Pular para o conteúdo principal

Destaques

Nobody Speak: Documentário questiona frágil liberdade de imprensa contra interesses de bilionários

Nobody Speak: Trials of the Free Press é um documentário um tanto polêmico e controverso sobre a liberdade de imprensa, liberdade de expressão e como pessoas poderosas e ricas podem silenciar veículos de comunicação . O filme documental foi lançado em 2017, com direção do cinegrafista norte-americano Brian Knappenberger , com produção da First Look Media e distribuição pela Netflix . Dois casos bem diferentes são discutidos no documentário Nobody Speak . Enquanto no caso da Gawker, os profissionais envolvidos tentam vender a ideia de que publicar um vídeo íntimo de uma personalidade norte-americana se tratava de um tema de interesse público, eu acredito que o vazamento dos vídeos sexuais do famoso só reforçam a importância de traçar melhor a questão ética no jornalismo online, tão focado nos cliques instantâneos que se esquecem que por trás de cada notícia existem seres humanos, independente do nível de fama. Para não estragar a surpresa e os detalhes, não vou comentar muito sobre os

Hannibal: 3ª temporada da série estreia em 2015

3ª temporada de Hannibal estreia somente em 2015. Confesso que dos últimos seriados criados, esta adaptação para a televisão inspirada nos livros Thomas Harris. O criador Bryan Fuller tem feito um ótimo trabalho, tornando o personagem Hannibal e seus colegas Will Graham, Jack Crawford e Alana Bloom cativantes.


O ator dinamarquês Mads Mikkelsen (fez o filme A Caça) que interpreta Hannibal não poderia ser uma escolha melhor para o personagem. Hugh Dancy que interpreta o Will Graham tem se destacado tanto quanto o próprio Hannibal e conquistando a audiência pela sua ambiguidade, sua bondade se mistura com a maldade instilada pelo psiquiatra.

Uma das dúvidas dos fãs dos livros e filmes de Hannibal é se a série terá a presença da agente do FBI, Clarice Starling, interpretada por Jodie Foster em O Silêncio dos Inocentes e Julianne Moore em Hannibal (filme).


Até o momento, a MGM detém os direitos da personagem Clarice Starling (O Silêncio dos Inocentes), por isto ela ainda não apareceu no seriado. Mesmo sem ela, que é uma das personagens principais do livro, o roteiro da série Hannibal, junto com a fotografia e trilha sonora, têm se superado. Um trabalho digno das premiações que o programa recebeu, e creio que deve ajudá-lo a conquistar muitos outros prêmios e nomeações.

É impressionante como a direção de fotografia do filme faz o telespectador pensar que realmente é carne humana que ele está cozinhando e como o Hannibal consegue preparar pratos tão bonitos, causando um conflito entre o desejo e a repulsa.


O que esperar da nova temporada de Hannibal? Personagens dos livros que ainda não apareceram. Uma personagem que me impressiona pela sua ambição é a jornalista Freddie Lounds. Estou ansioso para ver qual rumo ela tomará.

Quanto à ausência de Clarice Starling, há quem especulou que a agente Miriam Lass foi uma tentativa de substitui-la, já que o criador da série não conseguiu comprar os direitos da personagem. No entanto, as coincidências ficam no fato de ambas serem agentes do FBI. Outra confusão é a de pensar que a Dra. Alana Bloom substituiria Clarice. Apesar do envolvimento emocional entre ela e Hannibal, ela é a versão feminina de um personagem do livro (Alan Bloom), assim como Freddie Lounds (Freddy Lounds).

Um dos destaques da 2ª temporada de Hannibal, talvez um dos mais aguardados, pelo menos para mim, foi o personagem Mason Verger (Michael Pitt), um dos principais antagonistas de Hannibal. A cena do seriado, na qual Mason devora o próprio rosto por indução do psiquiatra, consegue ser mais nojenta do que a do filme.


Outra participação que eu gostei em Hannibal foi a da atriz Cynthia Nixon (a Miranda de Sex and the City) que interpretou uma agente do FBI.

A previsão é de que até a quinta temporada, o criador consiga os direitos de Clarice e a introduza no seriado. Os fãs devem aguardar ansiosamente pelo momento. O criador Bryan Fuller já afirmou em entrevistas que a proposta é que a série Hannibal tenha 7 temporadas! Um prato cheio para quem, como eu, está vibrando de emoção e se derrete de catarse com o roteiro, imagens, trilha e personagens.

Para quem ainda não assistiu Hannibal, assista ao seriado, aos filmes e leia os livros escritos por Thomas Harris (Na ordem: Dragão Vermelho, O Silêncio dos Inocentes, Hannibal e Hannibal – A Origem do Mal)... Você não vai se arrepender! :-)

Comentários

  1. A entrada de Clarice seria a cereja do bolo nessa série que é tão perfeita, tomara que role.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hannibal ia ficar perfeita com a Clarice, mas mesmo sendo ela, o produtor tem mandado muito bem! Creio que a série conseguiu captar bem a essência de Hannibal.
      Abraços!

      Excluir

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Volte sempre!

Mais lidas da semana