percorrer as ruas do Rio.

O aplicativo gratuito do Bike Rio está disponível para download e uso nos celulares Android e para iPhone

Comentários

Mais lidas da semana