Pular para o conteúdo principal

Destaques

Documentário da Netflix aborda caso Elisa Lam e histórico mórbido do Cecil Hotel

Dependendo da sua idade e do quanto você é ligado às notícias e ao mundo online, é bem provável que você tenha ouvido falar sobre o caso da Elisa Lam , uma canadense descendente de chineses que  viajou para os Estados Unidos e morreu em um hotel de Los Angeles . O caso polêmico na época foi explorado na série documental Cena do Crime – Mistério e Morte no Hotel Cecil (Crime Scene: The Vanishing at the Cecil Hotel) , dirigido pelo norte-americano Joe Berlinger e distribuído pela Netflix , em 2021. Em quatro episódios, de forma linear, é contada a história de como Elisa Lam foi parar no Cecil Hotel e um pouco de sua personalidade no mundo digital e afinidade com o Tumblr. Importante mencionar que o documentário não traz entrevistas com os familiares de Elisa Lam. Se nem os próprios familiares conhecem a fundo uma pessoa, me pergunto por que há tantas pessoas aleatórias na internet e fãs de teorias da conspiração que se sentem no direito de dizer que algo poderia ou não ter acontecido. 

Filme: Vida de Adulto – Jovem escritora, expectativas e a necessidade de amadurecer

No filme Vida de Adulto (Adult World) lançado em 2013, dirigido por Scot Coffey e roteiro de Andy Cochran, a atriz Emma Roberts interpreta Amy, uma jovem estudante que sonha se tornar uma grande poetisa. A comédia dramática aborda as dificuldades que a jovem escritora enfrenta para ver seus poemas publicados.


Amy tem a escritora Sylvia Plath como inspiração e acredita que pode se tornar uma poetisa famosa. Porém, quando as contas começam a apertar em sua casa e os pais se veem endividados com o financiamento estudantil da filha, eles mandam Amy acordar para a realidade e arranjar um emprego.

Depois de procurar anúncios de empregos nos jornais, Amy começa a trabalhar na Adult World, um sex shop – trocadilho com título e com a trama. A garota faz novos amigos e descobre que as coisas não são tão fáceis quanto ela imaginava.

Frustrada, Amy vê a esperança numa mentoria com o escritor Rat Billings (interpretado pelo ator John Cusack). O poeta é ácido e irônico, mas Amy não está disposta a desistir. O filme revela as dificuldades que muitos jovens têm na hora de fazer uma escolha: continuar dando um tiro no escuro e tentar conciliar um emprego para sobreviver ou simplesmente desistir. De uma forma ou de outra, a mensagem não é nova: o escritor precisa aprender a falhar, a viver e se decepcionar, antes de ter algo realmente bom para escrever.


Entre expectativas, sonhos e decepções, Amy acaba mostrando a importância de não desistir, continuar praticando a escrita, mesmo que o mundo ao seu redor pareça fechar as portas. Amy ainda é virgem e há muitas coisas que não sabe sobre a vida. Neste processo de amadurecimento, ela vai abrindo mais a mente e obtendo novas experiências.

No elenco também estão Evan Peters que interpreta Alex, o jovem com quem Amy trabalha junto e Armando Riesco que rouba a cena no papel de Rubia, uma drag queen que acaba se afeiçoando à protagonista e se tornando amigas.


Conheça também: Filme: Frances Ha – comédia dramática sobre seguir sonhos e amadurecer 

Filme: As Palavras (The Words)

Um ótimo filme para os jovens sobre a jornada do escritor. Muitas pessoas assistem a muitos filmes e leem livros em que escritores são descritos com glamour e esquecem o caminho de pedras que muitos deles percorrem diariamente. Não é fácil, não é instantâneo. Entre rejeições, solidões e ilusões, Amy descobre que é preciso dar um passo de cada vez e começar por algum lugar.

Assista ao trailer de Vida de Adulto (Adult World): 



Gostou da recomendação de filme? Já assistiu? Não deixe de comentar e compartilhar o post! Em breve mais dicas de filmes com escritores.

Comentários

Mais lidas da semana