Pular para o conteúdo principal

Destaques

Dia do Orgulho Autista: Amor próprio e autoaceitação das diferenças

Hoje, 18 de junho, é Dia do Orgulho Autista. Muitos colegas no Brasil e em vários países estão lutando por uma sociedade menos preconceituosa.


Orgulho duplo para alguns
Existem muitas pessoas no espectro autista que são LGBTQ. Comemoramos de forma dupla em junho. O símbolo da Neurodiversidade também é colorido. 🌈

No dia 18 de Junho, é comemorado o Dia do Orgulho Autista (Autistic Pride Day). A data foi criada pelo grupo Aspies for Freedom, celebrada pela primeira vez em 2005. De lá pra cá, muitas coisas mudaram: temos muito mais informações sobre autismo do que tínhamos, porém, o preconceito ainda é um problema.

14 anos após a primeira edição do Dia do Orgulho Autista: alguns problemas permanecem e provavelmente sempre permanecerão. Muitas pessoas não entendem a importância da data para autistas, pois presumem que temos vergonha de quem somos e se esquecem de que somos todos diferentes (Neurodiversidade).

A data é importante, pois as taxas de suicídio entre autistas é altíssima, muita…

Vídeo: Lisa Bu e Como Os Livros Podem Abrir Sua Mente (TED)

Em 2013, a chinesa Lisa Bu participou do TED Talks e falou sobre Como Os Livros Podem Abrir Sua Mente (How Books Can Open Your Mind). Desde um sonho de infância que não realizou até a possibilidade de conhecer outros pontos de vista, histórias e conhecimentos, Lisa Bu encontrou na leitura uma forma de buscar confiança e ser feliz.


O vídeo é bem curto, com apenas 6 minutos, mas traz informações interessantes sobre como ela utiliza a leitura para construir mais conhecimentos por meio da comparação entre obras e como os livros supriram a falta de alguém para ensiná-la sobre as coisas.

"Os livros me deram um portal mágico para me conectar com outras pessoas do passado e do presente. Eu sei que  não devo me sentir mais sozinha ou impotente. Ter um sonho despedaçado não é nada comparado com o que os outros sofreram..."Lisa Bu

Entre os pontos interessantes levantados por Lisa Bu estão como a questão nacionalista pode atrapalhar esta multiplicidade de leituras, seja pelas perdas durante as traduções, pelas proibições de determinados livros (como acontece na China) e pelas questões culturais.

Para quem já gosta de livros, Lisa Bu reforça sua importância. Para quem não está habituado a ler, é mais um convite para mergulhar no mundo da leitura e expandir seus horizontes!

Assista ao vídeo: Como Os Livros Podem Abrir Sua Mente (How Books Can Open Your Mind)



O que acharam do vídeo? Se gostou, compartilhe o post!

Comentários

Mais lidas da semana