Pular para o conteúdo principal

Destaques

Scoop: Jornalistas da BBC e uma entrevista polêmica com príncipe Andrew

Quando um escândalo internacional envolvendo a Família Real estoura, uma jornalista tenta ser a primeira a conseguir uma resposta do príncipe Andrew para a BBC. Scoop é um filme de 2024 sem grandes surpresas para quem acompanhou a cobertura midiática da época, que mostra a importância do jornalismo não se silenciar quando se faz relevante. Um caso que havia sido noticiado há nove anos sobre a amizade de Andrew e Jeffrey Epstein estoura com a prisão do milionário e suicídio. Enquanto jornais de diferentes partes do mundo fizeram cobertura, o silêncio de príncipe Andrew no Reino Unido incomoda a equipe de jornalismo, que tenta persuadi-lo a dar uma entrevista. Enquanto obtém autorização para fazer a entrevista, a equipe de jornalismo mergulha nas informações que a Família Real não gostaria que fossem divulgadas sobre as jovens que faziam parte do esquema de tráfico sexual e as vezes em que príncipe Andrew estava no avião particular de Epstein. O filme foca mais na equipe de jornalismo do

Resenha: O Cidadão de Papel – Gilberto Dimenstein

O Cidadão de Papel: A infância, a adolescência e os Direitos Humanos no Brasil, do jornalista Gilberto Dimenstein foi ganhador do Prêmio Jabuti 1994, Melhor livro de Não-Ficção, publicado pela Editora Ática. O livro surgiu da iniciativa do autor para abordar em sala de aula e discutir assuntos de uma linguagem de fácil entendimento para os jovens sobre assuntos sérios.

Quando li O Cidadão de Papel eu era adolescente. Recentemente encontrei o livro na biblioteca do meu pai e decidi relê-lo. Apesar de algumas informações estarem desatualizadas, afinal, a minha edição é a de 2002, e muitas coisas mudam em 12 anos, as discussões e reflexões permanecem atuais.

Dividido em 10 capítulos, o primeiro se chama “As engrenagens do colapso social”. Gilberto Dimenstein explica que o livro surgiu na década de 90, quando ministrou uma palestra para adolescentes e percebeu a preocupação dos jovens com a violência nas grandes cidades. “Vi que a falta de informação e de reflexão poderia levá-los a uma postura perigosa: o uso de mais violência”, alerta o jornalista. Então, o autor se propôs a abordar alguns dos problemas da sociedade, como as crianças de rua, a violência e a pobreza. Por que Cidadão de Papel? Segundo Dimenstein, porque a cidadania está garantida nos papeis, mas não existe de verdade.

Embora a linguagem simplificada possa incomodar muitos especialistas da área, Gilberto Dimenstein simplificou o texto para que o público-alvo, formado por crianças e adolescentes, possam absorver melhor a informação e entender termos que estão presentes nos jornais diários, mas nem sempre são de seus conhecimentos. Dimenstein comenta que a situação da infância é um reflexo de desenvolvimento econômico, político e social do Brasil, desde a violência até o desemprego.

No capítulo 2, “Cidadania”, Dimenstein explica que os meninos de rua são um dos sintomas da crise social, surgidos por causa da pobreza e falta de educação dos pais, levando os filhos a entrarem nesse ciclo, incapazes de progredir. Apesar dos direitos da criança, o autor critica a situação do país e lembra que nem mesmo os bebês estão protegidos nas famílias desestruturadas, onde o índice de violência doméstica são maiores.

A violência é abordada no capítulo 3 do livro. Segundo o autor, muitas crianças fogem de casa pelo medo da agressão dos próprios pais, levando-as a consumirem drogas e álcool, prostituição, violentarem e serem violentados, mantendo o ciclo vicioso vivo.

O capítulo 4 fala sobre a renda. Neste caso, o meu exemplar traz várias informações desatualizadas, que na época podiam ser usadas como referencial, agora nem tanto. Porém, algumas informações e conceituações facilitam a compreensão dos jovens, como PIB (Produto Interno Bruto), a distribuição desigual de renda e o PIB per capita. Muitas vezes, como bem lembra Gilberto Dimenstein, os números impressionam, mas são só números perto da realidade da pobreza de um lado e riqueza do outro, em que uns têm além do necessário e outros não têm o suficiente para sobreviver com dignidade.

