Pular para o conteúdo principal

Destaques

Pediatras recomendam que pais leiam livros para bebês e crianças

A leitura de livros é recomendada desde os primeiros anos de vida. Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria, os pais devem ler para as crianças, tanto para desenvolver a afetividade quanto para estímulo cerebral.


Compre livros infantis:https://amzn.to/2T36xL7

Em entrevista ao Portal Clickbebê, a neuropediatra Liubiana Arantes Araújo comentou que nessa fase da vida é importante estimular as crianças através da leitura e mostrar como uma atividade prazerosa, ajudando com o desenvolvimento do cérebro e facilitando o aprendizado.

Assista ao vídeo:



"Receitar livros" é uma prática recomendada pela Academia Norte-Americana de Pediatras e pela Sociedade Brasileira de Pediatras. No Brasil, a prática conta com o apoio do Itaú Socialque tem um projeto de incentivo à leitura para a criança e já distribuiu mais de 51 milhões de livros impressos, entre eles milhares de obras em braile e com fonte expandida para pessoas com deficiência visual.

De acordo com informações da Sociedade Brasil…

Em noite de lua cheia tudo pode acontecer

Há algo na lua cheia que mexe com a gente. Tudo começa assim em O Círculo. A personagem principal tem um sonho com os amigos no qual eles estão morrendo. Receosa, ela sente vontade de se abrir, mas nem sempre estamos preparados para o que vamos escutar.


Jess poderia ser uma garota comum, talvez ela seja. Pelo menos é como ela se sente, até o instante em que as coisas começam a mudar não só para ela, mas também para os amigos, Manu, Babi e Léo.

Amizades podem ser mais espinhosas do que imaginamos. Os relacionamentos em geral são construídos com base em muitas expectativas. É interessante notar o choque dos leitores em relação aos amigos de Jess. Aquele que é diferente incomoda. Em um primeiro instante, os amigos reagem com descrença – Jess deveria manter os sonhos só para ela e não sair contando para os outros, se não quisesse parecer louca. À medida que eles vão se descobrindo, as emoções vão se moldando. O que antes era estrangeiro começa a se tornar familiar.

Há quem acredite que na vida nada acontece por acaso. O que une os quatro amigos? O que significa aquele sonho? Dizem que os caminhos da magia e do amor são misteriosos. Revelações são feitas. Ter nascido em uma cidade cujo nome foi uma homenagem ao bruxo talvez não seja só uma coincidência e talvez não tenha sido uma ideia tão boa assim.

Segredos podem aproximar ou afastar pessoas. De repente, o que parecia normal ganha outros contornos. Seria possível que o sonho fosse uma mensagem? De que forma as personalidades dos jovens estão relacionadas às afinidades com a magia? A morte pode ter muitos significados. Muitas vezes, pode significar o renascimento.

Ao se aventurar pelos caminhos da bruxaria, Jess e os amigos precisam lidar com os seus próprios dramas da adolescência e enfrentar os medos que estavam adormecidos. Mergulhamos na escuridão para encontrar a luz que ainda brilha em nós.

Há algo na lua e suas diferentes fases, em círculos e essa conexão entre o início e o final, que nos mantêm esperançosos. Estamos mais conectados com as energias dos outros do que imaginávamos. Uma vez que removemos alguns véus, abrimos espaço para novas perspectivas e mundos que eram invisíveis. Jess está prestes a descobrir que os pesadelos podem se tornar reais e que bruxas não estão só em nossa imaginação.

Ficou curioso? Gosta de livros de fantasia com temática de bruxaria e personagens adolescentes? Leia de graça O Círculo, o primeiro livro da série Os Bruxos de São Cipriano, com mais de 70 mil leituras, disponível no Wattpad: https://goo.gl/zCnneZ



*Ben Oliveira é escritor, blogueiro e jornalista por formação. É autor do livro de terror Escrita Maldita, publicado na Amazon e do livro de fantasia jovem Os Bruxos de São Cipriano: O Círculo (Vol.1), disponível no Wattpad.

Comentários

Mais lidas da semana