Pular para o conteúdo principal

Destaques

Resenha: Como Parar o Tempo – Matt Haig

Já imaginou quantas experiências boas e ruins alguém é capaz de viver quando sua existência dura mais do que a dos outros? No livro Como Parar o Tempo (How to Stop Time), do autor Matt Haig, o leitor é levado a conhecer as vivências de Tom Hazard, um homem que sabe muito mais do que pode contar aos outros e passa por um constante processo de reinvenção de si mesmo. A obra foi publicada no Brasil pela Editora Harper Collins, em 2017, com tradução de Carla Bitelli e Flávia Yacubian.


Compre o livro Como Parar o Tempo (Matt Haig): https://amzn.to/2H8wrsA

Segredos podem ser pesados. Tão difícil quanto carregar memórias dolorosas que o assombram constantemente, para Tom, a ideia de não poder contar para outras pessoas sobre sua verdadeira identidade é algo que o provoca desconforto. Da mesma lição já aprendida com histórias de vampiros e imortais, ter uma vida longa pode ser cobiçada por algumas pessoas, mas pode ser visto como uma maldição para outras.

Quanto tempo é muito? Se em uma vida, …

Espectro Autista: Conselhos para quem está conhecendo alguém com Síndrome de Asperger

Nesta semana, pediram no Quora conselho para alguém que está começando um relacionamento com alguém que tenha Síndrome de Asperger/Espectro Autista. É importante ter em mente que não existem receitas de bolo para nenhum tipo de relacionamento, especialmente quando se tratam de pessoas no espectro autista, com características que podem ser bem diferentes.

No entanto, ter uma mente aberta e um olhar sem preconceitos, procurando conhecer mais a pessoa, pode fazer diferença. Dependendo do material que for ler, algumas informações podem gerar mais preocupações, dúvidas e questões negativas do que se você se deixar conhecer a pessoa naturalmente. Afinal, dentro ou fora do espectro autista, todos temos nossas particularidades, coisas que gostamos em nós, coisas que não gostamos, o que podemos ou não mudar.


Espectro autista: Conselhos para quem está conhecendo alguém com Síndrome de Asperger: 


– Procure conhecer de que forma a condição influencia a vida da pessoa. Algumas situações podem ser mal interpretadas por quem não entende do assunto: alguns estímulos sensoriais podem ser aversivos e provocar mal-estar, como os barulhos para quem tem hipersensibilidade auditiva;

– Toda pessoa tem um nível de energia que pode não ser necessariamente o mesmo diariamente. Há dias em que a pessoa vai estar bem e cheia de energia; há dias em que ela vai se sentir esgotada;

– Procure entender as questões das interações sociais. Por mais que a pessoa nem sempre saiba como reagir em determinadas situações, isso não significa necessariamente que ela não quer estar presente;

– Leia sobre o assunto, mas procure ler materiais produzidos por pessoas no espectro autista. As visões de profissionais e de pessoas no espectro autista podem ser bem diferentes. A visão clínica pode ser bem negativa e gerar mais estigma/preconceito;

– Na dúvida, sempre pergunte para a pessoa. Não presuma que ela seja de tal forma, só por causa dos critérios de diagnóstico. Existe uma variação dentro do espectro autista, independente do grau;

– Recomendo o filme Adam, porém, lembrando que todo Asperger é diferente: Síndrome de Asperger: Adam, adulto com autismo e os relacionamentos.

Aproveite para comprar o livro A Diferença Invisível: https://amzn.to/31GHDo5

E você, tem algum conselho? Deixei aqui embaixo nos comentários! 

*Ben Oliveira é escritor, blogueiro, jornalista por formação e Asperger. É autor do livro de terror Escrita Maldita, publicado na Amazon e dos livros de fantasia jovem Os Bruxos de São Cipriano: O Círculo (Vol.1) O Livro (Vol. 2), disponíveis no Wattpad e na loja Kindle.

Para ficar por dentro das minhas novidades:


Facebook: https://www.facebook.com/benoliveiraautor/

Twitter: https://twitter.com/Ben_Oliveira

Instagram: https://www.instagram.com/benoliveira/

YouTube: http://www.youtube.com/c/BlogdoBenOliveira

Comentários

Mais lidas da semana