Pular para o conteúdo principal

Destaques

Sobre rabiscos e telas brancas

A tela branca pode ser um convite à explosão criativa ou uma tortura ao artista que sente seu espírito definhando diante da pesada realidade. Em tempos de crise e ódio, a arte fica esquecida e é vista como desimportante; ironicamente, é quando mais precisamos dela, de algo que nos faça sentir vivo e toque as partes atordoadas.


O som dos dedos se movendo pelo teclado era como fantasmas de uma vida distante. É incrível perceber quantas vezes nós deixamos algumas partes nossas morrerem ao longo de nossas existências; as máscaras, antes tão confortáveis, agora incomodam e não nos servem mais. Leva tempo até ficarmos satisfeitos e ajustados à nova realidade. Viver é admitir que sabemos pouco sobre nós mesmos e há sempre algo novo que pode nos transformar, seja para o bem ou para o mal.

O artista encara a tinta respingando pela tela. Para o espectador sem intimidade, nada faz sentido, a desconexão de ideias é tormentosa; para ele, o lembrete de que sua arte nunca o abandonaria. Como poderia…

Livros de Contos serão lançados no segundo semestre de 2013

No segundo semestre de 2013 acontecerão os lançamentos de quatro livros de contos com a participação de vários autores, cujos meus textos foram selecionados. Estou muito feliz de poder ver minhas histórias ganhando vida e lançadas em antologias.

Ainda me lembro da sensação de segurar o primeiro livro com dois contos meus. O lançamento de Loveless, coletânea de contos com temática gay, aconteceu em Julho de 2013, no Telstar Hostel, em São Paulo (SP). No evento tive a oportunidade de conhecer os outros autores da obra, bem como outros escritores da Editora Escândalo e me emocionar o meu primeiro autógrafo. Estávamos todos orgulhosos do nascimento de Loveless.

Capa do livro Loveless, lançado pela Editora Escândalo. Foto: Divulgação.

Após saber que tinha sido aprovado no concurso de contos da Escândalo, continuei enviando meus textos para outros processos seletivos, como as antologias da Andross Editora. Três contos meus foram selecionados para antologias distintas da Andross, são eles: Para Sempre Uma Estrela (Antologia Mentes Inquietas – Organizado por Alfer Medeiros), Pesadelo de Hotel (Antologia Sonhos Lúcidos – Organizado por Alex Mir) e O Último dos Príncipes (Antologia Amores Impossíveis – Organizado por Leandro Schulai).

Capa do livro Amores (Im)Possíveis. Foto: Divulgação / Andross Editora.

Capa do livro Mentes Inquietes – Contos Sobrenaturais de Suspense e de Terror. Foto: Divulgação / Andross Editora.

Capa do livro Sonhos Lúcidos. Foto: Divulgação / Andross Editora.

Fiquei mais contente ainda quando soube que havia sido ganhador de outro concurso literário da Editora Escândalo, o concurso de contos Homossilábicas Volume 3, com o texto Transformações do Amor. O lançamento do livro homônimo ao concurso deve acontecer até o final deste ano.

Capa do livro Homossilábicas Vol. 3. Foto: Divulgação / Editora Escândalo.

Para quem nunca tinha imaginado ver um texto meu ser publicado tão cedo, fiquei surpreso e maravilhado com as oportunidades que têm aparecido. Sempre que posso, tento participar de concursos literários. Em breve divulgarei mais informações aqui no blog sobre os lançamentos dos livros, com os links para quem desejar participar do evento ou comprarem as obras pela internet. Fica aqui a minha gratidão por quem sempre visita o meu blog, me apoia a escrever e acompanha um pouco da minha jornada. Espero algum dia poder me sentir realizado como jornalista e escritor.

Comentários

Mais lidas da semana