Pular para o conteúdo principal

Destaques

Criminologia, Jessica Jones e Mulher-Maravilha: Ficar do lado do agressor é sinal de perigo à sociedade – Ben Oliveira

Que dia lindo para servir Karma Coletivo para Diana, Lilith e Nêmesis ao mesmo tempo:  Resistam julgar as pessoas pela aparência. Meus 2 ex-namorados manipuladores se faziam de vítimas e todo mundo ficava ao lado deles e como eu sou porra louca, como Jessica Jones e Malévola, era injustiçado entre quatro paredes e julgado por todos ao redor. Como sou uma vaca, só há duas pessoas com a qual me importo no mundo, minhas duas chamas gêmeas, o resto é indiferente. Ainda assim... Vocês criam cada distorção cognitiva que só por Deus... É muita falta de terapia, autoconsciência, reflexão e bom senso.  Foi você que tava dentro do carro capotado? Foi você que quase morreu? Foi você que teve que recomeçar várias vezes na vida? Foi você que saiu como vilão quando a pessoa era tóxica pra cacete? Não foi. Então, boca fechada, sempre. Opinião só se dá quando é pedida. Sem falar os DELUSIONAIS que ficaram comentando: Que pena, achei que vocês iam casar. Quem quiser casar com ele, passo até o perfil KK

Dicas de Marketing para Escritores Venderem seus Livros

Como os escritores modernos podem fazer para vender os seus livros? A escritora e podcaster, Paula B. entrevistou o autor norte-americano Tee Morris e conversou sobre ideias de marketing para vender suas obras. Gravada em novembro de 2005, o podcast continua útil para quem deseja aprender mais sobre a importância do marketing para os escritores contemporâneos.

Durante os 59 minutos de entrevista, Paula B. fez perguntas interessantes e Tee Morris ofereceu algumas dicas de marketing para escritores de todos os tipos, seja de ficção ou não ficção, sobre como ele conseguiu vender mais de 100 mil livros e como os autores podem ajudar com a divulgação de suas obras.

Segundo o escritor Tee Morris, os autores modernos precisam ter noções de marketing para ajudar na promoção de seus livros, já não sendo mais possível pensar igual antigamente – quando o escritor simplesmente escrevia e outro profissional fazia todo o trabalho para estimular a venda dos livros.

Entre os pontos levantados pelo autor durante a entrevista estão:

– A importância de uma boa capa e como uma capa fraca pode matar um livro;

– A escolha de um bom título;

– Como se aproximar de livrarias para participar de eventos;

– Se as resenhas ajudam na venda de livros e como até uma resenha negativa é melhor do que nenhuma resenha;

– Como os podcasts podem ajudar a divulgar seus livros;

– Criação de site e blog.

O áudio em inglês está disponível para ouvir e download no site do The Writing Show.

Uma ótima oportunidade de aprender mais sobre escrita, marketing e, de quebra, praticar o inglês. Sou suspeito de falar sobre os podcasts da Paula B., pois adoro baixa-los no meu computador e celular e escutar no meu tempo-livre.

Comentários