Pular para o conteúdo principal

Destaques

Dia de Conscientização do Autismo: Data batida por causa do Coronavírus

Hoje foi dia de conscientização do autismo. Com tantas preocupações sobre o Coronavírus, a data acabou passando batida. Mas para quem apoia a causa, além de usar o mês inteiro para abordar o assunto, a vida se torna uma constante aula de aceitação.



Sempre disse que nunca vestiria os símbolos que não concordo, por motivos internacionais, mas como disse minha psicóloga uma vez, não posso ficar comparando a realidade de outro país com a nossa (embora seja quase impossível pra mim).

Embora muitos autistas não gostem do quebra-cabeça e do laço (me incluo entre eles), prefiro o símbolo do infinito da Neurodiversidade, cheguei a conclusão que é só um estresse a mais e não adianta explicar para as pessoas.

Tal qual a palavra autista foi ressignificada, talvez seja melhor ressignificar do que ficar dando murro na ponta da faca (acertei a expressão?).

Enfim, só para não passar batido, foto com a camiseta que minha mãe pegou para mim em um evento de autismo em Campo Grande (MS).

Quando ganhei, p…

Podcast Literário sobre Escrita Criativa

Ontem escutei a edição número 23 do LiterárioCast. Foi o primeiro podcast literário brasileiro que eu ouvi e com certeza não será o último. Para quem ficou curioso, o programa abordou a escrita criativa. O programa tem duração de aproximadamente 48 minutos.

Escrita Criativa Livros

Rafael Franças, Larissa Siriani, Mateus Lins e a escritora convidada, Carolina Estrella conversaram sobre escrita criativa, métodos na escrita, ambientação da narrativa, criação de personagens e as pontas soltas.

Entre os livros abordados no podcast estão os escritos pelos autores participantes: O Reino de Mira (Mateus Lins), As Bruxas de Oxford (Larissa Siriani) e Garota Apaixonada em Apuros, Garota Apaixonada em Férias e Garota Pop.com (Carolina Estrella).

O legal do podcast de literatura foi ouvir a opinião de cada um dos participantes, visto que a escrita de ficção permite diversas maneiras de se escrever um romance ou conto. Há os escritores que preferem planejar tudo antes para manter o foco, como há quem deixe acontecer.

Ainda no podcast, Larissa Siriani contou como foi ambientar o seu romance em Oxford e falou sobre o preconceito de alguns leitores com escritores brasileiros que escrevem narrativas que se passam em outros países.

Carolina Estrella compartilhou como é o seu processo de criação de seus romances, em que, geralmente, a protagonista está envolvida com dois garotos. Mateus Lins falou sobre a necessidade de se prestar atenção nos personagens criados, para não descrevê-lo de um jeito no começo e depois mudar suas características ao longo do livro por descuido.

O final do LiterárioCast #23 traz um debate bem legal sobre as pontas soltas: quando usar ou não e se foi proposital ou incompetência do autor.

Costumo ouvir um podcast em inglês sobre escrita e voltado para escritores, aliás o qual já recomendei aqui no blog também, na qual a apresentadora entrevista autores de vários países, em cada programa abordando um gênero ou tópico relacionado à escrita. O que eu mais gostei no LiterárioCast foi essa aproximação com a realidade do leitor brasileiro e literatura nacional. Já favoritei o site aqui e pretendo ouvir outros programas.

PS: Para quem ainda não leu a trilogia completa de Jogos Vorazes, rola um spoiler em uma parte do programa.

Ficou curioso? Você pode fazer o download do podcast literário ou escutá-lo no link a seguir: http://literariocast.com/literariocast-23-escrita-criativa/.

Comentários