O quinto capítulo aborda a mortalidade infantil batendo novamente na tecla da ilusão dos números. O jornalista afirma que entre as estatísticas para analisar o desenvolvimento econômico e social de um país, a taxa de mortalidade infantil é importante. Apesar de muitas informações estarem defasadas, a mortalidade infantil ainda é uma realidade no país. Dimenstein aborda o contraste entre primeiro e terceiro mundo quando se trata do desenvolvimento das crianças e da mortalidade infantil.

A população é comentada no sexto capítulo do livro. Nesta parte, é comentada a importância do nível de instrução das mães sobre a necessidade de higiene e saneamento básico, as campanhas educativas e distribuição de anticoncepcionais e orientações sobre doenças sexualmente transmissíveis, a gravidez na adolescência e a taxa de fecundidade de acordo com as condições financeiras dos pais.

O desemprego é tema do capítulo 7, em que Dimenstein aborda a crise econômica no Brasil marcada pela estagflação (recessão e preços altos), o círculo vicioso da criança que sai da escola ou não estuda para trabalhar e continua ganhando pouco, os efeitos políticos sentidos no país e o efeito nas universidades, em que os estudantes viveram períodos de insegurança.

O capítulo 8 discute a urbanização no Brasil. A ida de populações rurais para as grandes cidades, surgimento das favelas e o aumento do número de moradores de rua. Já o capítulo 9 aborda a desnutrição. O jornalista descreve as consequências da desnutrição infantil no desenvolvimento físico e mental do ser humano, além de atingir também os adultos e aborda de forma breve a questão dos transgênicos (organismos geneticamente alterados) e discussões que estavam em alta na época.

Diante de todos os problemas mencionados nos outros capítulos, o meio ambiente é tão importante quanto e é destaque do capítulo 10. Gilberto Dimenstein afirma a importância do saneamento básico na prevenção de doenças, a questão da reciclagem do lixo, a poluição ambiental e o tratamento da água.

A última parte do livro, o capítulo 10, traz informações e propõe reflexões sobre a educação. É comentada a necessidade de investir na educação desde o ensino fundamental para que as pessoas saibam seus direitos e obrigações e possam ter melhor qualidade de vida, a questão da produtividade, a evasão e desigualdade social no nível de ensino, o analfabetismo e a exclusão digital.

Dimenstein conclui o livro abordando a importância de entender as engrenagens da crise social brasileira e da fragilidade da cidadania, a importância da democracia e dando exemplo de um projeto que ajuda a tirar as crianças da rua e oferece aulas de dança, escultura, informática e tem livros.

Como mencionado ao longo deste texto, algumas das informações no meu exemplar estavam desatualizadas, no entanto acredito que devem ter saído edições mais atuais de O Cidadão de Papel. Se por um lado algumas estatísticas estão antigas, por outro os debates e reflexões ainda são necessários se fazerem presentes na vida dos jovens alunos do Brasil. Para quem se interessou pelo tema do livro, acredito que alguns assuntos são mais complexos e merecem uma leitura mais aprofundada. Para o público-alvo, as informações estão fáceis de serem entendidas e Gilberto Dimenstein cumpriu com o seu papel como jornalista na tradução do conteúdo, tornando-o acessível para os adolescentes.

Cada um dos tópicos comentados no livro podem ser entendidos melhores através das recomendações de leitura e de filmes deixadas pelo próprio autor ao longo da obra. O Cidadão de Papel pode ser o pontapé para trabalhar o assunto em sala de aula, no entanto por abordar vários assuntos e cada um deles serem complexos para serem todos debatidos em um só livro, cabe aos jovens e educadores continuaram estudando. Outros pontos interessantes disponibilizados pelo autor são os roteiros de discussão ao final de cada capítulo, as fotografias e as reportagens

Sobre o autor – Gilberto Dimenstein é jornalista, idealizador do site Catraca Livre. Entre os seus livros publicados estão: A guerra dos meninos, A democracia em pedaços, O aprendiz do futuro e As aventuras da reportagem.

Comentários

  1. Penso que embora com dados desatualizados esse livro deveria ser leitura obrigatória para todos os cidadãos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Unknown!
      Gosto bastante do livro. Ainda é uma leitura recomendada. Acho que toda leitura vem a somar. Quanto aos dados, cabe aos leitores interessados em saberem mais a pesquisarem por conta própria. Muito obrigado por sua visita e pelo comentário!
      Abraço

      Excluir
  2. Achei o livro de informações muito valiosas, a verdade passa a nossa frente, e por vezes não conseguimos enxergar, as crianças a adolescentes a miseria , enfim começo a ter outro olhar na cidade. abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Fico feliz em ler seu comentário. Vejo que apesar de 'antigo' é um livro que ainda é bastante recomendado para alunos, professores e cidadãos.
      Abraços!

