Pular para o conteúdo principal

Destaques

Revolutionary Love: Série coreana de drama explora o abismo que divide as classes sociais

Embora muitos dramas coreanos pequem na representatividade de diversidade racial e deem pouquíssimo espaço para estrangeiros e imigrantes, a série Revolutionary Love (2017) da tvN e no Brasil disponível temporariamente pela Netflix , acaba indo além dos elementos de comédia e romance, mostrando o drama das diferenças de classes sociais , os preconceitos e a possibilidade de imersão nesse mundo desconhecido pelo filho do dono de um dos maiores conglomerados de empresas da Coreia do Sul . A ingenuidade e a ignorância da realidade das classes trabalhadoras tornam o protagonista um tanto embaraçoso, lembrando de forma vaga a jornada de Buda quando conheceu a realidade fora do palácio e foi confrontado com a fome, a doença, a pobreza e a morte. Longe de ser uma série com alguma alegoria espiritual, mas do ponto de vista do comportamento é interessante acompanhar como Byun Hyuk (Choi Si-won) se torna mais empático e humanizado quando seu caminho cruza com o de Baek Joon (Kang So-ra) . E

11º Prêmio Barco a Vapor recebe originais de Literatura Infantil e Juvenil até 31 de Janeiro de 2015

Você escreve narrativas de Literatura Infantil e Literatura Juvenil? Esta pode ser a sua oportunidade de ver o seu original publicado pela 11ª edição do Prêmio Barco a Vapor e premiado com R$ 40.000,00 (quarenta mil reais) como adiantamento de direitos autorais. As inscrições estão abertas até o dia 31 de Janeiro de 2015.
Prêmio Barco a Vapor de Literatura Infantil e Juvenil
Reprodução da página principal do site do 11º Prêmio Barco a Vapor de Literatura Infantil e Juvenil.

Poderão participar obras de ficção nos gêneros romance, novela e narrativa breve. A premiação é voltada para autores maiores de 18 anos que devem usar um pseudônimo para não serem identificados e podem inscrever no máximo dois originais.

Não é preciso enviar ilustrações junto com o original. O cadastro dos escritores deve ser feito no site do prêmio. Os originais devem se enquadrar em uma das séries da coleção Barca a Vapor:


  • Série Branca: leitor iniciante, a partir de 6 (seis) anos. Entre 11 (onze) mil e 21 (vinte e um) mil caracteres.
  • Série Azul: leitor em processo, a partir de 8 (oito) anos. Entre 22 (vinte e dois) mil e 63 (sessenta e três) mil caracteres.
  • Série Laranja: leitor fluente, a partir de 10 (dez) anos. Entre 63 (sessenta e três) mil e 126 (cento e vinte e seis) mil caracteres.
  • Série Vermelha: leitor crítico, a partir de 12 (doze) anos. Entre 98 (noventa e oito) mil e 210 (duzentos e dez) mil caracteres.


Sobre o Prêmio – Com a iniciativa de revelar novos autores, estimular a criação literária e publicar textos inéditos e de qualidade, o prêmio de Literatura surgiu na Espanha, em 1978. No Brasil, o Prêmio Barco a Vapor acontece desde 2005 e já publicou 10 livros de Literatura Infantil e Juvenil.

Conhecido como Premio El Barco de Vapor e promovido pela Fundação SM, a premiação acontece em nove países: Brasil, Chile, México, Argentina, Porto Rico, República Dominicana, Colômbia, Peru e Espanha.

Para conferir o regulamento na íntegra, o histórico do prêmio e as obras premiadas e publicadas no Brasil, as perguntas frequentes e fazer o cadastro, acesse o site oficial: Prêmio Barco a Vapor – 2015

Comentários

Mais lidas da semana