Pular para o conteúdo principal

Destaques

Para Toda a Eternidade: Livro explora rituais funerários diversos

Entre a naturalidade e o espanto, o tradicional e o moderno, o ocidental e o oriental, Caitlin Doughty transmite ao leitor histórias de suas visitas a espaços e profissionais envolvidos com o universo mortuário. Uma das obras pedidas por quem já tinha lido Confissões do Crematório, o novo livro foi publicado no Brasil pela editora DarkSide Books, em junho de 2019, com tradução de Regiane Winarski e ilustrações de Landis Blair.


Compre o livro Para Toda a Eternidade (Caitlin Doughty): https://amzn.to/2R2FwqN

“Eu passei a acreditar que os méritos de um costume relacionados à morte não são baseados em matemática [...] mas em emoções, numa crença na nobreza única da própria cultura da pessoa. Isso quer dizer que consideramos os rituais de morte selvagens apenas quando eles não são como os nossos” – Caitlin Doughty, Para Toda a Eternidade
Dá para ler tranquilamente Para Toda a Eternidade sem ter lido Confissões do Crematório, mas acredito que as duas leituras são complementares. Enquanto na p…

Tokyo Terror: Editora de horror e fantasia aposta em literatura japonesa

O mangá Fragments of Horror, do artista e especialista em histórias de terror Junji Ito, é a primeira aposta da editora DarkSide Books para o seu novo selo, Tokyo Terror, que será inaugurado em 2017. Segundo informações da editora brasileira voltada para a publicação de livros de terror e fantasia, o selo editorial não vai publicar só mangás, mas também outras obras da literatura japonesa que se encaixam na proposta da caveirinha. A novidade foi anunciada na Dark Magazine, uma publicação da editora produzida pela equipe com o apoio de parceiros – em breve devo receber e compartilhar mais informações por aqui!


A Caveira e o Mangá: Nascidos das sombras


Algo milenar se ergueu nas sombras do teatro japonês, caminhou por entre feudos e plantações de arroz e ganhou espaço no rolos de tecidos e papéis. Histórias sequenciadas ganharam voz e, como em um balé perfeito entre imagens e palavras, algo grandioso começou a ganhar vida.

Os primeiros filhotes dessa união ganharam o mundo na década de 20 e reconhecimento próximo à década de 40, mas o silêncio se instaurou – a Guerra Fria estancou seu crescimento. Deste momento em diante, a criança seguiu seu destino. Naquele sombrio e estranho momento de guerra, entre ruínas e poeira, os desenhos continuaram a florescer, ganharam olhos grandes e expressivos para se comunicarem com o mundo de uma forma única. O traço marcante de Osamu Tezuka ajudou a dar um estilo nunca antes visto.

Crescemos entre godzillas, tokusatsus e animes, entre guerras atômicas e avanços tecnológico diários – e o mangá cresceu, amadureceu e ganhou o coração dos jovens que erguem e transformam o novo mundo. Entre personagens mágicos e assustadores, nos tornamos adultos repletos de sonhos.

Nasce aqui o novo selo da primeira editora do Brasil inteiramente dedicada ao terror e à fantasia. TOKYO TERROR® é a linha editorial da DarkSide® Books que promete tocar o terror no mundo do mangá e trazer o que há de mais tenebroso na literatura do sol nascente. E este é só o começo - afinal de contas, dentro de nós é sempre meia-noite.


Sobre Fragmentos de Horror (Fragments of Horror)


Uma coleção de contos deliciosamente macabros de um mestre mangá do horror. Uma velha mansão mal-assombrada de madeira. Uma aula de dissecação com um assunto incomum. Um funeral onde os mortos não são colocados definitivamente para descansar. Desde o terrível até a comédia, do erótico ao repugnante, essas histórias mostram a tão esperada volta de Junji Ito para o mundo do horror.

Sobre o autor 


Junji Ito estreou como um artista de mangá de horror em 1987 com sua primeira história na sua bem-sucedida série Tomie. Uzumaki, desenhada entre 1998 e 1999, foi adaptada em um filme live-action, que foi lançado na América pela Viz Films e Tidepoint Pictures. Suas influências incluem os artistas de mangá clássico Kazuo Umezu e Hideshi Hino, como os autores Yasutaka Tsutsui e H. P. Lovecraft.



Ficou animado com a novidade da DarkSide Books? Comente!

Comentários

Mais lidas da semana