      Excluir
  3. Achei o livro de informações muito valiosas, a verdade passa a nossa frente, e por vezes não conseguimos enxergar, as crianças a adolescentes a miseria , enfim começo a ter outro olhar na cidade. abraço

    ResponderExcluir
  4. Acredito que a maioria das competências citadas na obra, senão todas, são muito pertinentes para estrutura social brasileira. Logo, é notório que não há de ser esquecida, ou pelo menos não poderia, principalmente com o cenário social presente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Skendel!
      Creio que toda leitura é sempre bem-vinda. Talvez os números do livro já estejam desatualizados, mas é sempre importante aprender mais sobre a cidadania consciente.
      Abraço

      Excluir
  5. Atualmente a miséria humana é formada pela cegueira social.

    ResponderExcluir
  6. Indicação de leitura: Sonhos Reinventados - Angie Ammeline. Na Amazon Kindle.

    ResponderExcluir
  7. Gostei bastante do resumo, irei garantir esse livro mesmo já tendo esses discernimentos. Obrigada!

    ResponderExcluir
  8. Descobri esse livro hoje, e achei sua resenha perfeita! Vou fazer o Enem e estou em busca de bons repertórios para usar na redação, este livro é mais do perfeito. Vou procurar ler ele. Obrigado.<3

    ResponderExcluir
  9. What a beautiful blog design! Fantastic, Beautifully written and extremely informative blog. You have to keep doing this.
    bankruptcy atty near me
    divorces in Virginia

    ResponderExcluir
  10. I really loved reading your blog. It was very well authored and easy to understand. If you are a students and you don't know "how to start a personal essay writing" then you can visit this excellent guide: how to start a personal essay writing

    ResponderExcluir
  11. "O Cidadão de Papel: A infância, a adolescência e os Direitos Humanos no Brasil" é um livro escrito pelo jornalista Gilberto Dimenstein. Publicado pela Editora Ática e vencedor do Prêmio Jabuti de 1994 na categoria de Melhor Livro de Não-Ficção, o livro aborda de forma acessível e direta assuntos sérios relacionados aos direitos humanos no contexto brasileiro.

    O autor apresenta o livro como uma iniciativa para discutir tópicos importantes em sala de aula, utilizando uma linguagem simples e compreensível para os jovens. Dimenstein percebeu a preocupação dos adolescentes com a violência nas grandes cidades e o uso potencialmente perigoso da violência como resposta. Com isso em mente, ele se propôs a abordar questões sociais como crianças de rua, violência, pobreza e a fragilidade da cidadania.

    Uma característica marcante do livro é a linguagem simplificada utilizada pelo autor. Embora alguns especialistas possam questionar essa abordagem, Dimenstein optou por facilitar a compreensão das informações pelos jovens leitores, permitindo que absorvam melhor o conteúdo e compreendam termos frequentemente encontrados nos jornais, mas que podem não ser familiares para eles. Ele destaca que a situação da infância no Brasil reflete o desenvolvimento econômico, político e social do país, desde a violência até o desemprego.

    O livro é dividido em dez capítulos que exploram diferentes aspectos da realidade brasileira. Dimenstein discute temas como cidadania, violência, renda, mortalidade infantil, população, desemprego, urbanização, desnutrição, meio ambiente e educação. Cada capítulo oferece insights valiosos sobre essas questões, abordando suas causas e consequências, e convida os leitores a refletirem sobre elas.

    Embora algumas informações possam estar desatualizadas, como é comum em livros de não-ficção ao longo do tempo, as discussões e reflexões apresentadas em "O Cidadão de Papel" ainda são relevantes e atuais. O livro serve como uma introdução importante para os jovens leitores brasileiros, oferecendo uma visão abrangente dos desafios sociais do país e incentivando a busca por soluções e mudanças positivas.

    No geral, "O Cidadão de Papel" é um livro que cumpre seu propósito ao trazer para o público jovem assuntos complexos de forma acessível. Ao proporcionar uma compreensão mais clara dos direitos humanos e das questões sociais enfrentadas no Brasil, o livro estimula a reflexão e o engajamento dos leitores, contribuindo para uma sociedade mais consciente e atuante.

