Pular para o conteúdo principal

Destaques

Para Toda a Eternidade: Livro explora rituais funerários diversos

Entre a naturalidade e o espanto, o tradicional e o moderno, o ocidental e o oriental, Caitlin Doughty transmite ao leitor histórias de suas visitas a espaços e profissionais envolvidos com o universo mortuário. Uma das obras pedidas por quem já tinha lido Confissões do Crematório, o novo livro foi publicado no Brasil pela editora DarkSide Books, em junho de 2019, com tradução de Regiane Winarski e ilustrações de Landis Blair.


Compre o livro Para Toda a Eternidade (Caitlin Doughty): https://amzn.to/2R2FwqN

“Eu passei a acreditar que os méritos de um costume relacionados à morte não são baseados em matemática [...] mas em emoções, numa crença na nobreza única da própria cultura da pessoa. Isso quer dizer que consideramos os rituais de morte selvagens apenas quando eles não são como os nossos” – Caitlin Doughty, Para Toda a Eternidade
Dá para ler tranquilamente Para Toda a Eternidade sem ter lido Confissões do Crematório, mas acredito que as duas leituras são complementares. Enquanto na p…

Cremilda Medina ministra conferência sobre narrativas na Universidade de Sorocaba

No dia 26 de maio, segunda-feira, a partir das 14h, o Grupo de Narrativas Midiáticas (NAMI) do Programa de Mestrado em Comunicação e Cultura da Uniso (Universidade de Sorocaba) recebe a Profa. Dra Cremilda Medina, que ministrará a conferência "Narrativas da Contemporaneidade".

Capa do livro Atravessagem, da jornalista e
pesquisadora Cremilda Medina. Foto: Divulgação.
Na oportunidade, ela lançará o livro Atravessagem: Reflexos e Reflexões na Memória de Repórter (Summus Editorial). Atravessagem mescla reflexões sobre a profissão de repórter e grandes reportagens realizadas por ela durante a carreira da jornalista, pesquisadora, professora e jornalista.

Sobre Cremilda Medina – Nascida em Portugal, Medina deixou o Porto ainda pequena com a família, que se estabeleceu em Porto Alegre (RS). Formada em jornalismo e em letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, atuou como jornalista, profissão que seguiu praticando ao chegar em São Paulo em 1971 -- onde foi editora de artes e cultura do jornal O Estado de S. Paulo (1975-1985).  Autora de 15 livros sobre comunicação e literaturas de língua portuguesa, organizou 52 coletâneas sobre diferentes temáticas.

Atualmente é professora titular da Universidade de São Paulo, onde realizou o mestrado (1975), o doutorado (1986), a livre-docência (1989) e a titularidade (1993). Na USP, é orientadora de dois cursos de pós-graduação – Ciências da Comunicação, na Escola de Comunicação e Artes, e Prolam (Programa Latino-Americano de Pós-Graduação).

Onde: Auditório do Bloco D – Universidade de Sorocaba (UNISO)
Cidade Universitária – Rodovia Raposo Tavares, km, 92,5
Sorocaba - SP

Informações: Tel.: (15) 2101-7104 (de segunda à sexta-feira, das 9h às 17h).

*Informações das Profas. Dras. Miriam Cristina Carlos Silva, Monica Martinez e Tarcyanie Cajueiro (NAMI) / Programa de Mestrado em Comunicação e Cultura da Universidade de Sorocaba – UNISO

Comentários

Mais lidas da semana