Pular para o conteúdo principal

Destaques

Sobre rabiscos e telas brancas

A tela branca pode ser um convite à explosão criativa ou uma tortura ao artista que sente seu espírito definhando diante da pesada realidade. Em tempos de crise e ódio, a arte fica esquecida e é vista como desimportante; ironicamente, é quando mais precisamos dela, de algo que nos faça sentir vivo e toque as partes atordoadas.


O som dos dedos se movendo pelo teclado era como fantasmas de uma vida distante. É incrível perceber quantas vezes nós deixamos algumas partes nossas morrerem ao longo de nossas existências; as máscaras, antes tão confortáveis, agora incomodam e não nos servem mais. Leva tempo até ficarmos satisfeitos e ajustados à nova realidade. Viver é admitir que sabemos pouco sobre nós mesmos e há sempre algo novo que pode nos transformar, seja para o bem ou para o mal.

O artista encara a tinta respingando pela tela. Para o espectador sem intimidade, nada faz sentido, a desconexão de ideias é tormentosa; para ele, o lembrete de que sua arte nunca o abandonaria. Como poderia…

7 Coisas que Aprendi sobre o Ofício de Escritor no blog do Escriba Encapuzado

Depois de ler e resenhar o Ebook 7 Coisas que Aprendi, organizado pelos escritores T. K. Pereira e Alexandre Lobão, com dicas e depoimentos de 58 escritores sobre seus ofícios, fui convidado pelo T. K. (Escriba Encapuzado) a deixar a minha contribuição e compartilhar um pouco do que aprendi e estou aprendendo como escritor. Fiquei muito feliz com a oportunidade, pois gostei do projeto e acredito que uma das melhores formas de aprender é ajudando os outros.


Como cada pequena vitória na vida do escritor precisa ser comemorada, não podia deixar de compartilhar com vocês esta novidade! No dia-a-dia enfrentamos uma série de desafios: começar a escrever, bloqueio criativo, muita leitura, confesso, às vezes preciso me controlar para não passar dos limites e deixar minha mente fatigada.

Cada um dos autores que tenho conhecido, seja para trocar informações sobre escrita, resenhar seus livros ou entrevistar, tem me auxiliado a manter os pensamentos positivos e lidar com as adversidades do universo literário. É muito bem construir esses relacionamentos, compartilhar as coisas boas e desabafar sobre as ruins. No final, sente-se mais leve e mais preparado para continuar seguindo em frente, pois embora os primeiros passos foram dados, a jornada do escritor é longa!

Confira um trecho do que aprendi e ainda estou aprendendo na jornada do escritor:

"A vida de escritor apresenta aprendizado constante. Todos os dias é aquela batalha contra si mesmo para começar a escrever. Paciência, disciplina, muita leitura, escrita, revisão. Desde que entrei nesta jornada, não parei de aprender".

Para quem ficou interessado em conferir minhas respostas, acesse o blog Escriba Encapuzado e leia a resposta na íntegra: http://www.escribaencapuzado.com.br/2014/08/7-coisas-ben-oliveira/

Sobre o 7 Coisas que Aprendi – O livro online grátis com 194 páginas e informações interessantes sobre o universo da escrita, ajudando autores iniciantes a aprenderem mais sobre o ofício de escritor. Não deixe de ler a resenha sobre o Sete Coisas que Aprendi!

Para fazer o download do ebook, acesse: http://www.escribaencapuzado.com.br/ebook-7-coisas-que-aprendi/

Em breve, tenho mais novidades para contar para vocês! ;-)

Comentários

Mais lidas da semana