    ResponderExcluir
  12. Impressive work! Your thoughtful analysis shines through, making this topic easily understandable for anyone. Thank you for taking the time to craft such an enlightening piece. I'm looking forward to exploring more of your content. Keep up the great job
    Abogado de Crímenes Sexuales en Nueva Jersey

    ResponderExcluir
  13. The article on 'Visualizing Reading Strategy Lesson Ideas and Activities' is a valuable resource for educators promoting reading comprehension. It offers diverse strategies and activities, effectively conveying the importance of visualization in enhancing reading skills and fostering literature love. It serves as a comprehensive guide for teachers.Notice of Appearance Divorce New York

    ResponderExcluir
  14. Nice blog! This blog has lot of information. Keep share more post like this. Sex Crime Lawyer Northern Virginia

    ResponderExcluir
  15. Good blog! This blog contains a wealth of knowledge. Continue to spread such posts.criminal defense attorney prince william county

    ResponderExcluir
  16. A big thank you for consistently curating stellar content on your blog. Your commitment to presenting valuable insights and compelling material is genuinely valued. Your blog has become a trusted repository of information and inspiration. Keep up the outstanding work!Driving Suspended License Misdemeanor New Jersey and Middlesex County Reckless Driving Attorney

    ResponderExcluir
  17. I appreciate the depth of research that went into this. Thanks for sharing valuable information with us. bankruptcy lawyers around me

    ResponderExcluir
  18. In "Daily Dose of Sunshine," mental disorders are explored in a sensitive and engaging way in a Korean Netflix drama. The series addresses issues such as depression and anxiety with depth and empathy, offering a unique perspective on the challenges faced by those living with these conditions. With captivating performances and a moving narrative, "Daily Dose of Sunshine" highlights the importance of mental health and compassion in each individual's journey. Get ready for an inspiring experience that promotes dialogue and awareness about mental health issues.
    breach of contract dispute

    ResponderExcluir
  19. TP Link extender setup enhances your WiFi's reach, ensuring seamless connectivity throughout your space. For detailed guidance, visit our website or engage with our technical experts via live chat for personalized assistance. Simplify your network expansion with our support.




    ResponderExcluir
  20. Struggling with your Linksys extender login? Simplify the process and enhance your network's reach effectively. Ensure you're entering the correct details and have a stable connection. For any hurdles, visit our site or engage with our technical experts via live chat for personalized assistance.




    ResponderExcluir
  21. Blink camera login for pc seamlessly with the Blink camera login. This process simplifies monitoring your home security from the comfort of your computer. Should you encounter any difficulties or have questions, our dedicated website offers comprehensive guides and FAQs. For immediate support, our technical experts are readily available through live chat to assist you.

    ResponderExcluir
  22. "‘O Cidadão de Papel’ de Gilberto Dimenstein é uma obra essencial que provoca uma profunda reflexão sobre a fragilidade dos direitos fundamentais e a realidade da cidadania no Brasil. Com uma escrita envolvente e uma pesquisa meticulosa, Dimenstein nos leva a uma jornada através das camadas sociais, revelando as injustiças e desigualdades que permeiam nossa sociedade. Este livro não apenas educa, mas também inspira à ação, incentivando-nos a nos tornarmos agentes de mudança em prol de uma sociedade mais justa e inclusiva. Uma leitura obrigatória para todos os que buscam entender e transformar a realidade em que vivemos."

    New York Divorce Lawyer Fees

    ResponderExcluir
  23. On Grief" is a moving and powerful book that offers a compassionate approach to dealing with loss. Written by Shelby Forsythia, known for her work as a grief coach, the book offers a unique perspective on the grieving process and provides guidance practices to face the pain of loss. estate plan lawyer

    ResponderExcluir

  24. "O Cidadão de Papel", de Gilberto Dimenstein, é uma obra que expõe as fragilidades do sistema brasileiro, especialmente em relação aos direitos humanos e à cidadania. Dimenstein mergulha nas histórias de indivíduos marginalizados, revelando a falência das instituições em proteger os mais vulneráveis. Sua escrita incisiva e envolvente faz deste livro uma leitura essencial para quem busca compreender os desafios sociais do Brasil contemporâneo.
    personal injury attorney virginia




    ResponderExcluir
  25. Adultscare features an exquisite selection of sexy lingerie designed to enhance allure and confidence. Their discreet service ensures privacy, offering a seamless shopping experience with high-quality, stylish pieces that cater to diverse tastes and elevate intimate moments.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Mais lidas da semana