Pular para o conteúdo principal

Destaques

7 de Abril: Dia do Deveria Ter Feito Outro Curso

Dia 7 de abril: Dia do Jornalista. Há anos não há nada para comemorar. Uma das profissões mais desvalorizadas no Brasil. Só não ganha da de escritor. Eu ganhei na loteria, né.


Eu tinha um professor que tentava incentivar as pessoas a buscarem outras profissões por causa desses motivos e todo mundo achava ruim. Há anos, percebo que ele estava certo.

Aquele momento que você percebe que seguiu rumo parecido com o de um dos seus professores favoritos. Parabéns, você se tornou O Grinch. 

Também conhecido como o Dia do Deveria Ter Feito Outro Curso. No meu caso, um dos cursos que queria ter feito era Medicina.

Para quem não sabe, eu era de biológicas; era para ter me formado em Nutrição, mas achei o curso pouco desafiador e tranquei. Na época, eu nem sabia do autismo (Síndrome de Asperger), se soubesse, teria entendido que precisamos de desafios ou ficamos entediados e teria seguido até o final.

Acabei caindo no Jornalismo quando morei sozinho em Florianópolis. Um dos meus hiperfocos era le…

Semana Apolo da Diversidade Cultural LGBT acontece em Campo Grande (MS)

Nos dias 05 a 08 de maio de 2014 acontece em Campo Grande (MS) o primeiro evento estadual da Rede Apolo – Rede de Homens Gays e Bissexuais de Mato Grosso do Sul, a I Semana Apolo da Diversidade Cultural LGBT, com o objetivo de dar visibilidade positiva da comunidade LGBT.

A programação da I Semana Apolo inclui  a entrega do Troféu Apolo Amigos da Causa, Exposição de Artes, Exibição de Filmes e Mesa de Sujeitos LGBT, Desfile de Moda e Sarau da Diversidade.

Na segunda-feira, 05 de maio, a partir das 19h, acontece no MARCO – Museu de Arte Contemporânea de Mato Grosso do Sul a Solenidade de Abertura e Entrega do Troféu Apolo Amigos da Causa. A Rede Apolo homenageia personalidades e autoridades dentre Executivo, Legislativo, Judiciário, Ministério Público, jornalistas, juristas, educadores, ativistas, escritores, religiosos e mídias, como forma de enaltecer suas ações e trabalhos em prol da diversidade sexual. Entre as atrações estão: Coral Sindicato dos Agentes Tributários, Maestro Denis Lopes e Performance de Dança Contemporânea, Paulo Paim. Com participação especial do Mister Brasil Diversidade 2013, Carlos Gabriel e Miss MS Transex 2013, Paulinha Martinelly, além de encerramento com a Bateria da Escola de Samba Igrejinha.

Na terça-feira, 06 de maio, às 19h, acontecerá uma exposição de artes na Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, com gravuras, peças, telas e esculturas de artistas LGBT sul-mato-grossenses. A abertura terá recital de poema por Hugo Salum e participação especial do DJ Deko.

Na quarta-feira, 07 de maio, às 19h, no MIS – Museu da Imagem e do Som serão exibidos os curtas-metragens “Isso é de Menina ou de Menino” e “Rosazul no Reino do Arco-Íris”, produzidos em Mato Grosso do Sul pela professora Doutora Tina Xavier, do Departamento de Educação da UFMS. Participação especial de Júlio Valcanaia, da OAB/MS, Comissão da Diversidade Sexual. Recital de crônica do Ben Oliveira.

O último dia do evento, quinta-feira, 08 de maio, a partir das 19h, acontece o desfile de moda e sarau da diversidade no MARCO, com produções exclusivas de criadores e estilistas LGBT apresentadas por modelos gays, lésbicas, travestis e transexuais. Apresentação da caricata Andréia Mocréia, participações especiais do Stúdio Vespa, Edson Almeia (Alameda Store), Departamento de Moda da Uniderp e DJ Deko. O encerramento musical fica por conta da Marina Dalla.

Realizado pela Rede Apolo, o evento conta com o patrocínio do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul e Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, apoio da Artgay – Articulação Brasileira de Gays, Conselho Estadual da Diversidade Sexual – CEDS/MS, Comissão da Diversidade Sexual da OAB/MS e CentrHo – Centro de Referência em Direitos Humanos de Prevenção e Combate à Homofobia de Mato Grosso do Sul.

Sobre a Rede Apolo – uma associação civil autônoma, de direito privado, sem fins lucrativos, com sede em Campo Grande, que tem como objetivos, mediante projetos e ações sociais, culturais e políticas, defender e promover os Direitos Humanos LGBT.

*Com informações Rede Apolo – Rede de Homens Gays e Bissexuais de Mato Grosso do Sul

Comentários