Pular para o conteúdo principal

Destaques

The Puppet Master: Série documental da Netflix traz casos de vítimas de um sociopata vigarista

Para quem está procurando algo intrigante para assistir na Netflix , a série documental The Puppet Master: Hunting the Ultimate Conman apresenta uma daquelas histórias que as pessoas nunca se imaginam acontecendo com elas, até que o pior acontece. Um sociopata manipulador encontra várias presas fáceis, interessado no dinheiro delas, ao mesmo tempo em que conta histórias sem pé nem cabeça para isolá-las dos familiares e dos amigos, em uma jornada marcada pelo medo, fuga e diferentes estratégias de lavagem cerebral. Muitas vezes associada às seitas em uma escala maior, muita gente ainda desconhece os danos que uma pessoa manipuladora pode causar, a ponto de duvidar de si mesmo e da própria sanidade, situação que só piora quando ela é incentiva a cortar todos laços e fica presa num ciclo de total dependência da validação do outro, como se tivesse que pedir permissão até para existir. Quantas pessoas foram vítimas de Robert Hendy-Freegard ? A série documental se foca principalmente em tr

My Only Love Song: Série sul-coreana de comédia romântica e viagem no tempo para o século VI

Para quem está procurando algo leve e gostoso de assistir na Netflix, My Only Love Song (A Minha Única Canção de Amor) é uma série sul-coreana de comédia e uma pegada de romance sobre uma atriz mimada que acaba acidentalmente viajando no tempo e é levada para o período histórico da Coreia do drama que ela atuaria.

Lançada em 2017, a série foi dirigida por Doo-sik Min e escrita por Su-jin Kim. Repleta de episódios cômicos, além de ter personagens envolventes, embora não seja a intenção da protagonista, que inicialmente leva um tempo até perceber que viajou para o passado e que as pessoas vestidas com os trajes da época não são atores também, a possibilidade de vivenciar experiências históricas de um drama que ela iria atuar, acaba sendo um interessante exercício de criação e desenvolvimento de personagem.

Ao viajar para o passado, mesmo sabendo como a história dos personagens com as quais o caminho dela se cruza, Song Soo-jung (Gong Seung-Yeon) se vê mais envolvida do que gostaria e suas ações levam a todos para uma jornada de incertezas, onde nem tudo o que aconteceria se torna real, já que o simples fato de dois personagens que não fizeram parte da história estarem ali, bagunçar toda dinâmica dos fatos e relacionamentos.

Misturando elementos de fantasia e história da Ásia, para quem gosta da cultura coreana, os personagens On Dal e a princesa Pyeong-Gang são considerados figuras históricas e várias versões de sua lenda foram registradas. Destinados a ficarem juntos, a narrativa se transforma quando Song Soo-jung e On Dal se aproximam, dois personagens que precisam lidar com as diferentes maneiras de enxergar a vida por terem nascido em períodos históricos diferentes e que, além de uma química forte, desenvolvem afeição um pelo outro conforme vão se conhecendo mais e lidando com as crises geradas pelas presenças atípicas dos viajantes do futuro.

Longe de ser um drama coreano mega elaborado, My Only Love Song conquista pela leveza capaz de arrancar sorrisos diante das situações inusitadas nas quais os personagens se colocam. Além da protagonista que por si só já é uma personagem marcante e cheia de energia, uma estrela sul-coreana e mimada tentando se ajustar à nova realidade, a atuação de Lee Jong-Hyun no papel de On Dal também torna a série mais emocionante. 

Com suas particularidades, os personagens secundários também têm traços cativantes e a combinação de suas personalidades ajudam a equilibrar as diferentes emoções proporcionadas pelo roteiro. Entre cenas de ação e algumas que revelam a brutalidade de um período em que os condenados eram mutilados e assassinados, até momentos do desabrochar das amizades e dos romances, é divertido acompanhar as ciladas que os personagens se metem e as situações nas quais eles se permitem aproveitar a vida.

*Ben Oliveira é escritor, formado em jornalismo. Autor do livro de terror Escrita Maldita, publicado na Amazon e dos livros de fantasia jovem Os Bruxos de São Cipriano: O Círculo (Vol.1) e O Livro (Vol. 2), disponíveis no Wattpad e na loja Kindle.

Me acompanhe nas redes sociais:

Twitter: https://twitter.com/BenOlivDreamer

Facebook: https://www.facebook.com/BenOliveiraDreamer

Instagram: https://instagram.com/benoliveiradreamer

Comentários

Mais lidas da semana