Pular para o conteúdo principal

Destaques

Resenha: Ed e Lorraine Warren: Vidas Eternas – Robert Curran e Jack & Janet Smurl

Entre o ceticismo e a curiosidade, as histórias de Ed e Lorraine Warren conquistaram pessoas de vários países graças às adaptações para filmes de terror inspiradas em casos investigados pelo casal de investigadores paranormais. Levando em conta o interesse dos leitores, a editora DarkSide Books publicou o livro Ed e Lorraine Warren:Vidas Eternas, escrito por Robert Curran que conta a experiência vivida por Jack e Janet Smurl. A obra foi lançada em 2019, com tradução de Eduardo Alves.


Compre o livro Vidas Eternas: https://amzn.to/2nwUw5A

Histórias como a da família Smurl, ainda que sejam questionáveis sobre o que teria realmente acontecido, quais partes foram aumentadas e/ou inventadas pela família, pelo escritor e/ou pelos próprios investigadores paranormais, deixam um gosto de nostalgia e também nos fazem pensar no sucesso de adaptações com temáticas semelhantes para o cinema.

A humanidade sempre tenta explicar o que não consegue entender. Divididos entre ficar em negação e se acostum…

Sociologia e Escrita: Dicas para Estudantes de Pós-Graduação

Um bom sociólogo é um bom escritor: Dicas, princípios, observações e conselhos não convencionais para os estudantes de pós-graduação, trabalho desenvolvido por Harry G. Levine, do Departamento de Sociologia, da Queens College e Centro de Pós-Graduação da Universidade de Nova York, traduzido para o português por Pedro Jorge Chaves Mourão.

O texto fala sobre a experiência de Harry Levine com a sociologia e a relação da área de estudo e pesquisa com a escrita. Durante um seminário para estudantes de doutorado no centro de pós-graduação da University of New York, Harry deixou algumas dicas para os estudantes.

No artigo, Harry Levine explica que para se tornar um bom escritor para um sociólogo é algo inteligente, já que a profissão utiliza a escrita como ferramenta. Segundo o autor, o sociólogo que escreve bem consegue se diferenciar dos outros profissionais da área e publicar o seus pensamentos em forma de livro.

Entre as dicas deixadas estão: escreva com clareza, escreva na voz ativa, organize bem o seu texto, dê o seu trabalho para várias pessoas lerem, a boa escrita vem da reescrita, edite o trabalho de outras pessoas, pesquise dados, encontre um modelo de formato de pesquisa e leia periodicamente.

Apesar do texto ser voltado para estudantes e profissionais de sociologia, o conhecimento compartilhado por Harry pode ser aproveitado para escritores de ficção e não ficção, jornalistas e estudantes e profissionais de outras áreas, como Filosofia, Jornalismo e Letras.

O trabalho na íntegra está disponível na página Ciência Social Ceará e foi traduzido pelo Professor de Ciências Sociais, Pedro Mourão.

Confira: Um bom sociólogo é um bom escritor

Comentários

Mais lidas da semana