Pular para o conteúdo principal

Destaques

Coronavírus e Saúde Pública: O momento não pede negação nem omissão | Ben Oliveira

Me tirar do sério não é fácil. Tenho mais de 8 anos de prática de yoga e uma paciência quase infinita. Mas quando se trata do que tem acontecido nos últimos tempos, impossível seria me silenciar.


Para começar: muitas pessoas religiosas e espiritualizadas acham erradamente que cultivar a não-violência é se silenciar diante do caos que esse DesPresidente tem causado. Não poderiam estar mais errados, afinal, ser omisso à violência é uma forma de aumentá-la.

O momento não pede negação nem omissão. Os brasileiros elegeram um homem sem empatia, que sempre se demonstrou ser frio, manipulador e ignorante.

Sim, ele é um reflexo de muitos que não tiveram acesso à educação ou desprezam a intelectualidade, mas é também alguém que não está colocando só a própria vida em perigo, mas de milhares de brasileiros ao ignorar as recomendações de saúde, protocolos de pesquisas com medicamentos e conhecimentos BÁSICOS de saúde: qualquer pessoa que tenha um conhecimento raso de biologia, química e estatísti…

Reflexão: Verdades internalizadas e espelhos borrados


"Cuidado com as verdades que você internaliza. As palavras rebateram dentro dele. O olhar do outro traz julgamentos capaz de destruir suas estruturas; arranhar sua mente. Espelhos sujos, reflexos borrados. A visão manchada do outro confunde e incomoda. O dedo que aponta nunca volta para si mesmo. Desconfie de quem quer mudar o mundo, mas é incapaz de mudar a si mesmo. É preciso coragem para nadar na lama que afunda tudo ao nosso redor. Toda mudança começa de dentro para fora. Quem você é fora das bolhas e dos holofotes diz tanto sobre você quanto a personagem que criou de si mesmo. Consciência de nossas inconsistências leva ao crescimento. Levantou-se do tapete; prestes a escorregar, saltou, flutuou e queimou, até virar pó de si mesmo. Reencontrou o espírito indestrutível, enquanto respirava a fumaça do incenso que espalhava pela sala. Conseguia respirar com calma mais uma vez" – Ben Oliveira

Comentários