sexta-feira, 18 de março de 2016

Exposição de Livros Raros aconteceu em Blumenau (SC)

Na tarde desta quinta-feira, 17 de março, fui visitar a exposição de livros raros que estava acontecendo em uma das salas do Museu da Família Colonial, em Blumenau (SC), parte da programação da 1ª Semana da Poesia, evento promovido pela Editora Cultura em Movimento com apoio da Fundação Cultural de Blumenau. A programação do evento cultural começou no dia 14 de março e se encerrou no dia 17 de março.

Exposição Livros Raros Blumenau Santa Catarina

As obras literárias foram escritas e publicadas entre os anos de 1838 e 1939, em diferentes idiomas e editoras de países diferentes. Para manusear os livros antigos, os visitantes precisavam usar as luvas de silicone. Para quem ficou curioso, decidi compartilhar os títulos dos livros de literatura.

Confira a lista dos livros raros de literatura que estavam expostos:

Obra: Poemas
Autor: Jorge de Lima
Ano: 1939
Idioma: Espanhol
País: Brasil

Obra: As Núpcias de Ouro
Autor: Almeida Ribeiro
Ano: 1906
Idioma: Português
País: Portugal

Obra: Poesias
Autor: Gonçalves Dias
Ano: 1877
Idioma: Português
País: Brasil

Obra: Histoire d'un Crime
Autor: Victor Hugo
Ano: 1878
Idioma: Francês
País: França

Obra: Lourdes
Autor: Emilio Zola
Ano: 1894
Idioma: Português
País: Brasil

Obra: Leonor de Avila
Autor: Affonso de Taunay
Ano: 1926
Idioma: Português
País: Brasil

Obra: Memórias
Autor: Silvio Pellico
Ano: 1838
Idioma: Francês
País: Bélgica

Obra: Peças Completas
Autor: Friedrich Schiller
Ano: 1904
Idioma: Alemão
País: Alemanha 

Obra: Dichterstimmen
Autores: Vários
Ano: 1866
Idioma: Alemão
País: Alemanha

Veja mais fotos da Exposição de Livros Raros em Blumenau:

Exposição Livros Raros Blumenau Santa Catarina Foto Ben Oliveira

Livro Raro Exposição Blumenau Santa Catarina Museu

Livro Raro Exposição Blumenau Santa Catarina Museu Família Colonial

Livro Raro Exposto Blumenau Santa Catarina

Sobre o Museu da Família Colonial – é constituído por um complexo de três casas tombadas pelo Patrimônio Histórico do Estado de Santa Catarina. Criado em 1967, é responsável por guardar e preservar a cultura material de diversas famílias blumenauenses. 

Uma das casas foi a residência do comerciante e cônsul da Alemanha em Blumenau, Victor Gaertner, em 1864. Já a segunda, de 1920, era residência de Reinoldo Gaertner, sobrinho-neto do fundador da Colônia. A terceira e mais antiga residência existente na região do Vale do Itajaí, foi moradia do imigrante alemão Hermann Wendeburg, secretário e guarda-livros de Dr. Blumenau.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentários Recentes

Me acompanhe no Instagram