Pular para o conteúdo principal

Destaques

Para Toda a Eternidade: Livro explora rituais funerários diversos

Entre a naturalidade e o espanto, o tradicional e o moderno, o ocidental e o oriental, Caitlin Doughty transmite ao leitor histórias de suas visitas a espaços e profissionais envolvidos com o universo mortuário. Uma das obras pedidas por quem já tinha lido Confissões do Crematório, o novo livro foi publicado no Brasil pela editora DarkSide Books, em junho de 2019, com tradução de Regiane Winarski e ilustrações de Landis Blair.


Compre o livro Para Toda a Eternidade (Caitlin Doughty): https://amzn.to/2R2FwqN

“Eu passei a acreditar que os méritos de um costume relacionados à morte não são baseados em matemática [...] mas em emoções, numa crença na nobreza única da própria cultura da pessoa. Isso quer dizer que consideramos os rituais de morte selvagens apenas quando eles não são como os nossos” – Caitlin Doughty, Para Toda a Eternidade
Dá para ler tranquilamente Para Toda a Eternidade sem ter lido Confissões do Crematório, mas acredito que as duas leituras são complementares. Enquanto na p…

11º Prêmio Barco a Vapor recebe originais de Literatura Infantil e Juvenil até 31 de Janeiro de 2015

Você escreve narrativas de Literatura Infantil e Literatura Juvenil? Esta pode ser a sua oportunidade de ver o seu original publicado pela 11ª edição do Prêmio Barco a Vapor e premiado com R$ 40.000,00 (quarenta mil reais) como adiantamento de direitos autorais. As inscrições estão abertas até o dia 31 de Janeiro de 2015.
Prêmio Barco a Vapor de Literatura Infantil e Juvenil
Reprodução da página principal do site do 11º Prêmio Barco a Vapor de Literatura Infantil e Juvenil.

Poderão participar obras de ficção nos gêneros romance, novela e narrativa breve. A premiação é voltada para autores maiores de 18 anos que devem usar um pseudônimo para não serem identificados e podem inscrever no máximo dois originais.

Não é preciso enviar ilustrações junto com o original. O cadastro dos escritores deve ser feito no site do prêmio. Os originais devem se enquadrar em uma das séries da coleção Barca a Vapor:


  • Série Branca: leitor iniciante, a partir de 6 (seis) anos. Entre 11 (onze) mil e 21 (vinte e um) mil caracteres.
  • Série Azul: leitor em processo, a partir de 8 (oito) anos. Entre 22 (vinte e dois) mil e 63 (sessenta e três) mil caracteres.
  • Série Laranja: leitor fluente, a partir de 10 (dez) anos. Entre 63 (sessenta e três) mil e 126 (cento e vinte e seis) mil caracteres.
  • Série Vermelha: leitor crítico, a partir de 12 (doze) anos. Entre 98 (noventa e oito) mil e 210 (duzentos e dez) mil caracteres.


Sobre o Prêmio – Com a iniciativa de revelar novos autores, estimular a criação literária e publicar textos inéditos e de qualidade, o prêmio de Literatura surgiu na Espanha, em 1978. No Brasil, o Prêmio Barco a Vapor acontece desde 2005 e já publicou 10 livros de Literatura Infantil e Juvenil.

Conhecido como Premio El Barco de Vapor e promovido pela Fundação SM, a premiação acontece em nove países: Brasil, Chile, México, Argentina, Porto Rico, República Dominicana, Colômbia, Peru e Espanha.

Para conferir o regulamento na íntegra, o histórico do prêmio e as obras premiadas e publicadas no Brasil, as perguntas frequentes e fazer o cadastro, acesse o site oficial: Prêmio Barco a Vapor – 2015

Comentários

Mais lidas da semana