Pular para o conteúdo principal

Destaques

Resenha: Você – Caroline Kepnes

Frieza e perversão. Se eu pudesse resumir Joe em duas palavras seriam essas. O livro Você (You), da autora Caroline Kepnes nos leva para uma viagem para a mente doentia de um homem capaz de tudo para obter seu prazer. A obra foi publicada no Brasil pela Editora Rocco, com tradução de Alexandre Martins, em 2018.

Compre o livro Você (Caroline Kepnes): https://amzn.to/2Cp2CnR
Um jogo de gato e rato. Joe é dono de uma livraria, onde ele mantém não só sua obsessão por livros antigos e raros, como uma jaula que pertencia ao proprietário anterior. Com um passado traumático, o personagem desliga suas emoções e se aventura à procura de sua próxima vítima, alguém em quem possa projetar seus ideais românticos, ainda que unilaterais.
“Eu subo trotando e me sento para uma sessão de Beck, que consiste em escutar Rare and Well Done, olhar fotos suas que roubei do Facebook, assistir a cena de A Escolha Perfeita sem som. Eu me perco tanto nisso que amanhece na livraria e eu deveria estar cansado por caus…

Sociologia e Escrita: Dicas para Estudantes de Pós-Graduação

Um bom sociólogo é um bom escritor: Dicas, princípios, observações e conselhos não convencionais para os estudantes de pós-graduação, trabalho desenvolvido por Harry G. Levine, do Departamento de Sociologia, da Queens College e Centro de Pós-Graduação da Universidade de Nova York, traduzido para o português por Pedro Jorge Chaves Mourão.

O texto fala sobre a experiência de Harry Levine com a sociologia e a relação da área de estudo e pesquisa com a escrita. Durante um seminário para estudantes de doutorado no centro de pós-graduação da University of New York, Harry deixou algumas dicas para os estudantes.

No artigo, Harry Levine explica que para se tornar um bom escritor para um sociólogo é algo inteligente, já que a profissão utiliza a escrita como ferramenta. Segundo o autor, o sociólogo que escreve bem consegue se diferenciar dos outros profissionais da área e publicar o seus pensamentos em forma de livro.

Entre as dicas deixadas estão: escreva com clareza, escreva na voz ativa, organize bem o seu texto, dê o seu trabalho para várias pessoas lerem, a boa escrita vem da reescrita, edite o trabalho de outras pessoas, pesquise dados, encontre um modelo de formato de pesquisa e leia periodicamente.

Apesar do texto ser voltado para estudantes e profissionais de sociologia, o conhecimento compartilhado por Harry pode ser aproveitado para escritores de ficção e não ficção, jornalistas e estudantes e profissionais de outras áreas, como Filosofia, Jornalismo e Letras.

O trabalho na íntegra está disponível na página Ciência Social Ceará e foi traduzido pelo Professor de Ciências Sociais, Pedro Mourão.

Confira: Um bom sociólogo é um bom escritor

Comentários

Mais lidas da semana