Pular para o conteúdo principal

Destaques

The Good Detective: Série coreana policial sobre antigo caso e a busca pela verdade

The Good Detective é uma série coreana policial que aborda um caso antigo, cujo julgamento levou à sentença de condenação de morte do acusado. Um detetive novato no departamento e um veterano se juntam para descobrir se aconteceram falhas nas investigações policiais. A série está disponível na Netflix . Com 16 episódios em sua primeira temporada, três personagens se destacam: o detetive que participou da investigação do caso, Kang Do Chang (Son Hyeon-ju) , o jovem detetive Oh Ji Hyuk (Seung-jo Jang) e a jornalista investigativa Jin Seo Kyung (Elliya Le) . Quando um novo caso de um suposto assassino confesso da filha do homem condenado ganha a atenção da mídia, muitas dúvidas pairam no ar sobre as motivações e os possíveis envolvidos, fazendo com que os detetives discretamente se aprofundassem nas investigações, mesmo sabendo que poderiam prejudicar as próprias carreiras. Kang é movido pela consciência pesada de ter sido parte do caso do condenado possivelmente inocente sofrer pena de

Cremilda Medina ministra conferência sobre narrativas na Universidade de Sorocaba

No dia 26 de maio, segunda-feira, a partir das 14h, o Grupo de Narrativas Midiáticas (NAMI) do Programa de Mestrado em Comunicação e Cultura da Uniso (Universidade de Sorocaba) recebe a Profa. Dra Cremilda Medina, que ministrará a conferência "Narrativas da Contemporaneidade".

Capa do livro Atravessagem, da jornalista e
pesquisadora Cremilda Medina. Foto: Divulgação.
Na oportunidade, ela lançará o livro Atravessagem: Reflexos e Reflexões na Memória de Repórter (Summus Editorial). Atravessagem mescla reflexões sobre a profissão de repórter e grandes reportagens realizadas por ela durante a carreira da jornalista, pesquisadora, professora e jornalista.

Sobre Cremilda Medina – Nascida em Portugal, Medina deixou o Porto ainda pequena com a família, que se estabeleceu em Porto Alegre (RS). Formada em jornalismo e em letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, atuou como jornalista, profissão que seguiu praticando ao chegar em São Paulo em 1971 -- onde foi editora de artes e cultura do jornal O Estado de S. Paulo (1975-1985).  Autora de 15 livros sobre comunicação e literaturas de língua portuguesa, organizou 52 coletâneas sobre diferentes temáticas.

Atualmente é professora titular da Universidade de São Paulo, onde realizou o mestrado (1975), o doutorado (1986), a livre-docência (1989) e a titularidade (1993). Na USP, é orientadora de dois cursos de pós-graduação – Ciências da Comunicação, na Escola de Comunicação e Artes, e Prolam (Programa Latino-Americano de Pós-Graduação).

Onde: Auditório do Bloco D – Universidade de Sorocaba (UNISO)
Cidade Universitária – Rodovia Raposo Tavares, km, 92,5
Sorocaba - SP

Informações: Tel.: (15) 2101-7104 (de segunda à sexta-feira, das 9h às 17h).

*Informações das Profas. Dras. Miriam Cristina Carlos Silva, Monica Martinez e Tarcyanie Cajueiro (NAMI) / Programa de Mestrado em Comunicação e Cultura da Universidade de Sorocaba – UNISO

Comentários

Mais lidas da semana