Pular para o conteúdo principal

Destaques

Tigertail: Filme de drama explora as memórias de um imigrante taiwanês nos Estados Unidos

Um velho taiwanês revive suas histórias de antes e depois de sua vida nos Estados Unidos. O filme Tigertail foi lançado em 2020, com direção e roteiro do norte-americano  Alan Yang , filho de taiwaneses e foi distribuído pela Netflix .  No recente contexto em que descendentes de asiáticos pedem mais respeito nos Estados Unidos, para quem não está familiarizado com narrativas explorando o mundo multicultural da relação entre a Ásia e países ocidentais, vale a pena assistir Tigertail. É como rever um álbum de fotografias antigas e se emocionar com os detalhes e períodos de mudanças. Parte do filme se passa em Taiwan, país de origem do protagonista e sua família. Com um tom de nostalgia, a história relembra uma das principais motivações que levaram ao jovem Pin-Jui a optar por um recomeço na América do Norte. Conhecendo o seu passado e as coisas que ele deixou para trás, dá para entender um pouco como se molda a sua personalidade mais fechada. Entre o taiwanês, inglês e o mandarim, Tiger

The One: Série da Netflix sobre biotecnologia e match de amores ideais

Já parou para imaginar como a biotecnologia pode influenciar os relacionamentos no futuro? Se você gostou de Black Mirror, é bem provável que se interesse pela série nova da Netflix,The One. Baseada no livro homônimo escrito por John Marrs, a trama se foca em uma empresa que promete encontrar o amor da vida da outra usando um banco de dados de DNA e sua compatibilidade.

Em uma época em que a tecnologia está cada vez mais presente em nossas vidas, servindo inclusive como uma ponte para construção e destruição de relacionamentos amorosos, a ideia explorada em The One pode ser um sonho para idealistas românticos e um pesadelo para outros.

Embora a promessa de uma alma gêmea seja parte do roteiro da série, que não se engane o telespectador achando que se trata de uma simples história de romances. Por trás do sucesso da empresa, existe um jogo de mentiras, segredos e ambição.

Além da trama de mistério envolvente, ao longo da série é difícil não refletir sobre o impacto que uma tecnologia assim teria no mundo, desde as implicações éticas até dilemas sobre a escolha e troca de parceiros com base nos resultados prometidos pelo teste. 

O amor pode ser medido? Será que cada pessoa só tem um amor real ao longo da vida, como promete o serviço do The One? Do ponto de vista da evolução, até onde as pessoas iriam para ficar com quem elas amam e quais as alterações de comportamentos?

Com um elenco e personagens diversos, The One é uma série ótima para maratonar na Netflix, repleta de reviravoltas do início ao fim.

A série britânica criada por Howard Overman foi lançada em março de 2021. Para quem ficou interessado no livro, a editora Globo Livros vai lançar a tradução de The One. A obra já está em pré-venda na Amazon e conta com tradução de Isadora Sinay.  

*Ben Oliveira é escritor, formado em jornalismo. Autor do livro de terror Escrita Maldita, publicado na Amazon e dos livros de fantasia jovem Os Bruxos de São Cipriano: O Círculo (Vol.1) e O Livro (Vol. 2), disponíveis no Wattpad e na loja Kindle.

Comentários

Mais lidas da semana