Pular para o conteúdo principal

Destaques

Subdiagnóstico de autismo, números e incoerências

O brasileiro é muito individualista. Ao mesmo tempo que vejo pessoas reclamando que os números do Censo vão dar abaixo por causa dos subdiagnósticos de autismo, já vi muita gente acusando pessoas com laudo fingirem que eram autistas.


Como explicar a volatilidade? Nem tento entender o que se passa na mente do brasileiro.

Os discursos são sempre contraditórios. Por causa de polarização, todo mundo sai perdendo.

Já vi até gente dizendo que o laudo é só um papel. Se é só um papel, a pessoa, então, não precisa de um diagnóstico? Logo, por que ser contabilizada? Sejam mais coerentes nos discursos.

Incoerências dos brasileiros sobre subdiagnósticos:

– Já vi gente acusando autista de fingir, mesmo a pessoa tendo laudo;

– Já vi gente se posicionando contra diagnóstico precoce, achando que seria ruim, desconhecendo a questão da plasticidade cerebral;

– Já vi gente dizendo que autismo nem deveria ter CID;

– Já vi gente dizendo que o outro não é autista, só porque sabe argumentar e é diferente do …

Livros Gays no Formato Digital – Editora Escândalo aposta em Ebooks

A Editora Escândalo apresentou uma novidade neste mês de setembro. Para quem gosta de livros eletrônicos, a editora lançou dois Ebooks e deve aumentar o acervo digital em breve. A ideia surgiu para acompanhar as novas tecnologias e atender os pedidos do público.


Os livros O Príncipe, o Mocinho ou o Herói podem ser Gays, escrito por Roberto Muniz Dias e a Casa da Montanha, escrito por Giselle Jacques são os primeiros da editora a terem sido adaptados para o formato digital e disponível para compra no site da Escândalo.

A ideia surgiu depois de uma enquete feita no Facebook da editora, na qual além das duas obras citadas acima, também foram votados os livros Cidade do Anjo, escrito por Rafael Nova e O Sexo de Judas, escrito por José Valdemar de Oliveira.

Segundo informações publicadas no site da Editora Escândalo, durante setembro e outro todos os títulos da editora devem estar disponíveis no formato de livro digital, podendo ser lido em aparelhos celulares (smartphones), tablets e computadores.

Enquanto o livro impresso de O Príncipe, O Mocinho ou O Herói podem ser Gays está no valor de R$ 22,90, a versão digital custa apenas R$ 5,75. Já o livro A Casa da Montanha está esgotado na versão impressa e está custando R$ 7,50 na versão digital, enviado direto para o e-mail de quem comprá-lo.

Mofo Literário

A editora Escândalo em parceria com o Telstar Hostel realizará o lançamento da coletânea de contos Errorragia, do autor Roberto Muniz Dias, nesta sexta-feira, 06 de sembro, a partir das 18h, em São Paulo.

Durante o evento também serão sorteados livros da editora, vendidas obras do catálogo da Escândalo e estarão presentes alguns dos autores, permitindo o diálogo entre escritores e público. Ideal para quem gosta de literatura gay!

Editora Escândalo – destina-se a publicar e projetar no mercado editorial brasileiro obras de ficção e não-ficção exclusivamente de cunho LGBT, contando com autores que versem sobre esse foco nos mais distintos aspectos e colocando-os ao alcance do grande público.

Comentários

Mais lidas da semana