Pular para o conteúdo principal

Destaques

Dias de Isolamento, Estímulos e Tédio: Vidas Importam (Coronavírus) | Ben Oliveira

Mesmo para alguém no espectro autista (lembrando que não existem dois autistas iguais e há uma ampla variedade neurológica e de personalidade), os dias de isolamento não são necessariamente confortáveis.


Gostar de ficar em casa e precisar de tempo sozinho para recarregar as energias, não significa que autistas também não gostem de ver pessoas – muitos adoram andar ao ar livre. As pessoas confundem autismo, introversão, timidez e misantropia (aversão às pessoas).

O que eu queria falar é sobre a importância de se ocupar com o que te estimula. Na correria do dia a dia, todos abrimos mão daquilo que gostamos de fazer e do que nem sabíamos que gostamos. Além de ler e jogar, nesses dias aproveitei para organizar as coisas e brincar com as tintas e colas.

Deveria estar escrevendo mais, mas confesso que estou gostando de estimular outras áreas que estavam adormecidas. Sim, tenho muitos momentos de tédio, mas não acho que colocar a vida de outras pessoas em risco possa compensá-los.

Por outro …

Amazon: Conto Pesadelos no Hotel disponível para Kindle

O Conto Pesadelos no Hotel acaba de ser publicado na Amazon. Escrito em 2013, por mim (Ben Oliveira), o texto foi publicado originalmente em uma antologia de contos de terror e fantasia e agora já pode ser lido no Kindle (leitor de eBook). A capa do eBook foi feita pelo publicitário e designer Israel Ricci que captou bem a essência da narrativa.


Sinopse: O conto Pesadelos no Hotel conta a história de três jovens que encontram um hotel bizarro para se hospedar, onde coisas estranhas começam a acontecer.

— Olha estas bonecas, que bizarras! — Rafael mostrou para Mariana um quadro com três bonecas. Diferentemente dos brinquedos infantis com aparência dócil, aqueles tinham uma expressão de tortura e sofrimento.
Link para comprar o conto Pesadelos no Hotel na Amazon: http://www.amazon.com.br/gp/product/B017QFWCJI




"Só a capa já me ganhou! Eu comecei a ler o conto como quem não quer nada e lá estava eu dentro do hotel sendo assombrada. Você tem o dom, amigo. Minha atenção estava completamente focada na história, como se eu tivesse sido transportada a outra realidade. E o desfecho? Surpreendente!" – Michele Barbosa, blogueira

Adicione o conto no Skoob: http://www.skoob.com.br/livro/536365ED545447

Continue acompanhando o blog. Em breve mais novidades! ;-) 

Comentários

  1. Só a capa já me ganhou! Eu comecei a ler o conto como quem não quer nada e lá estava eu dentro do hotel sendo assombrada. Você tem o dom, amigo. Minha atenção estava completamente focada na história, como se eu tivesse sido transportada a outra realidade. E o desfecho? Surpreendente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, Michele! Amo seus comentários. Eles fazem o meu dia melhor. E eu nunca poderia agradecer o suficiente por esse feedback lindo!
      Grato!

      Excluir

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!