Pular para o conteúdo principal

Destaques

Dias de Isolamento, Estímulos e Tédio: Vidas Importam (Coronavírus) | Ben Oliveira

Mesmo para alguém no espectro autista (lembrando que não existem dois autistas iguais e há uma ampla variedade neurológica e de personalidade), os dias de isolamento não são necessariamente confortáveis.


Gostar de ficar em casa e precisar de tempo sozinho para recarregar as energias, não significa que autistas também não gostem de ver pessoas – muitos adoram andar ao ar livre. As pessoas confundem autismo, introversão, timidez e misantropia (aversão às pessoas).

O que eu queria falar é sobre a importância de se ocupar com o que te estimula. Na correria do dia a dia, todos abrimos mão daquilo que gostamos de fazer e do que nem sabíamos que gostamos. Além de ler e jogar, nesses dias aproveitei para organizar as coisas e brincar com as tintas e colas.

Deveria estar escrevendo mais, mas confesso que estou gostando de estimular outras áreas que estavam adormecidas. Sim, tenho muitos momentos de tédio, mas não acho que colocar a vida de outras pessoas em risco possa compensá-los.

Por outro …

Dicionário Online de Termos Literários

Quem é que nunca estava lendo um texto teórico sobre Teoria da Literatura, teve interesse em aprender mais sobre as correntes teóricas, encontrou termos sem saber exatamente suas definições e/ou precisou da ajuda de um dicionário com termos literários, seja para conhecimento próprio ou para argumentar melhor em seus artigos acadêmicos? O E-Dicionário de Termos Literários, desenvolvido pelo Carlos Ceia, pode quebrar o galho, para quem não tem, por exemplo, o Dicionário de Termos Literários, do Massaud Moisés.


O bacana do EDTL é a possibilidade de poder consultar nele e poder citar em suas referências bibliográficas. O próprio site traz indicação de como o acadêmico pode criar a referência, além de trazer quais foram as fontes consultadas para criar a definição de cada termo, possibilitando ao leitor aprofundar seus conhecimentos.

Segundo informações do site, o projeto foi criado há mais de dez anos e traz mais de 1500 entradas de termos técnicos da literatura:


“[...] pretende recolher o maior número possível de termos técnicos em uso nas teorias da literatura, na crítica literária, nos textos acadêmicos, nas bibliografias específicas dos estudos literários e culturais”.

Com a colaboração de 180 pessoas (professores universitários de Portugal e do Brasil), sob a coordenação do professor Carlos Ceia que ministra disciplinas de Literatura Inglesa em uma universidade em Lisboa, Portugal, o projeto tem ajudado estudantes de países lusófonos (que falam a língua portuguesa) de diversos lugares.

"Todos os termos aqui apresentados fazem parte da metalinguagem dos profissionais da literatura (críticos jornalísticos, escritores, professores, investigadores) e são do conhecimento comum, com poucas excepções. Contudo, não existia em Portugal uma obra que fizesse a história individual de cada um dos termos nucleares que esses profissionais usam (e abusam)"Carlos Ceia.

De acordo com Carlos Ceia, dificilmente um dicionário, principalmente de termos literários, será completo, pois exige uma constante reescrita e esta é uma das vantagens do EDTL estar disponibilizado na Internet.

Dica de dicionário para quem tem interesse em crítica literária, estudos literários, teoria literária, estudos culturais, literatura comparada e demais disciplinas relacionadas à Literatura, como um campo de estudo, pesquisa e atuação.

Acesse o E-Dicionário de Termos Literários: http://edtl.fcsh.unl.pt/

Gostou da dica? Compartilhe! 

Comentários